Edições anteriores

  • n. 69 (2020)

    Número especial Linguagem da pandemia do novo coronavírus sob a ótica da Linguística Cognitiva

    Editores: A. Ariadne Domingues Almeida e Augusto Soares da Silva

    Coeditores: Juliana Gayer e Felipe Kupske

  • n. 68 (2020)

    Número Especial Comemorativo 10 anos do PPGLinC – egressos

    Editores: Cristina Figueiredo, Silvana Ribeiro, Marcela Paim e Valter Romano

    Coeditores: Juliana Gayer e Felipe Kupske

  • n. 65 (2020)

    Special Issue: New Trajectories in Teacher Education: ELF awareness and pedagogical implications in ELT classrooms.

    Editors: Enrico Grazzi (Roma Trè University, Italy), Lucilla Lopriore (Roma Trè University, Italy), Sávio Siqueira (Bahia Federal University, Brazil).

     

    Co-editors: José Amarante e Juliana Ludwig.

  • n. 64 (2019)

    Número dedicado aos Estudos Linguísticos.
  • n. 63 (2019)

    Volume especial V CIDS (Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística)

    Coeditores: Franciane Rocha e Gredson dos Santos

    Editores da ELL: José Amarante, Sávio Siqueira, Juliana Ludwig, Felipe Kupske

  • n. 62 (2019)

    Este é o número 62 da revista Estudos Linguísticos e Literários. Fundada em 1984, a revista continua mantendo não somente a regularidade de suas publicações, como também a sua disponibilização online, e vem buscando ampliar a sua indexação em plataformas específicas.

    Neste número, dedicado aos estudos literários, na seção de tradução, trazemos ao leitor brasileiro um interessante estudo sobre a poética da écfrase na Antiguidade, num artigo de autoria de Silvia Mattiacci (Università di Siena). 

    Na sequência, apresenta-se um dossiê voltado para trabalhos que investigam o conceito de representação. Tal seção, sob a coordenação da professora Edma de Góis (Universidade do Estado da Bahia, PNPD/CAPES), conta com seis estudos de pesquisadores de diferentes instituições brasileiras, que submeteram trabalhos a partir de uma chamada específica para o tema do dossiê.

    Na sequência, o número traz os artigos submetidos regularmente no período destinado à submissão de estudos literários. 

    José Amarante e Sávio Siqueira

    Editores da ELL
  • n. 61 (2018)

    Este volume da Revista Estudos Linguísticos e Literários recebe artigos submetidos ao dossiê intitulado "Estudos morfológicos", com trabalhos resultantes do IV CBM (Colóquio Brasileiro de Morfologia), organizado pelos professores Cristina Figueiredo, Danniel Carvalho, João Paulo Cyrino e Juliana Ludwig Gayer, responsáveis pela organização da edição. 

    Cristina Figueiredo e Juliana Ludwig Gayer (Apresentação do dossiê)

    NOTA DOS EDITORES DA ELL

    O presente volume também recebe, em sua seção “Varia”, os artigos submetidos regularmente no fluxo editorial da revista. 

    Editores da ELL

    José Amarante e Sávio Siqueira

  • n. 60 (2018)

    Estudos Linguísticos e Literários, número 60, é uma Edição Especial referente a uma parte dos resultados das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Projeto CAPES-COFECUB 838/15, intitulado Valextra.

    Ao se organizar este número temático, presta-se uma homenagem especial a Suzana Alice Marcelino Cardoso (*1937 - † 2018), professora emérita da Universidade Federal da Bahia, onde atuou até a sua partida para o plano espiritual. 

     

    Editores do número: Marcela Paim, Inès Sfar e Salah Mejri

    Editora emérita da revista: Suzana Cardoso

    Editores: José Amarante e Sávio Siqueira

     

  • n. 59 (2018)

    Edição dedicada aos Estudos Literários.

    A Revista Estudos Linguísticos e Literários contempla, nesta publicação, um dossiê com 28 trabalhos de pesquisadoras feministas e um grupo de estudiosas que acolhem e aproximam com outras perspectivas os estudos literários, textos e personagens femininas, participantes do XVIII Seminário Nacional e VIII Seminário Internacional Mulher e Literatura: transgressões, descentramentos, subversão. Nessa edição do Seminário, que pela terceira vez se realizou na Bahia, e em contexto sócio-mundial de muitas apreensões, o tema gerador proposto permitiu uma reflexão sobre o espaço da literatura, e da literatura de mulheres em especial. Foi possível pensar como o fazer poético promove possibilidades de transformação, a partir sobretudo dos afetos e da emoção das trocas.

