A ESTÉTICA ABJETA DE VERONICA STIGGER

Autores

  • Bruna Fontes Ferraz Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v1i66.36092

Palavras-chave:

Estética abjeta, Literatura brasileira contemporânea, Veronica Stigger.

Resumo

A produção literária da escritora Veronica Stigger pode ser considerada pertencente ao que Flora Süssekind (2013) classificou como “objetos verbais não identificados”, ou seja, experimentos literários de difícil classificação por ressaltar um cruzamento de vozes, ruídos e gêneros que se consolida como uma tendência da literatura brasileira contemporânea. Diante dessa literatura que visa a transgredir a norma, este trabalho busca refletir sobre a configuração de uma estética abjeta em Gran cabaret demenzial (2007), por tocar em temas como a deformidade, o monstruoso, a mutilação, a sexualidade e o despedaçamento dos corpos. Baseando-nos, sobretudo, no pensamento de Sigmund Freud e Julia Kristeva, discorreremos sobre o limiar entre o humano, o abjeto e a literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Fontes Ferraz, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)

Licenciada em Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010), Mestre em Estudos Literários - Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Minas Gerais (2013) e doutora em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da UFMG (2018). Professora do Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), com atuação nos cursos técnicos e na Graduação em Letras - Tecnologias da Edição. Pesquisadora do Núcleo de Estudos ATLAS (Análises Transdisciplinares em Literatura, Arte e Sociedade), do CEFET-MG. Atua principalmente com os seguintes temas: teoria da literatura; literatura comparada; revisão de textos; ensino de literatura, língua portuguesa e produção de textos; literatura e outras artes.

 

Downloads

Publicado

2020-09-26

Como Citar

FERRAZ, B. F. A ESTÉTICA ABJETA DE VERONICA STIGGER. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, v. 1, n. 66, p. 221–233, 2020. DOI: 10.9771/ell.v1i66.36092. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/36092. Acesso em: 25 jan. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES