A PRÁTICA COMO TRANSFORMAÇÃO MATERIAL EM MARX (1843 – 1844)

Autores

  • João Paulo Dória Santana Universidade Federal da Bahia (UFBA)

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.22684

Palavras-chave:

Prática, Transformação material, Política

Resumo

O presente texto tem por objetivo analisar como a prática aparece em alguns dos trabalhos da juventude de Marx, em especial, Sobre a Questão Judaica, Crítica da Filosofia do Direito de Hegel: Introdução, Manuscritos Econômicos – Filosóficos. A preocupação de Marx com os problemas do mundo concreto coloca na filosofia, até então uma atividade meramente contemplativa, um papel revolucionário, desde que os homens empregassem um poder prático sobre ela, no caso em questão, que o proletariado buscasse na filosofia um instrumento para a luta política. Contudo, essa relação ainda se encontrava nos limites da emancipação política. Para a emancipação humana seria necessário uma completa revolução do mundo existente, o que demandaria uma compreensão radical do modo de produção e reprodução da vida. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Dória Santana, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Sergipe (2011). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (2014). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Marxismo e Política de Trabalho e Educação (MTE). Tem experiência na área de Educação, Formação de Professores e Educação Física. Atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho, tempo livre e lazer; trabalho e educação; política educacional; teoria do conhecimento.

Referências

BARATA-MOURA, José. Prática: Para uma aclaração do seu sentido como categoria filosófica. Lisboa: Colibri, 1994.

BARATA-MOURA, José. Uma introdução a Zur Judenfrage de Karl Marx. In: MARX, Karl. Para a questão judaica. Lisboa: Avante!, 1997. p.9-63.

MARX, Karl. Crítica da filosofia do direito de Hegel – Introdução. In: MARX, Karl. Crítica da filosofia do direito de Hegel. 3 ed. São Paulo: Boitempo, 2013. p.151-164.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2010 a.

MARX, Karl. Sobre a questão judaica. São Paulo: Boitempo, 2010 b.

RANIERI, Jesus. Apresentação: Sobre os chamados Manuscritos econômicos – filosóficos de Karl Marx. In: MARX, Karl. Manuscritos econômicos-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2010, p. 11-17.

Downloads

Publicado

2018-05-29

Como Citar

Santana, J. P. D. (2018). A PRÁTICA COMO TRANSFORMAÇÃO MATERIAL EM MARX (1843 – 1844). Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 10(1), 158–170. https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.22684