    Editora: Nancy Rita Ferreira Vieira

    Apresentação: Alvanita Almeida, Ívia Alves e Nancy Vieira

    Coeditores: José Amarante, Sávio Siqueira.

  • n. 58 (2017)

    Edição especial dedicada aos estudos sobre a ordem de palavras nas línguas iberorromânicas.

    Editor: Carlos Felipe Pinto

    Co-editores: José Amarante, Sávio Siqueira.

  • n. 57 (2017)

    Edição dedicada aos Estudos Linguísticos.

    Editores: José Amarante, Sávio Siqueira, Danniel Carvalho.

  • n. 56 (2017)

    A Revista Estudos Linguísticos e Literários dos Programas de Pós-Graduação do Instituto de Letras da UFBA tem uma história importante, que data do início da década de 1980, quando iniciou suas atividades. Desde então, nosso objetivo é divulgar a pesquisa na área de Letras, dando visibilidade ao trabalho de diferentes pesquisadores do país e fazendo circular artigos, resenhas e traduções que, do contrário ficariam restritos às salas de aula. Trabalhamos em um regime de co-edição, e as editorias de Literatura e Linguística se alternam a cada semestre para publicar um volume de sua respectiva área. A presente edição -- de número 56, área de Literatura --traz importantes novidades a respeito das quais o leitor poderá se inteirar na Apresentação.

    Organização: Alvanita de Almeida Santos e Lisa Vasconcellos

  • n. 55 (2016)

    Com esta 55ª edição, a revista Estudos Linguísticos e Literários comemora o seu 32º ano, através do lançamento de uma publicação especial dedicada aos Estudos Clássicos. O número reflete, pois, a natureza dos estudos da área, já que congrega artigos tanto de natureza literária quanto de natureza linguística, mantendo-se, pois, atinente ao âmbito dos dois Programas responsáveis pela revista: o Programa de Pós-Graduação em Literatura e Cultura (LiTCult) e o Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC).

    A edição é composta por artigos que ora se centram na análise de aspectos linguísticos e/ou literários ligados à Antiguidade, ora consideram a análise da permanência da Antiguidade em períodos posteriores. Alguns trabalhos se centram, ainda, em propostas tradutórias. E, mantendo o projeto editorial da revista, o número inclui ainda resenhas.

    Editores: José Amarante, Renato Ambrosio, Tereza Pereira do Carmo e Luciene Lages

  • n. 54 (2016)

    SINTAXE E INTERFACES | SYNTAX AND INTERFACES

    Este dossiê apresenta trabalhos das mais distintas perspectivas teóricas, que reúnem análises que considerem a sintaxe o ponto fulcral para a análise linguística.  É indiscutível que, observando as línguas naturais, a sintaxe se interconecta com os demais níveis da gramática (e até a níveis que vão além dela). Os trabalhos aqui reunidos são um convite ao leitor a refletir sobre um ponto pacífico na literatura linguística: as interfaces com a sintaxe são um universo que precisa ser melhor explorado. Citando Ibaños e colegas (2015, p. 253), “há muita coisa a ser investigada nas interfaces da Sintaxe”. 

    Editores do número: Danniel Carvalho e João Paulo Lazzarini-Cyrino

     

    Nota da editoria: Este número 54 da revista é composto ainda por artigos que não se centram em interfaces com a sintaxe, razão pela qual aparecem registrados na seção “Varia”.

    Editor-chefe: Américo Venâncio Lopes Machado Filho

    Editor-associado: José Amarante

  • n. 53 (2016)

