METÁFORA E INTEGRAÇÃO CONCEPTUAL EM POST MULTIMODAL: GOVERNO BRASILEIRO NA PANDEMIA DA COVID-19

Autores

  • Naira de Almeida Velozo Universidade do Estado do Rio de Janeiro http://orcid.org/0000-0002-4868-5526
  • Sandra Bernardo Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Wellington Almeida Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i69.44308

Palavras-chave:

Metáfora conceptual, Integração conceptual, COVID-19, Governo brasileiro, Post.

Resumo

Análise indutiva, com abordagem qualitativa, de dois posts multimodais da página virtual Uerj da depressão (UDD) à luz das teorias da Metáfora Conceptual (LAKOFF; JOHNSON, 2002[1980]; FORCEVILLE, 2006) e da Integração Conceptual (FAUCONNIER; TURNER, 2002), a fim de verificar como essas teorias podem descrever, conjuntamente, a significação do gênero post e identificar estruturas e processos cognitivos subjacentes à construção de sentidos acerca da pandemia da COVID-19 nos objetos analisados. Os posts foram selecionados de um corpus constituído por textos multimodais publicados na UDD em março, junho e julho de 2020, segundo dois critérios: semelhança temática e composição textual distinta. Os resultados da análise (i) reforçam a ideia de complementaridade entre as teorias adotadas; (ii) corroboram postulados de Forceville (2006) quanto à classificação de metáforas monomodais e multimodais; e (iii) evidenciam, na conceptualização de ambas as postagens, a ativação dos mesmos frames estruturantes dos inputs e conhecimentos básicos nos espaços genéricos (PESSOA, PAPEL, OBJETO e PARTE DO CORPO), além de processos cognitivos comuns, projeções PAPEL-VALOR e ANALOGIA, comprimidas em UNICIDADE na mescla.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Naira de Almeida Velozo, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Letras Vernáculas, área de concentração em Língua Portuguesa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ (2015), Mestre em Letras, área de concentração em Linguística (Bolsista FAPERJ), pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro-UERJ (2012) e Bacharel e Licenciada em Letras - Português/Italiano e respectivas Literaturas (2009) também pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, é Professora Adjunta do Departamento de Estudos da Linguagem da UERJ (Dedicação Exclusiva) e lidera, em conjunto com a professora Sandra Bernardo (Professora Associada UERJ), o Núcleo de Estudos Língua(gem) em Uso e Cognição (NELUC-UERJ), que compreende as seguintes linhas de pesquisa: Processos linguístico-cognitivos nas modalidades falada e escrita de língua em uso; Processos linguístico-cognitivos em textos multimodais; e Processos linguístico-cognitivos em língua de sinais. Interessa-se pelas seguintes áreas e temática: Semântica Cognitiva (Teoria dos Espaços Mentais, Semântica de frames, Teoria dos Modelos Cognitivos Idealizados, Teoria da Mesclagem e da Metáfora conceptuais e aplicação do conceito de Esquemas Imagéticos à análise linguística); Pragmática (Teoria dos Atos de Fala, Pressuposição e Implicaturas Conversacionais); e estudos de gênero e diversidade.

Downloads

Publicado

2021-04-15

Como Citar

VELOZO, N. de A.; BERNARDO, S.; ALMEIDA, W. METÁFORA E INTEGRAÇÃO CONCEPTUAL EM POST MULTIMODAL: GOVERNO BRASILEIRO NA PANDEMIA DA COVID-19. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 69, p. 318–338, 2021. DOI: 10.9771/ell.v0i69.44308. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/44308. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES