Marca e Relacionamento como Evidência de Inovação de Marketing pelas Empresas do Segmento de Panificação em Teresina – PI

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i5%20Especial.32774

Resumo

A presente pesquisa busca identificar a presença da Inovação de Marketing nas Micro e Pequenas Empresas (MPEs) do segmento de Panificação em Teresina-PI. A gestão da Inovação de Marketing nos negócios por meio da relação entre as Dimensões “Marca” e “Relacionamento” pelas empresas aos seus clientes é objeto de estudo deste artigo, no intuito de identificar as principais estratégias utilizadas pelas MPEs no mercado, coletar informações do posicionamento adotado pelas MPEs quanto à utilização da Inovação de Marketing e evidenciar a relação entre “Marca” e “Relacionamento” pelas MPEs através das ações implementadas. A metodologia utilizada nesta pesquisa é a quantitativa, considerando também as análises das observações e as interações do pesquisador ao longo do processo de atendimento. Os resultados da pesquisa permitiram reconhecer um maior envolvimento das MPEs para ações representadas na dimensão “Marca”, confirmando evidências de Inovação de Marketing para o segmento de Panificação em Teresina-PI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreia Pereira de Oliveira, Universidade Federal do Piauí

Mestranda em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia Para Inovação (PROFNIT) - Universidade Federal do Piauí (UFPI), Graduação em Ciências Contábeis (FAP) e Especialização em Gestão e Contabilidade (CESVALE), e-mail: dreias@live.com

Helano Diógenes Pinheiro, Universidade Estadual do Piauí e Profnit/PI

Graduação e Mestrado em Administração (UECE), Doutor em Administração (UFRN). Professor do curso de Administração da UESPI e do Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia Para Inovação (PROFNIT) – E-mail: helanodp22@outlook.com.br

Referências

ABIP. Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria. Indicadores da Panificação e Confeitaria 2018. Disponível em: http://www.agenciazaga.com/INDICADORES-DA-PANIFICAÇÃO-E-CONFEITARIA%20BRASILEIRA%202018.pdf. Acesso em: 18 fev. 2019.

BACHMANN & ASSOCIADOS. Atualização dos formulários para a determinação do Radar da Inovação do Programa ALI: Relatório Técnico. Curitiba, 2014.

BESSANT, John; TIDD, Joe. Inovação e Empreendedorismo. Trad. Elizamari Rodrigues Becker, Gabriela Perizzolo, Patrícia Lessa Flores da Cunha. Porto Alegre: Bookman, 2009.

CRESWELL, John W.; CLARK, Vicki L. Plano. Pesquisa de Métodos Mistos. 2. ed. São Paulo: Penso, 2013.

DAVILA, Tony; EPSTEIN, Marc J.; SHELTON, Robert. As Regras da Inovação. Porto Alegre: Bookman, 2007.

INPI. Instituto Nacional de Propriedade Industrial. A Criação de Uma Marca: uma introdução às marcas de produtos e serviços para as pequenas e médias empresas. Rio de Janeiro: 2013. Disponível em: www.inpi.gov.br/sobre/arquivos/01_cartilhamarcas_21_01_2014_0.pdf. Acesso em: 23 set. 2018.

KOTLER, P.; KARTAJAYA, H.; SETIAWAN, I. Marketing 4.0. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de Marketing. 15. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

MPE BRASIL. Prêmio de Competitividade Para Micro e Pequenas Empresas – Questionário de Auto Avaliação Ciclo 2015. Sebrae, 2015. Disponível em: http://www.diagnosticodagestao.sebrae.com.br/login. Acesso em: 28 fev. 2019.

NICOLSKY, R. Os desafios para transformar conhecimento em valor econômico. SBPC/ Labjor. 2001. Disponível em: http://www.comciencia.br/dossies-1-72/reportagens/cientec/cientec12.htm. Acesso em: 25 nov. 2018.

OCDE. Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Manual de Oslo: Diretrizes para Coleta e Interpretação de Dados sobre Inovação. 3. Ed. Brasília: Finep, 2005.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Agentes Locais de Inovação: Receba o Sebrae na Sua Empresa. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/Programas/agentes-locais-de-inovacao-receba-o-sebrae-na-sua-empresa,8f51d53342603410VgnVCM100000b272010aRCRD. Acesso em: 23 set. 2018.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Projeto de Fortalecimento e Oportunidades para Micro e Pequenas Empresas do Setor de Panificação, Biscoitos e Confeitaria. Sebrae/ABIP, 2009. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/um-estudo-sobre-panificacao-biscoitos-e-confeitaria,7084ee1e19042510VgnVCM1000004c00210aRCRD. Acesso em: 17 fev. 2019.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Micro e pequenas empresas geram 27% do PIB do Brasil. Mato Grosso: Sebrae, 2014. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mt/noticias/micro-e-pequenas-empresas-geram-27-do-pib-do-brasil,ad0fc70646467410VgnVCM2000003c74010aRCRD. Acesso em: 23 set. 2018.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia do Brasil. Unidade de Gestão Estratégica – UGE: Sebrae, 2014.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira – Relatório Executivo. Brasília: Sebrae, 2015. Disponível em: http://datasebrae.com.br/wp-content/uploads/2017/12/Relatório-Executivo-MPE-no-PIB.pdf. Acesso em: 23 set. 2018.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Sobrevivência das Empresas no Brasil; Brasília: Sebrae, 2016. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/sobrevivencia-das-empresas-no-brasil-102016.pdf. Acesso em: 23 set. 2018.

SCHUMPETER, J. A. A teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

SHIRAISHI, Guilerme de Farias. Estratégias da Empresa e as Estruturas de Marketing. São Paulo, 2009. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-17122009-165843/pt-br.php. Acesso em: 22 dez. 2018.

SILVA, C.; PAULA, V.; PAULA, V. Marcas Inovadoras: Como os Consumidores Percebem a Inovação. Revista Brasileira de Marketing, [S.l.], v. 6, n. 1, 2017.

TIDD, Joe; BESSANT, John; PAVITT, Keith. Gestão da Inovação. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TIDD, Joe; BESSANT, John. Administração: Gestão da Inovação. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Downloads

Publicado

2020-03-02

Como Citar

Oliveira, A. P. de, & Pinheiro, H. D. (2020). Marca e Relacionamento como Evidência de Inovação de Marketing pelas Empresas do Segmento de Panificação em Teresina – PI. Cadernos De Prospecção, 12(5 Especial), 1096. https://doi.org/10.9771/cp.v12i5 Especial.32774

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento