Gestão social e processos decisórios participativos: o caso da Cooperativa de Mulheres Maricultoras de Governador Celso Ramos (COLIMAR) – Brasil.

Autores

  • Karin Vieira da Silva Universidade de Lisboa
  • Luis Moretto Neto Professor Titular - Universidade Federal de Santa Catarina
  • Anderson Sasaki Vasques Pacheco Universidade de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.9771/ns.v8i14.31378

Palavras-chave:

Gestão Social, Participação, Tomada de decisão, Cooperativismo.

Resumo

A observação do cotidiano de organizações que emergiram da sociedade civil evidencia que não são raras as iniciativas que reproduzem em suas ações administrativas a lógica mercadológica. Acredita-se, todavia, que a lógica estratégica de mercado diverge da orientação pluralista e coletivista sobre as quais estas organizações estão fundadas. Surge, nesse âmbito, a atenção para alternativas de gestão que possam convergir com os propósitos das organizações de origem social, com orientação dialógica e participativa. Optou-se então, neste trabalho, pelo uso da gestão social como lente analítica para compreensão da participação dos atores organizacionais nos processos de tomada de decisão na Cooperativa de Mulheres Maricultoras de Governador Celso Ramos (COLIMAR), Santa Catarina, Brasil. Como base para pesquisa, utilizou-se o referencial teórico da gestão social, sobretudo por ser um modelo de administração democrático e participativo. Os procedimentos metodológicos são caracterizados como qualitativo, tipo estudo de caso, pesquisa aplicada e descritiva. A coleta de dados foi realizada através da análise documental, observação e entrevistas semiestruturadas. Para análise dos dados utilizou-se as técnicas de análise de conteúdo e documental. Concluiu-se que a COLIMAR apresenta fortes traços de gestão social e de cidadania deliberativa desde a sua origem até a forma como está atualmente estruturada. A participação dos membros da organização nos processos decisórios apresenta caráter deliberativo e consensual.

Biografia do Autor

Karin Vieira da Silva, Universidade de Lisboa

Doutora em Sociologia Econômica e das Organizações (2016) pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa. Graduada (2011) e Mestre (2013) em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina. Possui experiência em educação a distância, tendo atuado como tutora do curso de graduação em Administração a distância da Universidade Federal de Santa Catarina e participado do Projeto Aluno Integrado. Foi monitora das disciplinas de Teorias da Administração e Administração I, do curso de Administração da Universidade Federal de Santa Catarina. Colaborou com a Gerência de Planejamento da Santa Catarina Turismo (SANTUR). Áreas de interesse: Administração, sociologia econômica e das organizações, desenvolvimento local sustentável, educação a distância, gestão social e administração pública. É investigadora associada do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa e participa de projetos de pesquisa na Universidade Federal de Santa Catarina.

Luis Moretto Neto, Professor Titular - Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Engenharia de Produção, Mestrado em Geografia -Desenvolvimento Regional e Urbano pela Universidade Federal de Santa Catarina, Especialização em Administração Pública e Graduação em Administração. Cursou Programa Avançado para Formação de Dirigentes Públicos, em Portugal, em 2010, com duração de 530 horas. Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina (Aposentado). É Colaborador-voluntário do Programa de Pós-Graduação(Doutorado e Mestrado Acadêmico em Administração/UFSC). Membro da Comissão Assessora do ENADE, na área de Administração Pública, desde 2015. Exerceu funções executivas de Diretor de Operações, Planejamento e Presidente da Agência de Fomento de Turismo de Santa Catarina. Exerceu a função de Coordenador do Curso de Especialização em Administração Pública Municipal, junto a UFSC, no período de 09/2012 a 06/2015. Publicou 59 artigos em periódicos especializados e 63 trabalhos em anais de eventos. Produziu Guia do professor de Teoria das Organizações-PROFIAP /MEC/ UAB / CAPES/ ANDIFES. Produziu 33 Livros de Estudos em Administração -geral e pública, para Cursos na modalidade EaD/UFSC. Produziu 23 capítulos de livros, nas áreas de administração e de administração pública e 3 livros. Participou de 95 eventos na área de atuação profissional. Orientou 295 trabalhos de conclusão de curso de graduação, especialização e mestrado nas áreas de Administração, Administração Pública e Turismo. Atua nas áreas de Estudos Organizacionais e Administração Pública .

Anderson Sasaki Vasques Pacheco, Universidade de Lisboa

Doutor em Sociologia Econômica das Organizações pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) da Universidade de Lisboa (2016). Mestre em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração (CPGA) da Universidade Federal de Santa Catarina (2013). Graduação em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Tem experiência nas áreas de Inovação Tecnológica e Social, Gestão de Pessoas, Gestão Social e Estatística. Pesquisador no ISEG no grupo de Sociologia Econômica das Organizações - SOCIUS - da Universidade de Lisboa.

Downloads

Publicado

2017-05-30

Edição

Seção

Diários de Bordo