O COMPLEMENTO DE CONSIDERAR COMO UMA ESTRUTURA ESPECIFICACIONAL

Autores

  • Douglas Alan da Silva

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i77.61680

Palavras-chave:

Sentenças copulativas; Verbo judicativo; Especificacionais; Inversão.

Resumo

Neste artigo, investigamos, no português brasileiro, o complemento interno do verbo considerar quando composto por DPs em ordem inversa e as sentenças copulativas simples classificadas como especificacionais. Objetivamos confrontar tais ambientes sintáticos quanto à sua lexicalização e leitura, com a finalidade de saber se o complemento de considerar é também uma estrutura especificacional, o que, por meio dos parâmetros citados, concluímos afirmativamente. Constatamos que as possibilidades e restrições composicionais de um são também averiguadas no outro, que os DPs de ambos são referencialmente assimétricos, distribuídos na ordem não referencial - referencial, e ocorrem sob contexto identificacional, marcados, respectivamente, para pressuposição - foco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DEN DIKKEN, M. Predicate inversion and minimality. Linguistics in the Netherlands, v. 11, n. 1, p. 1–12, 1994.

DECLERCK, R. Studies on copular sentences, clefts and pseudoclefts. Leuven: Leuven University Press and Foris, 1988.

GOMES, A. F. R.; FOLTRAN, M. J. Small clause complemento: caracterização e seleção. Revista Estudos Linguísticos, v. 17, n. 2, p. 51-71, 2009.

GOMES, A. F. R. Small clauses nominais e estruturas equativas. Cadernos de Estudos Linguísticos, v. 49, n. 1, p. 39–48, 2011. DOI: 10.20396/cel.v49i1.8637245. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637245. Acesso em: 10 jul. 2023.

HEYCOCK, C. Specification, equation, and agreement in copular sentences. Canadian Journal of Linguistics, v. 57, n. 2, p. 209-240, 2012.

HEYCOCK, C. The internal structure of small clause: new evidence for inversion. Proceedings of the North East Linguistics Society (NELS), v. 25, n. 5, p. 224-238, 1995. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/2682822_The_Internal_Structure_of_Small_Clauses_New_Evidence_from_Inversion. Acesso em 20 out. 2019.

HEYCOCK, C; KROCH, A. Pseudocleft connectedness: implications for the LF interface level. Linguistic Inquiry, v. 30, n. 3, p. 365-397, 1999.

HIGGINS, F.; R. The pseudo-cleft construction in English. v. 13. London: Routledge, 1979.

LAMBRECHT, K. Information structure and sentence form. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

MIKKELSEN, L. Copular clauses: specification, predication and equation. Amsterdam: John Benjamins Publishing, 2005.

MIKKELSEN, L. Copular clauses. In: MAIENBORN, C.; HEUSIER, K.; PORTNER, P. (Eds.). Semantics: an international handbook of natural language meaning. Berlin: Mouton de Gruyter, 2011. p. 1805-1829. Disponível em: http://linguistics.berkeley.edu/~mikkelsen/papers/chapter_68.pdf. Acesso em: 20 out. 2019.

MORO, A. The raising of predicates: predicative noun phrases and the theory of clause structure, Cambridge: Cambridge University Press, 1997.

QUAREZEMIN, S. A estrutura interna da small clause complemento de verbos ECM. Cadernos de Estudos Linguísticos, v. 49, n. 1, p. 49-64, 2007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637246. Acesso em: 11 ago. 2020.

Downloads

Publicado

2024-06-04

Como Citar

DA SILVA, D. A. . O COMPLEMENTO DE CONSIDERAR COMO UMA ESTRUTURA ESPECIFICACIONAL. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 77, p. 336–360, 2024. DOI: 10.9771/ell.v0i77.61680. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/61680. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê "Estudos do IV Encontro de Gramática Gerativa"