Materialismo histórico-dialético e interdisciplinaridade: por uma leitura ontometodológica na pesquisa em educação ambiental

Autores

  • César Augusto Costa Universidade Católica de Pelotas/UCPEL
  • Carlos Frederico Loureiro Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.45145

Palavras-chave:

interdisciplinaridade, materialismo histórico-dialético, pesquisa em educação ambiental

Resumo

O debate sobre a interdisciplinaridade com base no materialismo histórico-dialético para a pesquisa em Educação Ambiental (EA) torna-se fundamental para a compreensão da realidade, cujo processo denominamos de leitura ontometodológica. Refletir sobre a interdisciplinaridade, supõe também considerar a configuração histórica da pesquisa em EA, a qual é composta, de um lado, por múltiplos segmentos, grupos e classes sociais que compõem a sociedade contemporânea e, de outro, por pesquisadores no campo que compartilham perspectivas teórico-metodológicas comuns. A questão central, é que tais pesquisadores também se diferenciam em suas concepções sobre a questão ambiental e nas posições políticas, ideológicas, pedagógicas e epistêmicas que defendem ao realizarem o enfrentamento dos problemas ambientais sob a égide do projeto societário capitalista. Nesse cenário de disputa epistêmica no campo, organizamos o artigo em três momentos articulados: em seu momento inicial, abordaremos as relações entre totalidade, materialismo histórico-dialético e pesquisa em EA; no segundo, elencaremos a crítica ontometodológica a partir da interdisciplinaridade na pesquisa em EA. Por fim, nas reflexões finais, sustentaremos que a interdisciplinaridade não deve ser apregoada de maneira homogênea e apolítica em seu fazer educativo, pois tal compreensão silencia ou nega que há diferenças epistêmicas e políticas no campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Augusto Costa, Universidade Católica de Pelotas/UCPEL

Pós-Doutor em Direito e Justiça Social/FURG. Doutor em Educação Ambiental/FURG. Professor do PPG em Política Social e Direitos Humanos/UCPEL. Coordenador do Núcleo de Estudos Latino-Americano (NEL/UCPEL). Pesquisador do Laboratório de Investigações em Educação, Ambiente e Sociedade (LIEAS/UFRJ). 

Grupo de Pesquisa: Núcleo de Estudos Latino-Americano (NEL) - Link do grupo de pesquisa/CNPq: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0568379870700099

Currículo lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do;jsessionid=FB7E2C92447EBFBC75EC080022AF4570.buscatextual_0

Orcid:  https://orcid.org/0000-0002-7190-6606

E-mail: csc193@hotmail.com

Carlos Frederico Loureiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ

Doutor em Serviço Social/UFRJ. Professor titular no PPG em Educação e Ecologia Social/UFRJ. Coordenador do Laboratório de Investigações em Educação, Ambiente e Sociedade (LIEAS).

Laboratório de Investigações em Educação, Ambiente e Sociedade (LIEAS) - link grupo de pesquisa/CNPq: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4406700813096662

Currículo lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do

 Orcid: http://orcid.org/0000-0003-4640-6455

E-mail: frederico89@gmail.com

Referências

ALTVATER, E. O fim do capitalismo como nós conhecemos. Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAJ. Recife: Brasil, 16/11/2006.

BIANCHETTI, L.; JANTSH, A. (orgs). Interdisciplinaridade. Para além da filosofia do sujeito. In: BIANCHETTI, Lucídio; JANTSHI, Ari (Orgs.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 2004. p. 11-24.

BIANCHETTI, L.; JANTSH, A. Universidade e Interdisciplinaridade. Brasília, Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Brasília, v.74, n.l76, jan./abr. 1993, p. 25-34.

BIANCHETTI, L.; JANTSH, A. Interdisciplinaridade e práxis pedagógica emancipadora. Disponível em: http://www.rizoma.ufsc.br/pdfs/658-of9-st1.pdf Acesso em 04/4/2014.

BOURDIEU, P. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Editora UNESP, 2004.

BRINHOSA. M. Interdisciplinaridade: possibilidades e equívocos. Acta Fisiátrica, n. 5(3), 164-169, 1998.

CHASIN, J. Marx: estatuto ontológico e resolução metodológica. In: TEIXEIRA, F. J. Pensando com Marx: uma leitura crítico-comentada de O Capital. São Paulo, Ensaio, 1995.

COSTA, César Augusto. A Interdisciplinaridade na produção na pesquisa em Educação Ambiental: Uma leitura ontometodológica à luz do materialismo histórico-dialético. Tese (Doutorado em Educação Ambiental) - Instituto de Educação, Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande, p. 357.

