CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA HEGELIANA PARA PARA PENSAR A INFLUÊNCIA VIGOTSKIANA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA

Autores

  • Paulo Henrique de Vasconcelos Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da Faculdade de Ciências (UNESP campus Bauru)

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.25108

Palavras-chave:

Pensamento em conceitos, filosofia hegeliana, pedagogia histórico-crítica.

Resumo

A formação do pensamento em conceito é central para a teoria do desenvolvimento de Vigotski, no entanto, ao limitar o conceito de conceito à uma concepção formalista, seu entendimento é esfacelado, resultando em uma compreensão reducionista das obras do autor. Assim sendo, é preciso retornar às bases filosóficas do pensamento de Vigotski, aqui representadas por um momento da filosofia hegeliana, tendo em vista a superação das interpretações formais de suas obras. O retorno à Hegel é um esforço essencial para captar de maneira fidedigna não apenas a complexidade teórica de Vigotski, mas também seus reflexos na pedagogia histórico-crítica e na teoria marxiana que as influencia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

HEGEL, G. W. F. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio: 1830. v. 1. A ciência da lógica. São Paulo: Loyola, 1995.

MARTINS, L. M. Psicologia histórico-cultural, pedagogia histórico-crítica e desenvolvimento humano. In: ______; ABRANTES, A. A.; FACCI, M. G. D. (Orgs.). Periodização histórico-cultural do desenvolvimento psíquico: do nascimento à velhice. Campinas: Autores Associados, 2016. p. 13-34.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. Campinas: Autores Associados, 2011.

SCHMID, C. A teoria da produção do espaço de Henri Lefebvre: em direção a uma dialética tridimensional. GEOUSP – Espaço e Tempo, São Paulo, n. 32, p. 89-109, 2012. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74284>. Acesso em: dez. 2017.

VIGOTSKY, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

Downloads

Publicado

2018-05-29

Como Citar

de Vasconcelos, P. H. (2018). CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA HEGELIANA PARA PARA PENSAR A INFLUÊNCIA VIGOTSKIANA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 10(1), 230–238. https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.25108