A ECONOMIA POLÍTICA DA AVALIAÇÃO

miradas críticas sobre o campo e suas conexões com o fazer avaliativo na América Latina e no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ns.v14i26.56402

Resumo

O artigo problematiza o campo da avaliação e aprofunda uma discussão sobre a economia política da avaliação. Refutando uma visão estadocêntrica, avaliar é um ato vinculado ao conjunto de ações que dão sentido ao Estado e à arena pública, permeada por distintos atores e agendas. Ao compreender a avaliação como um campo difuso onde distintos atores institucionais e sujeitos atuam, interagem e fazem escolhas, o fazer avaliativo é um processo que evidencia distintas visões, agendas, interesses e percepções. A avaliação é um processo que articula esse conjunto de elementos onde a técnica ou o método são apenas uma das dimensões e reflete concepções que podem ser mais ou menos hegemônicas. Ao dialogar com referências que dão centralidade às desigualdades, diversidades, contextos e a sabedoria local das pessoas, nos territórios – o alvo das políticas, cidadãs e cidadãos – o artigo tensiona o complexo campo da avaliação na América Latina e no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Breynner Ricardo de Oliveira, Universidade Federal de Ouro Preto

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui graduação em Ciências Econômicas pela mesma universidade e em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Ouro Preto. Professor do Programas de Pós-Graduação em Educação e Economia Aplicada. Tem experiência na área de políticas públicas, com ênfase em implementação, avaliação e monitoramento de políticas sociais e educacionais. Desenvolve pesquisas no campo da avaliação e implementação de políticas educacionais e sociais vinculadas às instituições e organizações no nível local, com foco nos processos decisórios, na percepção dos atores envolvidos, nas estratégias de implementação, nos efeitos institucionais produzidos e na dinâmica de trabalho dos sujeitos a elas vinculados.

Publicado

2023-12-07

Como Citar

Oliveira, B. (2023). A ECONOMIA POLÍTICA DA AVALIAÇÃO: miradas críticas sobre o campo e suas conexões com o fazer avaliativo na América Latina e no Brasil. NAU Social, 14(26), 1307 –. https://doi.org/10.9771/ns.v14i26.56402

Edição

Seção

Dossiê - O campo da avaliação em disputa