     Como se sabe, Portugal foi um dos últimos países da Europa a manter possessões coloniais na África. Só em 1974, com a Revolução de Abril e depois de longos e sangrentos combates que se arrastaram (a custos altíssimos) desde o início dos anos 1960, as antigas colônias de Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde adquiriram a sua independência. A violência usada para conquistar, povoar e manter subjugados esses territórios e seus povos durante séculos (com a intensificação da exploração tomando fôlego no século XX) não poderia deixar de gerar traumas profundos tanto nos portugueses quanto nos africanos. As mortes, as perdas e a mutilação de milhares de jovens; as violências, o aprisionamento e as torturas cometidas contra os insurgentes; além do impacto social dos Retornados são alguns dos temas ligados ao processo de descolonização da África portuguesa que assombram ainda hoje lusitanos e africanos das ex-colônias, impondo-se, por esse motivo, como matéria fundamental para cultura contemporânea dos países envolvidos. Nesse contexto, as artes assumiram um papel protagonista na elaboração discursiva, e também psicanalítica, é possível dizer, do passado colonial. Recuperar a memória dos conflitos e refletir sobre os seus fundamentos e continuidades no presente foram tarefas que o cinema, a música, as artes plásticas ou performáticas e principalmente a literatura assumiram com destaque. Dada a complexidade da questão e as suas muitas implicações políticas e sociais (que incluem, é preciso reconhecer, resistências de todo tipo a uma compreensão crítica das violências experimentadas no período), faz-se necessário entender em profundidade o papel da arte nesse contexto.

    Organização: Fátima Bueno e Lisa Vasconcellos

  • n. 52 (2015)

    Este número 52, referente a agosto-dezembro de 2015, é o primeiro da Editoria de Linguística depois da reformulação por que passou a Revista Estudos Linguísticos e Literários, em 2015. Periódico científico dos programas de pós-graduação do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, com publicação regular desde 1984, a Revista Estudos Linguísticos e Literários promove, a partir deste novo número, a renovação de seu Conselho Editorial, que, a exemplo da composição anterior, conta com pesquisadores e especialistas das diferentes correntes da Linguística, de variegadas instituições do ensino superior do Brasil e do exterior.

     

    Américo Venâncio Lopes Machado Filho (Pq-UFBA)

    Editor-Chefe

     

    José Amarante (UFBA)

    Editor Associado

  • n. 51 (2015)

    A Revista ESTUDOS LINGUÍSTICOS E LITERÁRIOS é editada regularmente desde da década de oitenta. Criada e editada pelo antigo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, hoje ela coeditada pelos dois programas em que aquele se dividiu. Para este número, de responsabilidade da Pós-graduação em Literatura e Cultura, foi proposto como tema “Poesia e crítica cultural”, para o qual se abriu a chamada para receber artigos. A ideia é trazer a poesia para dialogar amplamente com o incremento que a crítica da cultura sofreu na última década, um pouco também ao modo proposto por Giorgio Agamben em texto já bastante conhecido da atual bibliografia crítica – “O que é o contemporâneo?” – em que o filósofo traz sugestivamente o poeta como figura exemplar do sujeito contemporâneo. Os artigos recebidos possuem um pouco de tudo, e, talvez por isso, representam bem essa ideia inicial. 

    Organização e edição: Sandro Ornellas e Lisa Carvalho Vasconcellos 

  • n. 50 (2014)

    Este número especial, o 50, comemora os 30 anos da Revista ESTUDOS LINGUÍSTICOS E LITERÁRIOS, do Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura da UFBA. É dedicado a trabalhos de pesquisa de membros do GT Transculturalidade, Linguagem e Educação da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL). Criado em 2001, o referido GT reúne pesquisadores de todo o país interessados em socializar e divulgar trabalhos de caráter transdisciplinar que abordem a educação e a linguagem com base nos pressupostos da diversidade. O GT congrega, desta forma, pesquisas apoiadas em diferentes aportes teóricos de áreas bastante diversificadas, que vão do ensino e aprendizagem de línguas, à educação de alunos surdos, passando pela literatura de origem indígena, só para citar alguns. Boa parte dos textos aqui publicados é fruto de trabalhos apresentados em conferências e simpósios no Brasil e no exterior, incluindo os encontros anuais da própria ANPOLL. O objetivo deste volume especial, portanto, é não apenas fortalecer as discussões em torno dos temas vinculados ao GT, com a consequente divulgação do trabalho dos pesquisadores, mas também contribuir para a promoção da diversidade em consonância com aspectos linguísticos, culturais e educacionais.

