Desafios da Inovação e Transferência de Tecnologia no Ambiente Acadêmico: o caso da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i5%20Especial.33108

Resumo

A ex-presidente da República, Dilma Rousseff sancionou, em 11 de janeiro de 2016, a Lei n. 13.243/2016, após vários anos de tramitação no Congresso Nacional. Tal medida visava a alterar a legislação vigente no intuito de transpor gargalos burocráticos que inibiam o desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação. Nesse diapasão, o dispositivo legal alterou grande parte do arcabouço jurídico então vigente com o objetivo de alavancar, no País, o funcionamento eficaz da Tripla Hélice, tal como idealizada no modelo de (ETZKOWITZ, 2003). A lei sancionada pela então presidente tornou-se o Marco Legal da Inovação e Transferência de Tecnologia levando as instituições de ensino superior a implementar medidas em adequação ao novo modelo, tal qual ocorreu com a Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) ao publicar, em 24 de julho de 2018, a Resolução n. 25/2018, estabelecendo a Política de Inovação, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para o ambiente produtivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcell Coutinho Ribeiro, Universidade Federal do Amapá

Discente do PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGICA PARA INOVACÃO - PROFNIT

Antonio Augusto Costa Soares, Universidade Federal do Amapá

Discente do PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGICA PARA INOVACÃO - PROFNIT

Cláudio Márcio Campos de Mendonça, Universidade Federal do Amapá

Pós-Doutorado em Gestão, docente da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Vice-coordenador do Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para inovação - ProfNIT/UNIFAP.

Referências

BERNI, Jean Carlo Albiero et al. Interação universidade-empresa para a inovação e a transferência de tecnologia. Revista Gestão Universitária da América Latina – GUAL, Florianópolis, v. 8, n. 2, p. 258-277, maio, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/view/1983-4535.2015v8n2p258. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 13.243, de 11 de janeiro de 2016. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Lei/L13243.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 6.815, de 19 de agosto de 1980. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6815.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 8.666, de 21 de junho de 1993. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 12.462, de 4 de agosto de 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12462.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 8.745, de 9 de dezembro de 1993. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8745cons.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 8.958, de 20 de dezembro de 1994. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8958.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 8.010, de 29 de março de 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/1989_1994/L8010.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 8.032, de 12 de abril de 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8032.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

BRASIL. Lei n. 12.772, de 28 de dezembro de 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12772.htm. Acesso em: 17 jul. 2019.

CARVALHO FILHO, J. S. Manual de direito administrativo. 31. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Atlas, 2017.

CLOSS, L. et al. Intervenientes na transferência de tecnologia universidade-empresa: o caso PUCRS. Rev. Adm. Contemp., [S.l.], v. 16, n. 1, p. 59-78, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552012000100005&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 27 fev. 2014.

CYSNE, F. P. Transferência de Tecnologia entre a Universidade e a Indústria. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. 20, 2º semestre de 2005. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/download/1518.../315. Acesso em: 10 jun. 2014.

DIAS, Alexandre Aparecido; PORTO, Geciane Silveira. Gestão de transferência de tecnologia na inova Unicamp. Rev. Adm. Contemp., Curitiba, v. 17, n. 3, p. 263-284, jun. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552013000300002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 jul. 2019.

ETZKOWITZ, Henry; ZHOU, Chunyan. Hélice Tríplice: inovação e empreendedorismo universidade-indústria-governo. Estudos Avançados, São Paulo, v. 31, n. 90, p. 23-48, maio, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142017000200023&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 jul. 2019.

ETZKOWITZ, Henry. Innovation in Innovation: The Triple Helix of University-Industry-Government Relations. Social Science Information, [S.l.], v. 42, n. 3, p. 293-337, 2003.

ETZKOWITZ, H.; LEYDESDORFF, L. The dynamics of innovation: from national systems and “Mode 2” to a Triple Helix of university-industry-government relations. Research Policy, v. 29, p. 109-123, 2000.

FORTEC – FÓRUM NACIONAL DE GESTORES DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA. [2016]. Disponível em: http:// www.fortec-br.org/. Acesso em: 5 jul. 2019.

GOMES, Magno Federici. Avaliação e natureza administrativa das instituições de ensino superior. Ensaio: Aval. Pol. Púb. Educ., Rio de Janeiro, v. 18, n. 68, p. 589-610, set. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362010000300010&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 jul. 2019.

IPIRANGA, A. S. R.; ALMEIDA, P. C. H. O Tipo de Pesquisa e a Cooperação Universidade, Empresa e Governo: uma análise na rede nordeste de biotecnologia. Revista O&S, Salvador, v. 19, n. 60, janeiro/março, 2012.

MAEHLER, A. E.; CASSANEGO JÚNIOR, P. V.; SCHUCH JÚNIOR, V. F. A universidade e o desenvolvimento de empresas de base tecnológica. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da UNISINOS, [S.l.], v. 6, n. 1, art. 3, p. 27-36, 2009.

MATIAS-PEREIRA, José; KRUGLIANSKAS, Isak. Gestão de inovação: a lei de inovação tecnológica como ferramenta de apoio às políticas industrial e tecnológica do Brasil. RAE Electrônica, São Paulo, v. 4, n. 2, dez., 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-56482005000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 1º jul. 2019.