COSTA, César Augusto; LOUREIRO, C..F.B. A Questão ambiental: interfaces críticas. Curitiba: Prismas, 2013.

FOLLARI, R. Interdisciplina e dialética: sobre um mal entendido. In: JANTSHI; Ari; BIANCHETTI, L. (Orgs.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 2004. p. 127-141.

FOSTER, J. B. A Ecologia de Marx. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

FOSTER, J. B. Marx e o meio ambiente. In: WOOD, E; FOSTER, J. B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernidade. Rio de janeiro: Zahar, 1999. p. 161-74.

FRIGOTTO, G. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas ciências sociais. In: JANTSHI; A; BIANCHETTI, L. (Orgs.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 2004. p. 25-49.

FRIGOTTO, G. O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. In: FAZENDA, I (Org). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1989. p. 69-90.

GONÇALVES, Carlos Walter. Possibilidades e limites da ciência e da técnica diante da questão ambiental. Rio de Janeiro, mimeo. s/d.

GORENDER, J. Apresentação. In: Os economistas. O Capital. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

JANTSCH, A; BIANCHETTI, L. Imanência, História e Interdisciplinaridade. In: JANTSCH, A; BIANCHETTI, L (Orgs.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 2004. p. 177-204.

KOSIK, Karel. Dialética do concreto. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

LAYRARGUES, P. Educação ambiental e ambientalismo empresarial: um caso ideológico. In: MATA, S.F. & LOUREIRO, C.F.B. (Orgs.). Educação ambiental e a nova ordem mundial. Rio de Janeiro: UFRJ. 1996. p. 36-43.

LAYRARGUES, P. Para que a Educação Ambiental encontre a Educação. In: LOUREIRO, C.F.B. Trajetória e fundamentos da Educação Ambiental. São Paulo: Cortez, 2006a. p. 11-18.

LAYRARGUES, P; LIMA, G. Macrotendências político-pedagógicas da Educação Ambiental Brasileira. São Paulo, Revista Ambiente & Sociedade, v. XVII, n.1, jan.-mar, p. 23-40, 2014.

LOUREIRO, C. F. B. Trajetória e fundamentos da Educação Ambiental. São Paulo: Cortez, 2006a.

LOUREIRO, C. F. B. Educação Ambiental Transformadora. In: LAYRARGUES, P. (Coord). Identidades da educação ambiental brasileira / Ministério do Meio Ambiente. Diretoria de Educação Ambiental; Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 65-82.

LOUREIRO, C. F. B. Complexidade e Dialética: contribuições a práxis política e emancipatória em educação ambiental. Campinas, Educação e Sociedade, vol. 27, n. 94, p. 131-152, jan./abr. 2006b.

LOUREIRO, C. F. B. Educação Ambiental e “Teorias críticas”. In: GUIMARÃES, M. (Org.). Caminhos da Educação Ambiental: da forma à ação. São Paulo: Papirus, 2006c. p. 51-86.

LOUREIRO, C. F. B. Crítica o fetichismo da individualidade e aos dualismos na Educação Ambiental. Curitiba, Educar, n. 27, 2006d, p. 37-53.

LOUREIRO, C. F. B. Problematizando conceitos: contribuição à práxis da Educação Ambiental. In: LOUREIRO, C. F. B; LEROY, J. P. (Orgs.). Pensamento complexo, dialética e Educação Ambiental. São Paulo: Cortez, 2006e.

LOUREIRO, C. F. B. O Movimento ambientalista e o pensamento crítico. Rio de Janeiro: Quartet, 2006f.

LOUREIRO, C. F. B. Educação Ambiental e “Teorias críticas”. In: GUIMARÃES, M (Org.). Caminhos da educação ambiental. Campinas: Papirus, 2006g. p. 51-86.

LOUREIRO, C. F. B. A Educação Ambiental no Brasil. Proposta pedagógica. In: Educação Ambiental no Brasil. Ano XVIII, boletim 01, Secretaria de Educação a Distância. MEC, Março de 2008. p. 13-20.

LOUREIRO, C. F. B. Premissas teóricas para uma educação ambiental transformadora. Ambiente e Educação. Rio Grande, v.8, dez. 2003.

LOUREIRO, C. F. B. Emancipação, complexidade e método dialético histórico: para o repensar das tendências em Educação Ambiental. s/d.

LOUREIRO, C. F. B. A Pesquisa-ação participante e Educação Ambiental: uma abordagem dialética e emancipatória. In: TOZONI-REIS, M. (Org.). A Pesquisa-ação participativa em educação ambiental: reflexões teóricas. São Paulo, Botucatu: Annablume, Fapesp, Fundibio, 2007a. p. 12-55.

