MOEDA-CRÉDITO: APONTAMENTOS PARA UMA NOVA INTERPRETAÇÃO

Autores

  • Lucas Trentin Rech Universidade Federal da Bahia
  • Paulo Antonio de Freitas Balanco Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.20662

Palavras-chave:

Marx, Teoria do Valor, Dinheiro.

Resumo

RESUMO

O presente trabalho busca aprofundar a compreensão da categoria, desenvolvida sobretudo por Alain Lipietz, moeda-crédito. Entretanto, busca-se apontar algumas correções imprescindíveis a partir da utilização rigorosa do método de Marx. Ao tratar da moeda de fidúcia como uma nova etapa do dinheiro, intrinsicamente vinculada às necessidades do capital na sociedade tardo-burguesa, abrem-se os caminhos para uma compreensão revigorada do conceito de moeda-crédito. Não obstante, sobressaltam as indicações da obra marxiana quanto a possibilidade, e porque não a necessidade ontológica, de emancipação do signo do dinheiro, ao mesmo tempo, que a partir do método fecundo deixado pelo pensador alemão, este artigo, busca compreender os desdobramentos do valor no capitalismo contemporâneo.

RESUMÉN

Este estudio tiene como objetivo profundizar en la comprensión de la categoría, especialmente desarrollada por Alain Lipietz, la moneda-crédito. Sin embargo, el objetivo es señalar algunas correcciones esenciales desde la utilización rigurosa del método de Marx. Al abordar la moneda fiduciaria como una nueva etapa de dinero, intrínsecamente ligada a las necesidades del capital en la sociedad tardo-burguesa, abre el camino para una comprensión revitalizada del concepto de dinero de crédito. Sin embargo, se sobresaltan las indicaciones de la obra de Marx acerca de la posibilidad, y por qué no la necesidad ontológica, de la emancipación del signo de dinero, mientras que a partir del método fructífero dado por el pensador alemán, este artículo trata de comprender las ramificaciones de valor en el capitalismo contemporáneo.

ABSTRACT

This study aims to deepen understanding of the category, especially developed by Alain Lipietz, credit-currency. However, the goal is to point out some essential corrections from the rigorous use of the Marx’s method. In addressing the fiduciary currency as a new stage of money, intrinsically linked to the needs of capital in the late-bourgeois society, opens the way for a revitalized understanding of the concept of credit money. However, it contains indications of Marx's work about the possibility, and why not the ontological necessity of the emancipation of the money sign, while from the fruitful method given by the German thinker, this article deals understand the ramifications of value in contemporary capitalism.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Trentin Rech, Universidade Federal da Bahia

Doutorando na Faculdade de Economia da Universidade Federal da Bahia. É graduado em Economia pela Universidade de Caxias do Sul, e Mestre, também em economia, pela Universidade Federal da Bahia. Integrante do grupo de pesquisas em desenvolvimento econômico (GEPODE) tem como foco de pesquisa os desdobramentos contemporâneos do capitalismo e as insuficiências da ortodoxia econômica

Paulo Antonio de Freitas Balanco, Universidade Federal da Bahia

Possui graduação em Economia pela Universidade de São Paulo (1977) e doutorado em Teoria Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1997). Atualmente é Professor Associado IV da Universidade Federal da Bahia. Atua como professor-pesquisador do Curso de Graduação em Ciências Econômicas, do Programa de Pós-Graduação em Economia (Mestrado e Doutorado) da Faculdade de Economia da UFBA e do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UFBA na área na área de Teoria Econômica, com ênfase em Economia Política, explorando as temáticas dos processos de transformação do capitalismo e seus desdobramentos mediante os seguintes objetos de pesquisa e investigação: leis do movimento do capital, globalização e desenvolvimento econômico capitalista. Lidera o Grupo de Pesquisa em Economia Política e Desenvolvimento (GEPODE). Foi diretor da Faculdade de Economia da UFBA (2012-2016).

Downloads

Publicado

2018-05-29

Como Citar

Trentin Rech, L., & de Freitas Balanco, P. A. (2018). MOEDA-CRÉDITO: APONTAMENTOS PARA UMA NOVA INTERPRETAÇÃO. Germinal: Marxismo E Educação Em Debate, 10(1), 216–229. https://doi.org/10.9771/gmed.v10i1.20662