NAZARENO, Claudio. As mudanças promovidas pela Lei n. 13.243, de 11 de janeiro de 2016 (novo marco legal de ciência, tecnologia e inovação) e seus impactos no setor. Julho de 2016. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/estudos-e-notas-tecnicas/publicacoes-da-consultoria-legislativa/areas-da-conle/tema11/2016_7581_mudancas-promovidas-pela-lei-13-243-marco-legal-cti-claudio-nazareno. Acesso em: 17 jul. 2019.

NEGRI, F.; NEGRI, J. A.; LEMOS, M. B. Impactos do ADTEN e do FNDCT sobre o desempenho e os esforços tecnológicos das firmas industriais brasileiras. Revista Brasileira de Inovação, v. 8, n. 1, p. 211-254, 2009.

NOVELI, Márcio; SEGATTO, Andréa Paula. Processo de Cooperação Universidade-Empresa para a Inovação Tecnológica em um Parque Tecnológico: Evidências Empíricas e Proposição de um Modelo. Revista de Administração e Inovação, [S.l.], v. 9, n. 1, p .81-105, jan./mar., 2012. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/79251. Acesso em: 17 jul. 2019.

PIMENTEL, Luiz Otávio et al. Manual Básico de Acordos de Parceria de PD&I (Aspectos Jurídicos). Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010. Disponível em: http://www.fortec.org.br/documentos/MANUAL_BASICO_ACORDOS.pdf. Acesso em: 13 jul. 2019.

PIRES, E. A.; QUINTELLA, C. M. A. T. Política de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia nas Universidades: Uma Perspectiva do NIT da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Holos, [S.l.], v. 6, p. 178-195, 2015.

PUC-RS. Intervenientes na Transferência de Tecnologia Universidade-Empresa: o Caso PUCRS. [2019]. Disponível em: http://www.pucrs.br/estudenapucrs/transferencias/?gclid=EAIaIQobChMI54Lf2qnC4wIVihCRCh2rnQeWEAAYASAAEgLKtPD_BwE. Acesso em: 17 de jul. 2019.

QUINTELLA, C. M.; TORRES, E. A. Transferência de Tecnologia. In: RUSSO, S. L.; SILVA, G. F.; NUNES, M. A. S. N. Capacitação em Inovação Tecnológica para Empresários. 2. ed. São Cristóvão: Edufs, 2012. p. 247-256.

RAUEN, Cristiane Vianna. O novo marco legal da inovação no brasil: o que muda na relação ict-empresa. Radar, [S.l.], n. 43, fevereiro de 2016. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/radar/temas/regulacao/439-radar-n-43-o-novo-marco-legal-da-inovacao-no-brasil-o-que-muda-na-relacao-ict-empresa. Acesso em: 17 jul. 2019.

RÁDIO GREEN FM. Islândia lidera índice de desenvolvimento de tecnologia da informação e comunicação. [2019]. Disponível em: https://www.greenfm.com.br/noticias/islandia-lidera-o-indice-de-desenvolvimento-de-tecnologia-da-informacao-e-comunicacao/. Acesso em: 17 jul. 2019.

ROGERS, Everett M. Diffusion of innovations. 5. ed. Nova York: Free Press, 2003.

SANTANA, E.; PORTO, G. E agora, o que fazer com essa tecnologia? Um estudo multicaso sobre as possibilidades de transferência de tecnologia na USP-RP. Revista de Administração Contemporânea, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 410-429, 2009. Disponível em: http://www.scielo. br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552009000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 27 fev. 2014.

SEGATTO-MENDES, Andréa Paula; MENDES, Nathan. Cooperação tecnológica universidade-empresa para eficiência energética: um estudo de caso. Rev. Adm. Contemp., Curitiba, v. 10, Número Especial, p. 53-75, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-65552006000500004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 jul. 2019.

SILVA, L. C. S.; KOVALESKI, J. L.; GAIA, S. Gestão do Conhecimento Organizacional visando à Transferência de Tecnologia: os desafios enfrentados pelo NIT da Universidade Estadual de Santa Cruz. Revista Produção Online, [S.l.], v. 13, p. 677-702, 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ. NITT-UNIFAP. Relatório de Gestão biênio 2016/2018. [2018a]. Disponível em: https://www2.unifap.br/nitt/files/2018/08/Relat%c3%b3rio-NITT-2018.pdf. Acesso em: 17 jul. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ. Resolução 025/2018– CONSU/UNIFAP, de 24 de julho de 2018. Estabelece as diretrizes da Política Institucional de Inovação, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia da UNIFAP, e dá outras providências. [2018b]. Disponível em: https://www2.unifap.br/consu/files/2018/08/Resolu%c3%a7%c3%a3o-n%c2%ba-25-2018-Aprova-a-Pol%c3%adtica-de-Inova%c3%a7%c3%a3o-Propriedade-Intelectual-e-Transfer%c3%aancia-de-Tecnologia.pdf. Acesso em: 17 jul. 2019.

WIPO – WORLD INTELLECTUAL PROPERTY INDICATORS. [2013]. Disponível em: https://www.wipo.int/edocs/pubdocs/en/intproperty/941/wipo_pub_941_2013.pdf. Acesso em: 17 jul. 2019.

Downloads

Publicado

2020-03-02

Como Citar

Ribeiro, M. C., Costa Soares, A. A., & Mendonça, C. M. C. de. (2020). Desafios da Inovação e Transferência de Tecnologia no Ambiente Acadêmico: o caso da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Cadernos De Prospecção, 12(5 Especial), 1040. https://doi.org/10.9771/cp.v12i5 Especial.33108

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento