DE PARIS A RECIFE

CAMINHOS DA TRADUÇÃO DE PERSUASION, DE JANE AUSTEN, E CIRCULAÇÃO NO BRASIL OITOCENTISTA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i76.54079

Palavras-chave:

Século XIX; Tradução livre; Circulação; Jane Austen.

Resumo

Em seu estudo intitulado Circuitos e travessias: o caso de A família Elliot (2016), Sandra Vasconcelos afirma que Persuasion foi o único romance austeniano que circulou no Brasil Oitocentista; a obra, traduzida ao francês e ao português, teve o título transformado em A família Elliot, ou a inclinação antiga; em seguida, cruzou o Atlântico rumo ao Brasil e foi anunciada à venda no Rio de Janeiro. Este estudo, cujo objetivo é ampliar o conhecimento acerca da circulação da obra no país, evidencia que em anos anteriores o romance já circulava em um outro lugar. Essa busca foi possível rastreando o romance por meio de pesquisas na hemeroteca digital. Além disso, buscamos apontar um outro romance austeniano que aqui circulou alguns anos antes, em língua inglesa, e as primeiras menções a Jane Austen nos jornais do século XIX e início do século XX, bem como a primeira tradução brasileira de Orgulho e preconceito.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AUSTEN, Jane. A família Elliot, ou a inclinação antiga. Trad. do francês por M.P.C.C.d’A. Lisboa: Typographia Rollandiana, 1847.

______. Persuasão. Trad. Luiza Lobo. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2019.

______. Persuasion. London: Randon House, 2003.

BEAUVOIR, Simone de. O Segundo Sexo. 2v. Trad. Sérgio Milliet. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BRIÃO, Raquel Sallaberry. Issue 19: The First Brazilian Translation. Fonte: [https://janeaustenlf.org/pride-and-possibilities-articles/2017/8/26/issue-19-the-first-brazilian-translations] Acesso em 25/09/2022.

BRITTO, Paulo Henriques. A tradução literária. 5. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2022.

BURGESS, Antony. A literatura inglesa. Trad. Duda Machado. 2. ed. 6ª impressão. São Paulo: Editora Ática, 2005.

CARDOSO, Lúcio. Introdução. In. AUSTEN, Jane (org.). Orgulho e preconceito. Trad. Lúcio Cardoso. 8. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2022. p. 5-6.

FEDERICI, Silvia. Calibã e a bruxa: mulheres, corpo e acumulação primitiva. Trad. Coletivo Sycorax. São Paulo: Elefante, 2017.

GILBERT, S. M.; GUBAR, S. The Madwoman in the Attic: the woman writer and the nineteenth-century literary imagination. 2.. ed. New Haven: Yale University Press. Veritas paperback edition, 2020.

LACERDA, Danielle Christine Othon. As livrarias do Recife: estratégias comerciais dos livreiros na primeira metade do século XIX. In: ANPUH-Brasil - 31º Simpósio Nacional de História. Rio de Janeiro, 2021. Disponível em:

[https://www.snh2021.anpuh.org/resources/anais/8/snh2021/1628574730_ARQUIVO_ed78642a128a4e4be90c939521141ec9.pdf ]Acesso em 25/08/2022.

LOBO. Luiza. Introdução. In: AUSTEN, Jane (org.). Persuasão. Trad. Luiza Lobo. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2019. p. 5-12.

REEF. Catherine. Jane Austen: uma vida revelada. Trad. Kátia Hanna. Barueri, São Paulo: Novo Século Editora, 2014.

SANTOS, Tassiane Andreza Damião dos. O romance de sensação inglês no Brasil Oitocentista: Um estudo sobre Um Crime Misterioso de Mary Elizabeth Braddon. 2022. 138f. Dissertação (Mestrado em Letras Literatura). Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Pará, Belém.

SILVA, Alexander Meireles da. Literatura inglesa para brasileiros. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2006.

VASCONCELOS, Sandra Guardini Teixeira. Circuitos e Travessias: o caso da família Elliot. In: ABREU, Márcia (org.). Romances em Movimento: A Circulação Transatlântica dos Impressos (1789 – 1914). Capinas: Editora Unicamp, 2016. p. 135 – 157.

______. Uma escultura entalhada em marfim. In. AUSTEN, Jane (org.). Orgulho e preconceito. Trad. Carol Choivatto. Rio de Janeiro: Antofágica, 2021. p. 437-445.

WOLLSTONECRAFT, Mary. Reivindicação dos Direitos da Mulher. Edição comentada do clássico feminista. Trad. Ivânia Pocinho Motta. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2016.

Downloads

Publicado

2024-06-04

Como Citar

BALBINO GALENO, M. do C. DE PARIS A RECIFE: CAMINHOS DA TRADUÇÃO DE PERSUASION, DE JANE AUSTEN, E CIRCULAÇÃO NO BRASIL OITOCENTISTA. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 76, p. 261–285, 2024. DOI: 10.9771/ell.v0i76.54079. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/54079. Acesso em: 23 jul. 2024.