PATENT PLEDGE - Os Compromissos de Patente: análise jurídica e tecnológica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i4.33177

Resumo

O aqui denominado Compromisso de Patente, tradução livre do termo Patent Pledge, trata de um instituto relativamente recente, podendo ser definido como uma promessa realizada de forma pública por detentores de patente, os quais permitem a exploração de suas patentes por terceiros, a partir de determinadas condições. O artigo procura definir essa espécie de ato unilateral e fonte de obrigações, identificando as suas características, diversas formas e a motivação para o seu estabelecimento. São abordados aspectos jurídicos, de forma a relacionar os conceitos com o ordenamento jurídico nacional. Também é realizada uma análise de um compromisso feito por uma empresa, a Tesla Inc., enfatizando os pontos positivos e negativos do ato e se as tecnologias disponibilizadas coadunam com a proposta da empresa e sua motivação para o compromisso de patente. Conclui-se que se pode considerar o compromisso de patente como uma forma de transferência de tecnologia, e que pode incluir diversas maneiras, tanto em relação a acesso às patentes, formas de remuneração e existência ou não de condições especificadas. Apesar do anúncio da Tesla ter surgido como uma notícia extremamente positiva, os beneficiários do uso das patentes devem observar uma série de cuidados em relação às condições especificadas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Beatriz Beger Uchôa, UFAL

Profnit/IQB/UFAL

Bruno Beger Uchôa, Procuradoria-Geral Federal

Procurador Federal

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Promulgada em

de outubro de 1988. [1988]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/

Constituicao.htm. Acesso em: set. 2019.

BRASIL. Lei n. 9.279, de 14 de maio de 1996. Regula direitos e obrigações relativos à propriedade industrial. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9279.htm. Acesso em: 26 jul. 2019.

CONTRERAS, J. L. A patent pledge taxonomy. In: CONTRERAS, J. L.; JACOB, M. Patent pledges: Global perspectives on Patent’s Law Private Ordering frontier. Northampton: Edward Elgar, 2018. p. 7-36.

CONTRERAS, J. L. The evolving Patent Pledge Landscape. CIGI Papers, n. 166. 2018a. 24p.

CORPORATE ECO FORUM. CEF Spotlight - Welcome to the Eco-Patent Commons. Disponível em: http://www.corporateecoforum.com/welcome-to-the-eco-patent-commons/. Acesso em: out. 2019.

EHRNSPERGER, J. F.; TIETZE, F. Patent Pledges, open IP, or patent pools? Developing taxonomies in the thicket of terminologies. PLoS ONE. v. 14, n. 8, 2019. Disponível em: web-b-ebscohost.ez9.periodicos.capes.gov.br/ehost/pdfviewer/pdfviewer?vid=1&sid=501ddedd-5b7c-46e5-80ff-a4d187c9c78b%40pdc-v-sessmgr02. Acesso em: 30 out. 2019.

GOOGLE. Open Patent Non-Assertion Pledge. Disponível em: https://www.google.com/patents/opnpledge/patents/. [201?]. Acesso em: 10 ago. 2019.

HILL, B. M. Powering Intellectual Property Sharing: How to Make Tesla’s Patent Pledge Effective. Journal of Intellectual Property Law, v. 24, n. 1, 2016. Disponível em: https://digitalcommons.law.uga.edu/jipl/vol24/iss1/10. Acesso em: 15 ago. 2019.

LEWIS, J. I. D. What is “frand” all about? The licensing of patents essential to an accepted standard. In: Cardozo law, 2014. Disponível em: https://cardozo.yu.edu/what-%E2%80%9Cfrand%E2%80%9D-all-about-licensing-patents-essential-accepted-standard. Acesso em: 12 ago. 2019.

MORRIS, D. A Closer Look at Tesla’s Open-Source Patent Pledge. In: Duane Morris Green IP blog. 2018. Disponível em: https://blogs.duanemorris.com/greenip/2018/12/04/a-closer-look-at-teslas-open-source-patent-pledge. Acesso em: 07 ago. 2019.

OECD/EUROSTAT. Oslo Manual 2018: Guidelines for Collecting, Reporting and Using Data on Innovation, 4th Edition, The Measurement of Scientific, Technological and Innovation Activities. Luxembourg: OECD Publishing. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1787/9789264304604-en. Acesso em: 10 ago. 2019.

OROPO. ORoPO - Open Register of Patent Ownership. [201?]. Disponível em:oropo.net. Acesso em: 15 ago. 2019.

TERUYA, D. Y.; LIMA, A. A. de; WINTER, E. Papel da propriedade intelectual no processo inovativo. In: PROENÇA, A. et al. (org.). Gestão da inovação e competitividade no Brasil. Porto Alegre: Bookman. 2015. p. 57-69.

TESLA. All Our Patent Are Belong To You. 2014. Disponível em: https://www.tesla.com/blog/all-our-patent-are-belong-you. Acesso em: 31 jul. 2019.

ZIEGLER, N.; GASSMANN, O.; FRIESKE, S. Why do firms give away their patents for free? World Patent Information, v. 37, p. 19-25, jun. 2014. Disponível em: https://www-sciencedirect.ez9.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0172219013001592. Acesso em: 31 out. 2019.

Downloads

Publicado

2019-12-28

Como Citar

Uchôa, S. B. B., & Uchôa, B. B. (2019). PATENT PLEDGE - Os Compromissos de Patente: análise jurídica e tecnológica. Cadernos De Prospecção, 12(4), 810. https://doi.org/10.9771/cp.v12i4.33177

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento