Prospecção Tecnológica sobre Métodos de Controle do Mosquito Aedes Aegypti

Autores

  • Sidnei Cerqueira dos Santos Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil
  • Lorena Carmem M. Paz Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil
  • Matheus Oliveira Assunção Lima Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i1.27249

Palavras-chave:

Aedes aegypti, Dengue, Controle

Resumo

O mosquito Aedes Aegypti tornou-se um grande problema de saúde pública em vários países, por ser o agente transmissor do vírus da Dengue, vírus Chikungunya, vírus da Zika. Como resultado dessa problemática, vários métodos químico, mecânico e biológico de controle do mosquito estão sendo desenvolvidos e protegidos na forma de patente. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é realizar o levantamento de dados tecnológicos para identificar os métodos de controle de Aedes Aegypti. A pesquisa foi realizada nos bancos de dados do Escritório Europeu de Patentes e do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O Brasil foi o maior depositante de patente sobre o tema da pesquisa. Os métodos químicos são os mais utilizados e estudados, mas os componentes químicos desses métodos apresentam riscos ao ambiente e à saúde pública. Os métodos biológicos e mecânicos são os mais indicados, porém, eles são difíceis de serem executados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sidnei Cerqueira dos Santos, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil

Faculdade de Biologia, Instituto de Estudos em Saúde e Biológicas; Microbiologia, Micologia, Biotecnologia

Lorena Carmem M. Paz, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil

Faculdade de Biologia, Instituto de Estudos em Saúde e Biológicas

Matheus Oliveira Assunção Lima, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Nova Marabá, PA, Brasil

Faculdade de Biologia, Instituto de Estudos em Saúde e Biológicas

Referências

BARRETO, C. F. Aedes Aegypti - Resistência aos inseticidas químicos e as novas alternativas de controle. Revista Eletrônica Faculdade Montes Belos, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 62-73, 2005.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de Vigilância Epidemiológica. 5. ed. Brasília, DF: FUNASA, 2002.

BRASIL. Ministério da Saúde. [Base de dados – Internet]. Controle de vetores. 2014. Disponível em: <http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/controle-de-vetores-inseticidas-e-larvicidas/controle-de-vetores>. Acesso em: 21 jul. 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. [Base de dados – Internet]. Febre chikungunya: manejo clínico. 2015. Disponível em: <http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2015/fevereiro/19/febre-de-chikungunya-manejo-clinico.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Relatório da reunião internacional para implementação de alternativas para o controle do Aedes Aegypti. Boletim Epidemiológico, [S.l.], v. 47, n. 15, p. 1-9, 2016.

FIOCRUZ – Instituto Oswaldo Cruz. [Base de dados – Internet]. Estratégias de controle do vetor. [2018]. Disponível em: <http://auladengue.ioc.fiocruz.br/?p=86>. Acesso em: 21 jul. 2018.

GOVERNO DE SANTA CATARINA. [Base de dados – Internet]. Dengue: orientações técnicas para pessoal de campo. 2015. Disponível em: <http://www.dive.sc.gov.br/conteudos/zoonoses/dengue/Manual%20Revisado%2005jan.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2016.

MOREIRA K. M.; MAGALHÃES, C. M. Aedes Aegypti na rede: uma análise da Dengue pelos sites do Ministério da Saúde. In: II CONINTER – CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES: Belo Horizonte. 2013. Anais... Belo Horizonte. 2013. Disponível em: <http://www.aninter.com.br/ANAIS%20II%20Coninter/artigos/605.pdf>. Acesso em: 28 abr. 2016.

Downloads

Publicado

2019-03-01

Como Citar

Santos, S. C. dos, Paz, L. C. M., & Lima, M. O. A. (2019). Prospecção Tecnológica sobre Métodos de Controle do Mosquito Aedes Aegypti. Cadernos De Prospecção, 12(1), 105. https://doi.org/10.9771/cp.v12i1.27249

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos