ENSINO NO CAMPO DE PÚBLICAS: o caso dos cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (EG/FJP)

Autores

  • Lindijane de Souza Bento Almeida Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Maria Isabel Araújo Rodrigues Fundação João Pinheiro
  • Raquel Maria da Costa Silveira Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.9771/ns.v9i17.31441

Palavras-chave:

Estratégias de ensino. Ensino multidisciplinar. Gestão de Políticas Públicas.

Resumo

No início dos anos 2000, o Governo Federal brasileiro elaborou e investiu em políticas e ações para ampliar o acesso ao Ensino Superior, gerando reflexos no ensino da Administração Pública. Foram criados cursos de graduação voltados para a formação de profissionais capacitados e com habilidades para propor planos, programas e projetos, elaborar diagnósticos e avaliar políticas públicas a partir de um ensino multidisciplinar. Uma dessas experiências, criada no contexto do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, é o bacharelado em Gestão de Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, iniciado em agosto de 2009. O objetivo deste artigo é analisar as estratégias de ensino e as inovações presentes no curso de Gestão de Políticas Públicas da UFRN, tendo como foco a disciplina de Ateliê de Gestão de Políticas Públicas VI ministrada em 2017.1 e analisar a experiência do curso de Administração Pública da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro. Para realizar a pesquisa, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com discentes que cursaram o componente curricular no referido semestre. Ao final, foi possível compreender que os alunos entrevistados consideram a inovação introduzida na disciplina de Ateliê de gestão de políticas públicas VI como positiva. Entretanto, diante da inserção do gestor público como um terceiro ator, além de discentes e docentes, apresentam sugestões para o aprimoramento da metodologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lindijane de Souza Bento Almeida, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Docente do Departamento de Políticas Públicas da UFRN. Doutora em Ciências Sociais (UFRN). Presidenta da Associação Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo de Públicas (ANEPCP).

Maria Isabel Araújo Rodrigues, Fundação João Pinheiro

Professora da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro, Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Raquel Maria da Costa Silveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutoranda em Ciências Sociais (UFRN). Mestre em Estudos Urbanos e Regionais (UFRN). Gestora de Políticas Públicas (UFRN). Advogada (UNIRN).

Downloads

Publicado

2018-10-30

Como Citar

Bento Almeida, L. de S., Rodrigues, M. I. A., & Silveira, R. M. da C. (2018). ENSINO NO CAMPO DE PÚBLICAS: o caso dos cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (EG/FJP). NAU Social, 9(17). https://doi.org/10.9771/ns.v9i17.31441