APRESENTAÇÃO DOSSIÊ PLURICENTRISMO LINGUÍSTICO DO PORTUGUÊS: PERSPECTIVAS PARA O ENSINO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORE(A)S

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.i73.50757

Palavras-chave:

Línguas pluricêntricas, Descolonização do currículo, Competência plurilingue e intercultural, Consciência linguística

Resumo

Nesta apresentação, discutiremos como o tratamento pedagógico-didático do português como língua pluricêntrica (e na formação de professores) potencia mudanças de perspetiva de ensino-aprendizagem da língua em torno de três vertentes: i) o diálogo entre diferentes contextos de produção e circulação de saberes linguísticos, dando centralidade epistemológica às vozes do Sul Global; ii) a descolonização do currículo de línguas hegemónicas; e iii) o desenvolvimento da competência plurilingue e da consciência linguística como objetivos do ensino-aprendizagem de línguas, em vez de eleger uma normatividade excludente como objeto. Terminamos com uma apresentação do textos que compõem este número especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Lopes Piris, Universidade Estadual Santa Cruz

Docente da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Brasil. Integrante do Observatório de Português Língua Estrangeira / Segunda Língua (ObsPLE-PL2).

 

Downloads

Publicado

2022-09-27

Como Citar

MENDES, E.; PIRIS, E. L.; RIBEIRO, J.; MELO-PFEIFER, S. APRESENTAÇÃO DOSSIÊ PLURICENTRISMO LINGUÍSTICO DO PORTUGUÊS: PERSPECTIVAS PARA O ENSINO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORE(A)S. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 73, p. 328–337, 2022. DOI: 10.9771/ell.i73.50757. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/50757. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ PLURICENTRISMO LINGUÍSTICO DO PORTUGUÊS