    Editores: Denise Scheyerl (UFBA), Sávio Siqueira (UFBA) e Vanderlei J. Zacchi (UFS)

    Editoração: José Amarante

  • n. 49 (2014)

    A revista Estudos Linguísticos e Literários, uma publicação dividida pelos dois programas de Pós-graduação em Letras da UFBA, chega agora ao seu 49º número. Como é de praxe na divisão estabelecida entre os programas, a Pós-graduação em Literatura e Cultura fica responsável por abrir o ano, com um volume exclusivo da área. O tema escolhido para 2014 foi “Refrações da cidade e da memória na Literatura Brasileira do presente”. O volume se propõe então a acolher textos que lidem com poetas e prosadores brasileiros das últimas décadas cujos textos abordem, elaborem ou criem imagens do passado individual ou coletivo, dentro de um contexto que envolva preferencialmente, a realidade urbana do país.

    Organização: Rachel Esteves Lima e Lisa Vasconcellos

     

  • n. 48 (2013)

    Criada em 1984 e editada, nas primeiras décadas, pelo antigo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (ILUFBA), a Revista ESTUDOS LINGUÍSTICOS E LITERÁRIOS é uma publicação atualmente mantida em conjunto pelos dois programas de pós-graduação do ILUFBA: Língua e Cultura (PPGLinC) e Literatura e Cultura (LitCult). Neste segundo semestre de 2013, a revista chega a sua 48ª edição, trazendo estudos desenvolvidos por pesquisadores de variada vinculação institucional e que submeteram seus trabalhos para este número, organizado pela editoria de Linguística, cujos artigos, em sua maioria, se centram em aspectos ligados ao ensino de línguas.

    Editores: Sávio Siqueira e José Amarante.

    Editoração: José Amarante

  • n. 47 (2013)

    O estudo morfológico fundamentado em teorias linguísticas pós-estruturalismo, como as de caráter gerativista e cognitivistas, vem conquistando espaço na pauta de pesquisadores de grandes universidades brasileiras, e a constituição de diversos grupos de pesquisadores possibilitou a formação de mestres e doutores na área que se distribuem pelas universidades brasileiras, difundindo suas ideias. É interessante esse movimento, que acaba por propiciar um diálogo entre teorias morfológicas diversas, necessário ao fazer científico. Esta revista reúne análises de fenômenos morfológicos sob ponto de vistas diferentes, buscando trazer mais elementos para o enriquecimento das perspectivas de análises morfológicas.   

    Esta edição é organizada por Cristina Figueiredo e Danniel Carvalho.

    Revisão e normalização dos artigos: Cristina Figueiredo e Danniel Carvalho.

    Editoração: José Amarante.

  • n. 46 (2012)

    Estudos Linguísticos e Literários, número 46, complementa as comemorações dos 50 anos do lançamento do Atlas Prévio dos Falares Baianos-APFB (1963). Obra que inaugura os estudos de Geolinguística brasileira, fruto do pioneirismo de Nelson Rossi que se debruça pelos caminhos da variação da língua no Brasil e encontra na Dialetologia o rumo para as suas pegadas, o APFB constitui-se em trabalho pioneiro no campo da Geolinguística brasileira produzido pela Universidade Federal da Bahia.

    Organizadoras: 

    Jacyra Andrade Mota

    Suzana Alice Marcelino Cardoso

  • n. 45 (2012)

    Publicada originalmente em versão impressa - janeiro/junho 2012. Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Guimarães Telles.
  • n. 44 (2011)

    Publicada originalmente em versão impressa - julho/dezembro - 2011. Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Guimarães Telles.
  • n. 43 (2011)

    Publicada originalmente em versão impressa - janeiro/junho - 2011. Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Guimarães Telles.
  • n. 42 (2010)

    Publicada originalmente em versão impressa - julho/dezembro 2010. Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Guimarães Telles.
  • n. 41 (2010)

    Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Fagundes Teles.
  • n. 40 (2009)

    Na sequência da edição nº 39, esta edição da Estudos Linguísticos e Literários é também dedicada a estudos da tradução.
  • n. 39 (2009)

    Editoras: Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Guimarães Telles.

  • n. 37-38 (2008)

    Este número da Revista Estudos tem como núcleo temático Fernão de Oliveira, o primeiro gramático da língua portuguesa, gramática publicada, já impressa, em 1536. Alguns artigos tratam de temas diversificados.


  • n. 35-36 (2007)

    Volume organizado por Célia Marques Telles em homenagem ao quarto centenário do nascimento do Padre Antônio Vieira. 

    Publicada originalmente em versão impressa.

    Digitalizada por Júlia Lühning.

