ELA FALOU CLARO: UM ESTUDO SOBRE ADJETIVOS QUE MODIFICAM RAÍZES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.i72.46886

Palavras-chave:

Adjetivos, Modificação verbal, Raízes

Resumo

Neste artigo, analisamos um subtipo de modificação adjetival dentro do sintagma verbal, exemplificado por sentenças como Ela falou claro. Mostramos como trabalhos prévios sobre o fenômeno, em especial Lobato (2008) e Leung (2007), contêm importantes intuições para que o papel do adjetivo no sintagma verbal seja compreendido, mas carecem de elementos centrais para formalizar o fenômeno. Assumimos, então, com Levinson (2010), que adjetivos em sentenças como Ela falou claro são casos de modificação de raiz, em que a raiz √fal- é modificada pelo adjetivo antes de ser categorizada como um verbo. Isso é possível quando as raízes têm um componente de entidade como parte de seu significado. Com base nessa implementação, descrevemos algumas características da modificação adjetival da raiz, contrastando-a com a modificação de elementos já categorizados por adjetivos e advérbios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BASÍLIO, Margarida. Flutuação categorial de base adjetiva do português falado. In: ILARI, Rodolfo. (org.). Gramática do português falado. vol. II: níveis de análise lingüística. São Paulo: Editora da UNICAMP, 1992, p. 75-90.

Chomsky, Noam. Derivation by phase. In: KENTOWICZ, Michael. (org.). Ken Hale: A life in language. Cambridge: MIT Press, 2001, p.1-52.

EMBICK, David. The morpheme. Berlim: De Gruyter Mouton, 2015.

FOLTRAN, Maria José. A alternância entre adjetivos e advérbios como modificadores de indivíduos e de eventos. Revista Letras, Curitiba, n. 81, p. 157-176, mai/ago. 2010. Disponível em: [https://revistas.ufpr.br/letras/article/viewFile/17285/16102]. Último acesso: 14/03/2022

FOLTRAN, Maria José. Distribuição dos advérbios predicativos e adjetivos quando usados como predicados adjuntos. Revista Letras, Curitiba, n. 72, p. 233-249, 2007. Disponível em: [https://revistas.ufpr.br/letras/article/view/7551/10511]. Último acesso: 14/03/2022

HALE, Kenneth; KEYSER, Samuel. On argument structure and the lexical expression of syntactic relations. In HALE, Kenneth; KEYSER, Samuel. (orgs.). The View from Building 20: Essays in Linguistics in Honor of Sylvain Bromberger. Cambridge: MIT Press, 1993, p. 53–109.

HALLE, Morris; MARANTZ, Alec. Distributed morphology and pieces of inflection. In: HALE, Kenneth; KEYSER, Samuel. The view from the Building 20: Essays in honor of Sylvain Bromberger. Cambridge: MIT Press, 1993, p. 111-176.

HARLEY, Heidi. On the identity of roots. Theoretical linguistics, v. 40, n. 3-4, p. 225-276, 2014.

LEUNG, Renata. Um estudo sobre os objetos cognatos e os adjetivos adverbiais no português do Brasil, 2007. 126 f. Dissertação (Mestrado em Linguística e Semiótica Geral) Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo.

LEVINSON, Lisa. Arguments for pseudo-resultative predicates. Natural Language & Linguistic Theory, v. 28, n. 1, p. 135-182, 2010.

LIMA, Rafael. Características morfossintáticas dos advérbios no português brasileiro, 2010. 143 f. Tese (Doutorado em Linguística) Faculdade de Letras, Universidade Federal de Alagoas, Maceió.

LOBATO, Lúcia. Sobre o suposto uso adverbial de adjetivo: a questão categorial e as questões da variação e da mudança linguística. In: VOTRE, Sebastião; RONCARATI, Claudia. (orgs.). Anthony Julius Naro e a linguística no Brasil: uma homenagem

acadêmica. Rio de Janeiro: 7 letras, 2008. p. 219-241.

PANAGIOTIDIS, Phoevos. On the nature of roots: Content, form, identification.

Evolutionary Linguistics Theory, v. 2, n. 1, p. 56-83, 2020.

Downloads

Publicado

2022-05-10

Como Citar

CARVALHO, J.; RODRIGUES-OLIVEIRA, A. . ELA FALOU CLARO: UM ESTUDO SOBRE ADJETIVOS QUE MODIFICAM RAÍZES. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 72, p. 415–440, 2022. DOI: 10.9771/ell.i72.46886. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/46886. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ ESTUDOS EM LINGUÍSTICA FORMAL NO BRASIL