A “destruição” de um quilombo na Serra do Cubatão (1827-1828)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/aa.vi64.38499

Palavras-chave:

Quilombos, Escravidão, São Paulo, Brasil Império

Resumo

No século XIX, impedir a formação e a continuidade dos quilombos tornou-se uma atribuição do Estado brasileiro. O assunto foi incluído na lei referente aos Juízes de Paz, de 15 de outubro de 1827, e incorporado a outras normas do Império posteriormente. Concomitantemente à elaboração desse parâmetro legislativo, diferentes autoridades administravam a questão nas Províncias. O objetivo deste texto é refletir sobre o tratamento oficial dos quilombos no Brasil das primeiras décadas do Oitocentos a partir de uma documentação ainda não explorada, especialmente as correspondências relativas a um quilombo encontrado e “destruído” na Serra do Cubatão, Província de São Paulo. Indica-se as leis e práticas dirigidas a esses agrupamentos na década de 1820, como as diligências contra o quilombo paulista foram organizadas, que escravos o compunham e de que forma é possível compreender o retrato atribuído a eles na ocasião.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Biato de Azevedo, Universidade Estadual Paulista

Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, na linha de pesquisa História e Cultura Social. Desenvolve um estudo sobre a relação entre polícia e escravidão no Brasil do século XIX com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). É membro do núcleo de pesquisa sobre a escravidão e o Estado no período moderno coordenado pelo Prof. Dr. Ricardo Alexandre Ferreira, que integra o Projeto "Escritos sobre os novos mundos: uma história da construção de valores morais em língua portuguesa". Fez parte do corpo editorial da revista discente "História e Cultura" de 2013 a 2015. Lecionou História e Sociologia na rede estadual de ensino básico entre 2015 e 2018. Possui experiência em História do Brasil Império e tem interesse nos seguintes temas: Estado, governo, segurança, polícia, escravidão.

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

AZEVEDO, L. B. de. A “destruição” de um quilombo na Serra do Cubatão (1827-1828). Afro-Ásia, [S. l.], n. 64, p. 220–247, 2021. DOI: 10.9771/aa.vi64.38499. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/afroasia/article/view/38499. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos