TRABALHO, IDEOLOGIA E EMANCIPAÇÃO HUMANA

Autores

  • Rafael Rossi Docente do curso de Licenciatura em Educação do Campo na UFMS em Campo Grande - MS.
  • Aline Cristina Santana Rossi

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.23409

Resumo

Várias são as maneiras para abordar a relação que se estabelece entre ideologia e trabalho na sua vinculação com a problemática da emancipação humana. Todavia, entendemos que a análise ontológica instaurada pela teoria social marxiana pode contribuir com uma análise fundamentada na processualidade histórica da reprodução social. Desse modo, partimos das contribuições da ontologia marxiana para compreender o trabalho enquanto fundamento do ser social e a ideologia em sua função social, ou seja, para além do critério gnosiológico que a investiga apenas em seu caráter negativo. Entendemos que a teoria a deve permitir a reprodução ideal do objeto que investiga ao longo do processo histórico e real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-05-29

Como Citar

Rossi, R., & Santana Rossi, A. C. (2018). TRABALHO, IDEOLOGIA E EMANCIPAÇÃO HUMANA. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 10(1), 250–258. https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.23409