  • n. 33-34 (2006)

    Originalmente publicada em versão impressa, janeiro 2016/dezembro de 2006
  • n. 31-32 (2005)

    Originalmente publicada em versão impressa - janeiro a dezembro de 2005. Editada por Suzana Alice Marcelino Cardoso e Lígia Fagundes Telles.
  • n. 29-30 (2003)

    Publicado originalmente em versão impressa. Editado por Evelina Hoisel e Célia Marques Telles, jan. 2002/dez. 2003.  Digitalizado por Priscila Santos.
  • n. 27-28 (2001)

    Publicada originalmente em versão impressa. Editada por Evelina Hoisel e Celia Marques Teles, jan/dez de 2001. Digitalizada por Rafael Mires Araújo.
  • n. 25-26 (2000)

    Edição organizada por Célia Marques Telles em comemoração aos 30 anos do Instituto de Letras da UFBA.

  • n. 23-24 (1999)

    Este volume reúne os números 23-24 da revista Estudos Lingüísticos e Literários, correspondendo ao primeiro e segundo semestres de 1999. São quatorze artigos de Estudos Linguísticos, nove artigos de Estudos Literários e uma resenha, que atestam a diversificada produção científica desenvolvida no Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, através de suas linhas de pesquisa.

    Edição organizada por Evelina Hoisel

     

    NOTA:

    PDF com cortes. Em breve a ediçaõ será redigitalizada.

     

  • n. 21-22 (1998)

    Edição organizada por Célia Telles, com estudos linguísticos e literários.
  • n. 20 (1997)

    Este número 20 da Revista Estudos, do então Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal da Bahia, é inteiramente dedicado às questões genéticas e traz, assinados por onze autores de quatro países diversos, textos que enfocam - sob os mais diversos ângulos - a gênese da criação artística.

    Organização: Elizabeth Hazin

    Digitalização: Shirlei Patrícia Silva Neves Almeida

  • n. 19 (1997)

    Publicada originalmente em versão impressa. 

    Este número da revista está sendo disponibilizado em dois arquivos em PDF separados.

    A Revista Estudos Lingüísticas e Literários do Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística e do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia, na sua longa história - longa história, sim, em função dos parâmetros de longevidade de revistas acadêmicas da nossa Área: a nossa Revista existe sem descontinuidade desde 1984 - define alguns de seus números como temáticos. Neste que agora se edita o foco é "Lingüística Histórica e história da língua portuguesa". Tal tema foi proposto à Revista pelo "Programa para a história da língua portuguesa - PROHPOR", grupo de pesquisa vinculado ao Departamento de Letras Vernáculas e [à época] ao PPGLL. Esse grupo de pesquisa tomou a si a sua organização.

    Edição organizada por Rosa Virgínia Mattos e Silva.

    Digitalização: Shirlei Patrícia Silva Neves Almeida.

     

    SUMÁRIO COMPLETO:

    Apresentação

    Rosa Virgínia Mattos e Silva

     

    Creoles, markedness and the Language Bioprogram Hypthesis

    lan Roberts

     

    A gramaticalização

    Ataliba Castilho

     

    A relevância dos processos de pidginização e crioulização na formação da língua portuguesa no Brasil

    Alan Baxter e Dante Lucchesi

     

    From Latin weak pronous to Romance clitics

    Giampaolo Salvi

     

    Do português clássico ao português europeu moderno: uma análise minimalista

    Charlotte Galves

     

    Mudança sintática: clíticos, negação e um pouquinho de scrambling

    Ana Maria Martins

     

    Importância das fontes judiciais no conhecimento do português seiscentista

    Rita Marquilhas

     

    O termo sintaxe

    Maria Carlota Rosa

     

    A acentuação gráfica em João de Barros e os elementos nulos no SN

    Sônia Cyrino

     

    Aspectos da sintaxe da ordem nas sentenças finitas na 'Obra Pedagógica de João de Barros'

    Maria Aparecida Moraes

     

    A 'Obra Pedagógica de João de Barros': a sintaxe da ordem nas sentenças encaixadas

    IIza Ribeiro

     

    Adverbiais na 'Crônica de D. Pedro'

    Sônia Bastos Borba Costa

     

    Observações sobre a variação no uso dos verbos ser, estar, haver, ter no galego-português ducentista

    Rosa Virgínia Mattos e Silva

  • Estudos Linguísticos e Literários - Número especial
    1996

    Edição especial em homenagem ao Septuagésimo Aniversário do Prof. Nilton Vasco da Gama, organizada pela Profª Célia Marques Telles.

