TRANSFORMACAO SOCIAL, EDUCACAO EMANCIPATÓRIA E ESCOLA PÚBLICA

Autores

  • Rubens Luiz Rodrigues Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v4i1.9408

Palavras-chave:

Educação, Trabalho e educação, Filosofia da Educação

Resumo

O argumento aqui desenvolvido busca reforçar a ideia de que o conceito de classe social adquire, no contexto das relações específicas da sociedade capitalista, um sentido inerentemente articulado à igualdade substantiva, que, por sua vez, constitui-se como um princípio para a construção da pluralidade cultural. A democratização da educação escolar pública vincula-se à apropriação do conhecimento historicamente negado à classe trabalhadora. Superar os mecanismos de subordinação constitui-se em ação central para um processo que se paute na valorização do trabalho e na emancipação humana. É nessa condição que a escola pública pode contribuir para um projeto de transformação social.

Palavras-chave: transformação, educação, escola

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rubens Luiz Rodrigues, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor da Faculdade de Educacão da UFJF, membro do colegiado do Programa de Pós-graduacão em Educacão, doutor em Educacão pela PUC-Rio e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas da FACED/UFJF

Downloads

Publicado

2013-05-24

Como Citar

Rodrigues, R. L. (2013). TRANSFORMACAO SOCIAL, EDUCACAO EMANCIPATÓRIA E ESCOLA PÚBLICA. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 4(1), 101–110. https://doi.org/10.9771/gmed.v4i1.9408