O TRABALHO DIDÁTICO NAS SOCIEDADES MESOPOTÂMICAS

Autores

  • Jander Fernandes Martins UNIVERSIDADE FEEVALE
  • Vitória Duarte Wingert INSTITUTO FEDERAL SUL-RIOGRANDENSE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-RS

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v10i2.22976

Palavras-chave:

Formações Socioculturais, Escriba, História da Educação, Organização do Trabalho Didático, Processos Civilizatórios.

Resumo

O presente trabalho é fruto de um estudo realizado pelos autores em disciplina vinculada ao PPG Processos e Manifestações Culturais-FEEVALE, objetivando “identificar e analisar as formas históricas de educadores na civilização mesopotâmica”. Para isso, valeu-se de uma pesquisa bibliográfica em manuais da História da Educação. O referencial teórico-metodológico pautou-se na categoria analítica Organização do Trabalho Didático, Formações socioculturais e Processo Civilizatório. Por fim esse estudo demonstrou ser o escriba, a primeira forma histórica de preceptorado. Constituindo seu trabalho didático, a partir de um instrumental didático e em um local específico, os zigurats.  A pertinência desse estudo se revelou profícuo, pois os estudos sobre as civilizações Antigas, na perspectiva marxista/marxiana, apresentam instigantes reflexões, abrindo um leque de discussão merecedor de atenção.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jander Fernandes Martins, UNIVERSIDADE FEEVALE

Mestrando no Programa de Pós-graduação em Processos e Manifestações Culturais - FEEVALE. Especialista em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação TIC-EDU pela Universidade Federal de Rio Grande- FURG concluída em 2014. Graduado em Pedagogia - Licenciatura Plena (diurno) na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM concluindo em 2011. Atualmente é Concursado em Educação Infantil na Rede Municipal de Campo Bom/RS, atuando e desenvolvendo atividades de Coordenação Pedagógica em Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI) da mesma rede de ensino. Além disso, participa do Conselho Municipal de Educação (CME) na mesma cidade como Vice-presidente. Também realiza estudos e pesquisas, desde o período da Graduação, na área de Educação com ênfase em: Organização do Trabalho Didático, História da Educação, Educação Infantil, Sociedade e Trabalho, priorizando o enfoque nos Processos e Manifestações Culturais e na Diversidade Étnico-racial.

Vitória Duarte Wingert, INSTITUTO FEDERAL SUL-RIOGRANDENSE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA-RS

Historiadora formada pela Universidade FEEVALE, atualmente é professora na Rede Municipal de Campo Bom, atuando com alunos do segundo ano (alfabetização) e quarto ano do Ensino Fundamental. Atua pesquisando principalmente os seguintes temas: o ensino de História, cinema e ensino, e práticas docentes inovadoras. Cursa Especialização em Ensino de Filosofia para Ensino Médio (UFSM), Literatura Infantojuvenil (FISIG) e Mídias na Educação (IFSUL)

Downloads

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Martins, J. F., & Wingert, V. D. (2018). O TRABALHO DIDÁTICO NAS SOCIEDADES MESOPOTÂMICAS. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 10(2), 223–231. https://doi.org/10.9771/gmed.v10i2.22976