ERA DA INDETERMINAÇÃO? FRANCISCO DE OLIVEIRA E PROCESSO DECISÓRIO POLÍTICO NO BRASIL CONTEMPORÂNEO.

Autores

  • Lucas Patschiki UFG

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v7i2.13118

Palavras-chave:

Estado, Poder, Marxismo.

Resumo

Neste artigo discutiremos algumas conclusões de Francisco de Oliveira em relação ao processo decisório político, à democracia e ao Estado brasileiro contemporâneo – atentando para o que denomina “era da indeterminação”, base para suas teses posteriores, como da “hegemonia às avessas”. Partimos de um lugar semelhante, buscando as mudanças na política e no Estado a partir das transformações realizadas na transição democrática e das exigências da implementação do projeto ultraliberal, relacionando estas com a minimização do poder decisório político dos partidos, assim buscando a importância da organização da classe dominante em instâncias da sociedade civil.

Biografia do Autor

Lucas Patschiki, UFG

Bacharel em História pela UEPG. Mestre em História pela UNIOESTE. Doutorando em História pela UFG. Bolsista CAPES/CNPq

Downloads

Publicado

2015-07-16

Como Citar

Patschiki, L. (2015). ERA DA INDETERMINAÇÃO? FRANCISCO DE OLIVEIRA E PROCESSO DECISÓRIO POLÍTICO NO BRASIL CONTEMPORÂNEO. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 7(2), 273–282. https://doi.org/10.9771/gmed.v7i2.13118