Perfil dos acadêmicos concluintes dos cursos de odontologia em 2014 no Estado da Bahia

Autores

  • Danilo Barral de Araujo UFBA
  • Elisângela de Jesus Campos UFBA
  • Gabriela Botelho Martins UFBA
  • Max José Pimenta Lima UFBA
  • Maria Thereza Barral Araújo UFBA

DOI:

https://doi.org/10.9771/cmbio.v14i2.14555

Palavras-chave:

Dentista. Currículo. Saúde Bucal. Educação Superior.

Resumo

Introdução: a promoção e a prevenção da saúde bucal são importantes dimensões cuja atenção especial deve ser dada às sucessivas turmas de acadêmicos que ingressam a cada ano nos cursos de Odontologia. A formação deve ser dirigida não, apenas, às intervenções clínicas curativas, como também aos recursos preventivos a fim de responder com competência às demandas da sociedade. Objetivo: traçar o perfil dos acadêmicos de 6 cursos de Odontologia formandos em 2014 no Estado da Bahia. Metodologia: de natureza descritiva, observacional e analítica, esta pesquisa baseou-se na aplicação de um instrumento destinado ao levantamento sociodemográfico de uma amostra de 222 estudantes de Odontologia concluintes em 2014 procedentes de 3 instituições públicas e 3 privadas situadas no Estado da Bahia. Resultados: a média de idade dos acadêmicos formandos se situou em 24,3 (2,6) anos, sendo 67,6% do gênero feminino e 32,4% do masculino. 73% dos estudantes procedentes das IES públicas integralizaram o currículo em 10 semestres, enquanto que 65,7% com origem em IES privadas integralizaram em 9 semestres. 56,2% dos acadêmicos naturais de Salvador realizaram o curso em IES privadas, enquanto que 63,3% dos nascidos em outros municípios baianos fizeram o curso em IES públicas. Conclusão: de acordo com a metodologia adotada nesse estudo, conclui-se que predomina entre os acadêmicos o gênero feminino; a média de idade dos formandos das IES públicas é superior à dos concluintes das IES privadas; ao contrário dos acadêmicos nascidos nos municípios do interior do estado, o maior número dos concluintes nascidos em Salvador realizaram o curso em IES privadas, e que embora integralizem o currículo em nove ou dez semestres, ambos atendem aos dispositivos estabelecidos pela Resolução Nº 2/2007, CNE/CES.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Barral de Araujo, UFBA

Professor Adjunto de Bioquímica Oral. Instituto de Ciências da Saúde. Universidade Federal da Bahia.

Elisângela de Jesus Campos, UFBA

Professor Adjunto de Bioquímica Oral. Instituto de Ciências da Saúde. Universidade Federal da Bahia.

Gabriela Botelho Martins, UFBA

Professora Adjunto de Estudo Morfofuncional Humano. Instituto de Ciências da Saúde. Universidade Federal da Bahia

Max José Pimenta Lima, UFBA

Professor Assistente de Bioquímica. Instituto de Ciências da Saúde. Universidade Federal da Bahia

Maria Thereza Barral Araújo, UFBA

Professora Associada de Bioquímica Oral. Instituto de Ciências da Saúde. Universidade Federal da Bahia.

Downloads

Publicado

2015-02-18

Como Citar

Araujo, D. B. de, Campos, E. de J., Martins, G. B., Lima, M. J. P., & Araújo, M. T. B. (2015). Perfil dos acadêmicos concluintes dos cursos de odontologia em 2014 no Estado da Bahia. Revista De Ciências Médicas E Biológicas, 14(2), 198–205. https://doi.org/10.9771/cmbio.v14i2.14555

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>