    Digitalização: Júlia Lühning.

  • n. 18 (1995)

    Edição lançada originalmente em versão impressa.

    Revista editada por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel.

    Digitalização: Matheus Santiago.

  • n. 17 (1995)

    Publicada originalmente em versão impressa - julho 1995. Editoras: Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel. Apresentação: Myrian Barbosa da Silva.

    Digitalizada por Júlia Lühning.

  • n. 16 (1994)

    Número dedicado aos estudos franceses e organizado por Celina Scheinowitz.

    Publicada originalmente em versão impressa.

    Digitalizada por Aline Alves Matias.

  • n. 15 (1993)

    Publicada originalmente em versão impressa, janeiro-junho de 1993. Editada por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel. Digitalizada por Saryne Cruz.
  • n. 14 (1992)

    Originalmente publicada em versão impressa, agosto/dezembro 1992. Editada por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel. Digitalizado por Saryne Cruz.
  • n. 13 (1992)

    Originalmente publicada em edição impressa. Editada por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel, janeiro/julho 1992. Digitalizada por Raquel Borges Dias.
  • n. 12 (1991)

    Publicado originalmente em versão impressa. Editado por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel. Digitalizado por Fabiana Prudente.
  • n. 11 (1991)

    Publicado originalmente em versão impressa. Editado por Celina Scheinowitz e Evelina Hoisel, jan/ago de 1991.  Digitalizado por Fabiana Prudente Correia.
  • n. 10 (1990)

    Estudos variados.
  • n. 9 (1989)

    Estudos decorrentes do Simpósio Emily Dickinson (1886).
  • n. 8 (1988)

    Edição organizada por Evelina Hoisel. Volume dedicado a estudos sobre a obra de Guimarães Rosa, nos vinte anos de sua morte.

  • n. 7 (1988)

    Volume especial dedicado a estudos sobre textos orais/populares
  • n. 6 (1987)

    Estudos variados.

    Edição publicada originalmente em versão impressa.

  • n. 5 (1986)

    Originalmente publicada em versão impressa, agosto-dezembro de 1986. Editada por Celina Scheinowitz e Suzana Alice Marcelino Cardoso.
  • n. 4 (1985)

    Publicada originalmente em versão impressa - julho/dezembro 1985.
  • n. 3 (1985)

    Originalmente publicada em versão impressa. Editada por Celina Scheinowtiz e Suzana Alice Marcelino Cardoso.

     

    LISTA DE ARTIGOS.

    [MAIS ABAIXO, LINK PARA O PDF DA EDIÇÃO COMPLETA]

     

    ESTUDOS

    A redenção da realidade: apontamentos para o estudo da poética de João Cabral de Melo Neto

    Maria da Conceição Hackler

    Uma leitura de “Invenção de Orfeu” de Jorge de Lima

    Heliana Maria Castro Simões

    Edição crítica de um poema de Arthur de Salles: Sub umbra

    Célia G. de F. Tavares, Hilda Maria de M. Ferreira e Sílvia Rita M. de Olinda

    Leitura e sociedade brasileira

    Regina Zilberman

     

    DOCUMENTO

    Discurso de paraninfia dos formandos de 1984 do Instituto de Letras da UFBA

    Suzana Alice Marcelino Cardoso

     

    RESENHA

    Português Fundamental, de João Malaca Casteleiro

    Celina Scheinowitz

     

    DISSERTAÇÕES

    Relação das dissertações apresentadas ao curso de Metrado em Letras (1979-1984)

  • n. 2 (1984)

    Originalmente publicada em versão impressa, novembro de 1984. Editada por Heliana Castro Simões e João Carlos Teixeira Gomes.

     

    LISTA DE ARTIGOS.

    [MAIS ABAIXO, LINK PARA O PDF DA EDIÇÃO COMPLETA] 


    Apresentação - Buscas convergentes: análise de uma vida e de uma obra

    Celina Scheinowitz

    Franz Kafka: sempre atual

    Bohumila Araújo

    O futuro de Franz Kafka

    Judith Grossmann

    A prosa de Franz Kafka e Kafka epigramático

    Celeste Aída Galeão

    A 'mise-en-scène' da experiência: um metodo de Kafka

    Maria da Conceição Hackler 

     

1-60 de 61