Comparação entre o Método “Tira” de Transferência de Tecnologia e a Gestão dessa Transferência Realizada nas Universidades USP e UNICAMP

Autores

  • Luis Wagner Santos Domingos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil http://orcid.org/0000-0002-9886-3271
  • Luis André Santos Domingos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil http://orcid.org/0000-0002-6297-245X
  • Rômulo Garcia Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil http://orcid.org/0000-0003-3436-1819
  • Socorro Ribeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil http://orcid.org/0000-0002-6300-643X

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i5.27310

Palavras-chave:

Transferência de Tecnologia, Método TIRA, Cooperação Universidade Empresa.

Resumo

A Transferência de Tecnologia (TT) é uma das maneiras de disseminação da ciência e da tecnologia produzidas no meio acadêmico para o ambiente produtivo, gerando inovação tecnológica. O processo da transferência tecnológica pode ocorrer de diversas formas, como a transferência pura do conhecimento, assim como a transferência de informações, processos, funções, implementações e até mesmo com a criação de novas empresas. Diante do cenário brasileiro, com alta quantidade de publicações científicas e baixa quantidade de pedido de patentes, foi proposto um método para Transferência de Tecnologia em Instituições de Ensino Superior (IES), denominado “TIRA”, sigla em inglês para Technology, Insertion, Recipiente, Appreciation. Este artigo se propõe a analisar a Gestão de (TT) nas duas principais universidades do Brasil (USP e UNICAMP) e comparar esses cenários com os processos sugeridos pelo Método TIRA.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ETZKOWITZ, H. Hélice Tríplice: metáfora dos anos 90 descreve bem o mais sustentável modelo de sistema de inovação. Entrevista concedida a Luciano Valente. Revista Conhecimento e Inovação, Campinas, v. 6, n. 1, p. 1–4, 2010. Disponível em: <http://inovacao.scielo.br/pdf/cinov/v6n1/02.pdf>. Acesso em: 17 nov. 2017.

TRIPLE HELIX RESEARCH GROUP – BRASIL. Universidade Federal Fluminense (UFF). Blog da Tríplice Hélice. 2018. Disponível em: <http://www.triple-helix.uff.br>. Acesso em: 17 nov. 2017.

ARAÚJO, A. L. C. et al. Portfólios de PI: Método TIRA de Mentoria: PROSPECT&I, 7, Salvador, 2017.

MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO E COMUNICAÇÃO (MCTIC). Política de propriedade intelectual das instituições científicas e tecnológicas do Brasil: relatório FORMICT 2016. 2016. Disponível em: <http://www.mctic.gov.br/mctic/export/sites/institucional/tecnologia/propriedade_intelectual/arquivos/Relatorio-Formict-Ano-Base-2016.pdf>. Acesso em: 5 jul. 2018.

DIAS, A. A.; PORTO, G. S.; Gestão de Transferência de Tecnologia da Inova Unicamp. RAC, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 263–284, maio/jun. 2013.

DIAS, A. A.; PORTO, G. S.; Como a USP transfere tecnologia? Revista O&S, Salvador, cap. 7, n. 70, p. 489–507, 2014.

DIAS, A. A. Modelo de gestão de transferência tecnológica na USP e na Unicamp. 2011. 273 f. Dissertação (Mestrado em Administração e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.

GIL, Antônio Carlos. 1946 – Como elaborar projetos de pesquisa – Antônio Carlos Gil. 4. ed. São Paaulo: Atlas, 2002. p. 41–42.

SIEGEL, D. S.; VEUGELERS, R.; WRIGHT, M. Technology transfer offices and commercialization of university intellecutal property: performance and policy implications. Oxford Review of Economic Policy, USA, v. 23, n. 4, p. 640–660, 2007.

Downloads

Publicado

2018-12-10

Como Citar

Domingos, L. W. S., Domingos, L. A. S., Garcia, R., & Ribeiro, S. (2018). Comparação entre o Método “Tira” de Transferência de Tecnologia e a Gestão dessa Transferência Realizada nas Universidades USP e UNICAMP. Cadernos De Prospecção, 11(5), 1305. https://doi.org/10.9771/cp.v12i5.27310

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento