As pandemias/epidemias em foco: reflexões ensaísticas sobre a relação entre ser humano e natureza

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.44909

Palavras-chave:

capitalismo, epidemias, metabolismo social, natureza, pandemias

Resumo

Considera-se que a relação entre a estrutura social e as pandemias/epidemias vai além das repercussões sociais que geram, a exemplo do que tem ocorrido com a pandemia de Covid-19, porque está presente desde suas origens. Com isso, o objetivo é analisar o processo de constituição das pandemias/epidemias em face da relação entre ser humano e natureza. As reflexões são suscitadas desde a perspectiva materialista histórico-dialética, com um escopo bibliográfico que se constitui sobre a teoria social de Marx. Demonstramos que a evolução viral, as alterações do comportamento de hospedeiros e as formas de interação com os seres humanos expressam a ruptura metabólica entre sociedade e natureza, instituída no capitalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego de Oliveira Souza, Campus Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas

Doutor em Serviço Social pela Uerj. Professor do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Serviço Social da Ufal-Maceió, do PPG en Ensino e Formação de Professores da Ufal-arapiraca. Grupo de pesquisa: Grupo de Estudo Trabalho, Ser Social e Enfermagem (GETSSE); Link no diretório do CNPq: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4745902403500535; Link na plataforma lattes: http://lattes.cnpq.br/3935008200094728; Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1103-5474

Referências

BARBOSA, Luiza de Marilac Meireles. Glossário de Epidemiologia & Saúde. In: ROUQUAYROL, Maria Zélia; ALMEIDA FILHO, Naomar de. Epidemiologia & Saúde. 6ª ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003.

BARROS SILVA, Luiz Felipe. Uma Análise marxista da agricultura capitalista: em busca de uma solução. SER Social, v. 23, n. 48, p. 9–27, 2021. DOI: Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/33841. Acesso em: 29 mai. 2021.

BERLINGUER, Giovanni. Globalização e saúde global. Estudos avançados, v. 13, n. 35, p. 21-38, 1999.

BRAZ, Rui Moreira; DUARTE, Elisabeth Carmen; TAUIL, Pedro Luiz. Caracterização das epidemias de malária nos municípios da Amazônia Brasileira em 2010. Cadernos de Saúde Pública, v. 29, n. 5, p. 935-944, 2013. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/csp/2013.v29n5/935-944/#ModalArticles. Acesso em: 24 mai. 2021.

CHASIN, José. O método dialético. Aulas ministradas durante o curso de pós-graduação em Filosofia Política. Maceió: Universidade Federal de Alagoas, 1998. Mimeografado.

COGGIOLA, Oswaldo. Teoria econômica marxista: uma introdução. São Paulo: Boitempo Editorial, 2021.

ENGELS, Friedrich. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

FOLADORI, Guillermo. Limites do desenvolvimento sustentável. Campinas: Unicamp, 2001.

FOSTER, John Bellamy. A ecologia de Marx: materialismo e natureza. 4ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

GEROLOMO, Moacir; PENNA, Maria L. F. Cólera e condições de vida da população. Revista de Saúde Pública, v. 34, n. 4, p. 342-347, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0034-89102000000400005 . Acesso em: 24 mai. 2021.

LÖWY, Michael. Mensagem ecológica ao camarada Marx. Cadernos Cemarx, n. 11, p. 161-176, 2018. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cemarx/article/view/11296. Acesso em: 23 mai. 2021.

LUKÁCS, Georg. Para a ontologia do ser social II. Maceió: Coletivo Veredas, 2018.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro primeiro, tomo I. 3. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988a.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro primeiro, tomo II. 3. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988b.

MÉSZÁROS, István. Para além do Capital: rumo a uma teoria da transição. 1ª ed. 3ª reimp. São Paulo: Boitempo Editorial, 2009.

SAITO, Kohei. O ecossocialismo de Karl Marx: Capitalismo, natureza e a crítica inacabada à economia política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2021.

SOUZA, Diego O. A pandemia de Covid-19 para além das ciências da saúde: reflexões sobre sua determinação social. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, supl. 1, p. 2.469-2.477, 2020a. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.11532020. Acesso em: 25 mai. 2021.

SOUZA, Diego O. O caráter ontológico da determinação social da saúde. Serviço Social & Sociedade, n.137, p. 174-191, 2020b. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0101-6628.207. Acesso em: 25 mai. 2021.

SOUZA, Diego O. O Estado neoliberal face à covid-19: o financiamento de políticas sociais. Temporalis, v. 21, n. 41, p. 190-204, 2020b. Disponível em: https://doi.org/10.22422/temporalis.2021v21n41p190-204. Acesso em: 31 ago. 2021.

WALLACE, Rob. Pandemia e agronegócio: doenças infecciosas, capitalismo e ciência. São Paulo: Editora Elefante, 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION - WHO. Weekly Operational Update on COVID-19. Nº 56 - 24 May 2021. Genebra: WHO, 2020. Available from: https://www.who.int/publications/m/item/weekly-operational-update-on-covid-19---24-may-2021 Access on: 25 May 2021.

Downloads

Publicado

2021-09-17

Como Citar

Souza, D. de O. (2021). As pandemias/epidemias em foco: reflexões ensaísticas sobre a relação entre ser humano e natureza. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 13(2), 219–237. https://doi.org/10.9771/gmed.v13i2.44909