LOUREIRO, C. F. B. Pensamento crítico, tradição marxista e a questão ambiental: ampliando os debates. In: LOUREIRO, C. F. B (Org.). A Questão ambiental no pensamento crítico. Rio de Janeiro: Quartet, 2007b. p. 13-67.

LOUREIRO, C. F. B. Materialismo histórico-dialético e a pesquisa em Educação Ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental, v. 9, n. 1 – p. 53-68, 2014.

LOUREIRO, C. F. B; VIÉGAS, A. Complexidade e Dialética: por uma busca de novos elementos na tradição da crítica ambiental diante dos desafios da educação ambiental. Rio Grande, Ambiente e Educação, n. 12, 2007c. p. 11-37.

LOUREIRO, C. F. B; VIÉGAS, A. Algumas contribuições sobre a influência do marxismo na Teoria da complexidade de Edgar Morin: aportes para a pesquisa em Educação Ambiental. Rio Grande, Ambiente e Educação, v. 17, n. 2, 2012. p. 13-24.

LOUREIRO, C.F.B; VIÉGAS, A. Princípios normativos da Educação Ambiental no Brasil: abordando os conceitos de totalidade e práxis. Pesquisa em Educação Ambiental, vol. 8, n. 1 – pp 11-23 , 2013.

LOUREIRO, C. F. B; TREIN, E; TOZONI-REIS, M; NOVICKI, V. Contribuições da teoria marxista para a educação ambiental crítica. Cad. Campinas, CEDES, vol.29, n.77, Jan./Abr. 2009. p. 81-97.

LOUREIRO, C. F. B. Crítica ao teoricismo e ao praticismo na educação ambiental. In: NETO, A. C.; MACEDO FILHO, F. D; BATISTA, M. S. da S. (Orgs.). Educação ambiental: caminhos traçados, debates políticos e práticas escolares. Brasília: Liber Livro Editora, 2010.

LOUREIRO, F, LAYRARGUES, P; CASTRO, R. (Orgs.). 6 ed. Sociedade e Meio ambiente: A educação ambiental em debate. São Paulo: Cortez, 2010.

LUKÁCS, G. História e consciência de classe: estudos sobre a dialética marxista. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

LUKÁCS, G. Ontologia do Ser Social: os princípios ontológicos fundamentais de Marx. São Paulo: Editora Ciências Humanas, 1979.

LUKÁCS, G. O marxismo ortodoxo. In: Lukács, G. São Paulo: Ática, 1992.

MARX, K. Para a crítica da economia política: Salário, preço e lucro: O rendimento e suas fontes; a economia vulgar. In: Os economistas. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

NETTO, J. P; M. BRAZ. Economia Política: uma introdução crítica. 6 ed. São Paulo: Cortez, 2010.

NETTO, J. P. Capitalismo e Reificação. São Paulo: Ed. Ciências Humanas, 1993.

NETTO, J. P. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

OLIVEIRA, A. Educação e Exclusão: uma leitura ancorada em Karx Marx. Porto Alegre: UFRGS, 2002. (Tese de Doutorado em Educação).

OLIVEIRA, A. Sobre o alcance teórico do conceito “exclusão”. Porto Alegre, Revista Civitas, 4, nº 1, jan.-jun. 2004, p. 159-188.

SANTOS, M. A Natureza do espaço. 4 ed. EDUSP, 2008.

SOUZA, J. P. Ciência e capitalismo. Revista Digital do Paideia, v. 2, n. 2, Outubro de 2010 – Março de 2011, p. 266-280.

TONET, I. Educação, Cidadania e Emancipação Humana. Ijuí: Unijuí, 2005.

TONET, I. Método científico: uma abordagem ontológica. São Paulo: Instituto Lukács, 2013.

TONET, I. Interdisciplinaridade, formação e emancipação humana. Disponível em: http://www.ivotonet.xpg.com.br/arquivos/interdisciplinaridade_formacao_emancipacao_humana.pdf Acesso em: 31/03/2014.

TONET, I. Educação e Ontologia marxiana. HISTEDBR On-line, Campinas, número especial, abr 2011, p. 135-45.

TOZONI-REIS, M. A Pesquisa-ação participativa e a educação ambiental: uma parceria construída pela identificação teórica e metodológica. In: TOZONI-REIS, M. (Org.). A Pesquisa-ação participativa em educação ambiental: reflexões teóricas. São Paulo, Botucatu: Annablume, Fapesp, Fundibio, 2007. p. 121-161.

Downloads

Publicado

2021-09-17

Como Citar

Costa, C. A., & Loureiro, C. F. (2021). Materialismo histórico-dialético e interdisciplinaridade: por uma leitura ontometodológica na pesquisa em educação ambiental. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 13(2), 575–591. https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.45145