A VARIAÇÃO DENOMINATIVA NA DESIGNAÇÃO DE ACESSÓRIOS DE PROTEÇÃO CONTRA A COVID-19 EM REVISTAS DE MODA

Autores

  • Pauler Castorino Universidade de São Paulo
  • Lucimara Alves Costa Universidade Federal de Rondônia

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i77.55561

Palavras-chave:

Terminologia, Variação denominativa, Moda, Covid-19

Resumo

Analisamos, neste artigo, as variantes denominativas com ou sem consequências cognitivas no domínio da Moda, sobretudo nos acessórios usados como proteção contra o vírus da Covid-19. Nesse sentido, desenvolvemos a pesquisa seguindo os parâmetros epistemológicos e metodológicos da Terminologia à luz de Freixa (2002), Fernandez-Silva (2010), Costa (2015), dentre outros. Os resultados nos mostram maiores ocorrências de variantes denominativas sem consequências cognitivas, que ocorreram na intenção de criar sinônimos no discurso especializado da Moda; em oposto, as variantes com consequências cognitivas tiveram ocorrências menores, em contextos nos quais os termos precisavam de maiores especificidades ou adaptações para o campo da Moda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pauler Castorino, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, São Paulo, Brasil; paulercastorino@usp.br; https://orcid.org/0000-0002-9220-1146; Bolsista CAPES.   
   

Lucimara Alves Costa, Universidade Federal de Rondônia

Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, Rondônia, Brasil; lucimaralves@unir.br; https://orcid.org/0000-0002-8481-68292  

Referências

ALMEIDA, Gladis Maria de Barcellos. Terminologia: o que é e como se faz. In: GONÇALVES, Adair Vieira; GÓIS, Marcos Lúcio de Sousa (orgs.). Trabalhando com Linguística no Brasil. Campinas: Pontes Editores, 2023, p. 135-163.

BARROS, Lídia Almeida. Curso básico de terminologia. São Paulo: EDUSP, 2004.

BORGES, Marlise Fontes. Identificação de sintagmas terminológicos em Geociências. 1998. 400 f. Dissertação. (Mestrado em Letras – Estudo da Linguagem) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

BREZINA, Vaclav; WEILL-TESSIER, Pierre; MCENERY, Tony. LancsBox: version 6.0 [software]. Inglaterra: Universidade de Lancaster, 2015. Disponível em: http://corpora.lancs.ac.uk/lancsbox/. Acesso em: 21 set. 2021.

CABRÉ, Maria Teresa. El princípio de poliedricidad: la articulación de lo discursivo, lo

cognitivo y lo linguístico em Terminologia. Ibérica, n. 16, p. 9-36, 2008.

COSTA, Lucimara Alves da Conceição. Reflexões sobre a variação terminológica na lexicografia corrente no Brasil e a construção das bases teórico-metodológicas para o dicionário de lexicografia brasileira. 2015. 303f. Tese. (Doutorado em Estudos Linguísticos) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Universidad Pompeu Fabra. São José do Rio Preto; Barcelona.

CURTI-CONTESSOTO, Beatriz; ROCHA, Jean Michel Pimentel; ALVES, Ieda Maria. Hoje tem live: intercâmbio lexical disseminado pela internet no português brasileiro. Signo y Seña, v. 41, p. 30-47, 2022.

FARIAS, Emilia Maria Peixoto. A linguagem da moda no português contemporâneo. 2001. 264f. Tese. (Doutorado em Letras) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

FERNÁNDEZ-SILVA, Sabela. Variación terminológica y cognición: Factores cognitivos en la denominación del concepto especializado. Barcelona: IULA-TDX, 2010.

FREIXA, Judit. La variació terminológica: Anàlisi de la variació denominativa en textos de diferente grau d’especialització de l’àrea de medi ambient. Barcelona: IULA-UPF, 2002.

GLORIA, Ana Clara de Carvalho. A moda em transformação: os desfiles de moda na era da pandemia do Covid-19. 2021. 47f. Monografia (Tecnólogo em Design de Moda) –Universidade do Sul de Santa Catarina, Florianópolis.

GUITTO, Valentina. La terminología de la moda como elemento estructurador del significado semiótico de The Devil Wears Prada. Proceedings of the 10th World Congress of the International Association for Semiotic Studies, n. 10, p. 1015-1026, 2012.

HOUAISS, Antônio. Grande dicionário Houaiss. UOL, 2021. Disponível em: https://houaiss.uol.com.br/. Acesso em: 03 maio 2021.

JESUS, Ana Maria Ribeiro de; BARROS, Lídia Almeida. A variação terminológica em português no domínio da dermatologia. Signótica, v. 17, n. 2, p. 165-189, 2005.

KAMIKAWACHI, Dayse Simon Landim. Aspectos semânticos da definição terminológica (DT): descrição linguística e proposta de sistematização. 2009. 164f. Dissertação. (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

KRIEGER, Maria da Graça. Terminologia revisitada. D.E.L.T.A., v. 16, n. 2, p. 209-228, 2000.

KRIEGER, Maria da Graça. Terminologia técnico-científica em espaço público: que terminologia é essa? Revista da ANPOLL, v. 1, n. 26, p.130-145, 2009.

MELLO, Paula. Como a indústria da moda está ajudando no combate ao coronavírus. Vogue, 2020. Disponível em: https://vogue.globo.com/moda/moda-news/noticia/2020/03/como-industria-da-moda-esta-ajudando-no-combate-ao-coronavirus.html. Acesso em: 12 jul. 2023.

ORGANIZAÇÃO Pan-Americana da Saúde. OMS declara fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional referente à COVID-19. Organização Pan-Americana da Saúde, 2023. Disponível em: https://www.paho.org/pt/noticias/5-5-2023-oms-declara-fim-da-emergencia-saude-publica-importancia-internacional-referente. Acesso em: 12 jul. 2023.

PROMETAL EPIs. Máscara com filtro: o que é e como escolher este EPI! Prometal EPIs, 2021. Disponível em: https://prometalepis.com.br/blog/mascara-com-filtro-o-que-e-e-como-escolher-este-epi/#:~:text=M%C3%A1scara%20com%20Filtro%20%C3%A9%20como,para%20oferecer%20a%20prote%C3%A7%C3%A3o%20desejada. Acesso em: 14 jul. 2023.

ROUNDEAU, Guy. Introduction à la Terminologie. Québec: GaëtanMourin, 1984.

SANTIAGO, Márcio Tales. Variação denominativa na terminologia médica: o caso da gripe A H1N1. TradTerm, v. 16, p. 397-410, 2010.

Downloads

Publicado

2024-06-04

Como Citar

CASTORINO, P.; ALVES COSTA, L. . A VARIAÇÃO DENOMINATIVA NA DESIGNAÇÃO DE ACESSÓRIOS DE PROTEÇÃO CONTRA A COVID-19 EM REVISTAS DE MODA. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 77, p. 190–210, 2024. DOI: 10.9771/ell.v0i77.55561. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/55561. Acesso em: 20 jul. 2024.