Amazônia e Marx na periferia latino-americana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.45049

Palavras-chave:

Amazônia, Marx, O capital, América Latina.

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo explorar a hipótese de um encontro entre Karl Marx e o mundo tropical que chamaremos de Amazônia. Exploraremos uma hipótese de David Harvey, que indica a presença de uma espacialidade, uma territorialidade na mobilização de categorias de valor-de-uso e valor-de-troca para indicar a exigência da Amazônia, considerando a América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita de Cassia Fraga Machado, Universidade do Estado do Amazonas

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora de Filosofia da Universidade do Estado do Amazonas (UEM) e vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação do Amazonas (PPGE/UEA). Líder do grupo de pesquisa Movimentos sociais, feminismo e educação. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8882999172098781. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7385-3771. E-mail: rmachado@uea.edu.br.

Luiz Fernando de Souza Santos, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Doutor em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professor do Departamento de Ciências Sociais, da Universidade Federal do Amazonas (UFA). Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3862781680822535. Orcid: http://orcid.org/0000-0002-7251-5201. E-mail: luizfernando@ufam.edu.br

Referências

ARICÓ, José. Marx e a América Latina. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

BOSTEELS, Bruno. El marxismo en América Latina: nuevos caminhos al comunismo. La Paz: Vicepresidencia del Estado Plurinacional/Presidencia de la Asamblea Legislativa Plurinacional, 2013.

BUCH, Hans Christoph. “No one wanders under palm trees unpunished.” Goethe and Humboldt. In: CLARK, Rex; LUBRICH, Oliver. Cosmos and colonialism: Alexander von Humboldt in cultural criticism. New York: Berghahn Books, 2012.

GRIMM, Jacob; GRIMM, Wilhelm. Deutsches Wörterbuch. Leipzig: Verlag S. Hirzel, 1971. Disponível em: http://woerterbuchnetz.de/DWB/. Acesso em: 20 mar. 2019.

CUNHA, Euclides. A margem da história. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

HARVEY, David. Os limites do capital. São Paulo: Boitempo, 2013.

LOSURDO, Domenico. A luta de classes: uma história política e filosófica. São Paulo: Boitempo, 2015.

LÖVY, Michael. Dialética revolucionária contra a ideologia burguesa do progresso. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Lutas de classes na Rússia. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política (livro I). São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, Karl. Das Kapital, Erster Band, Buch I, Werke 23. Berlim: Dietz Verlag, 1962.

MARX, Karl. O capital (livro II). São Paulo: Boitempo, 2014. cap. V.

MARX, Karl. Cartas a Kugelmann. Habana, Cuba: Editorial de Ciências Sociales, 1975.

MARX, Karl. O 18 Brumário de Luís Bonaparte; São Paulo: Editorial Boitempo, 2011.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Lutas de classes na Rússia. São Paulo: Boitempo, 2013.

PRATT, Mary Louise. Humboldt e a reinvenção da América. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 4, n. 8, 1991, p. 151-165.

ROSDOLSKY, Roman. Friedrich Engels y el problema de los pueblos “sin historia”. México: Ediciones Pasado y Presente, 1980.

SCHADE, Oskar. Altdeutsches Wörterbuch. Zweiter Band. Halle (Alemanha): Buchhandlung des Waisenhauses, 1882.

SANTOS, Luiz Fernando de Souza. Entre o mágico e o cruel: a Amazônia no pensamento marxista brasileiro. 2018. Orientador:

Elide Rugai Bastos. 333 f. Tese (Doutorado) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas (SP), 2018.

TIBLE, Jean. Marx selvagem. São Paulo: Annablume, 2013.

Downloads

Publicado

2021-09-17

Como Citar

Machado, R. de C. F., & Santos, L. F. de S. (2021). Amazônia e Marx na periferia latino-americana. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 13(2), 367–380. https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.45049