Imagens de eunucos africanos

orientalismo, teratologia e imaginário colonial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/aa.v0i68.53077

Palavras-chave:

Eunucos , Orientalismo, Teratologia, Imaginário colonial

Resumo

As imagens dos eunucos africanos têm origens diversas. Da tradição pictórica europeia, o “orientalismo” foi uma delas. Uma iconografia orientalista sobre os eunucos africanos aparece ainda tanto na imprensa periódica ilustrada quando na literatura de viagem. Uma teratologia médica tratou, igualmente, dos eunucos. Enquanto registro visual de “tipos” humanos, a fotografia de eunucos africanos fez parte do inventário teratológico de um mundo que desaparecia na perspectiva dos impérios coloniais. Com base num corpus iconográfico com imagens de diferentes suportes materiais, discute-se a paradoxal “subalternidade” dos eunucos africanos e busca-se perceber a voz inaudível dos mesmos na historiografia. Por fim, mapeia-se um trajeto sinuoso da mutilação genital masculina à emasculação simbólica dos africanos no imaginário colonial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

CORREA, S. M. de S. . Imagens de eunucos africanos: orientalismo, teratologia e imaginário colonial. Afro-Ásia, Salvador, n. 68, p. 133–175, 2023. DOI: 10.9771/aa.v0i68.53077. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/afroasia/article/view/53077. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos