UMA ANÁLISE MULTIMODAL DE PÔSTERES DO SERIADO TELEVISIVO AMERICAN HORROR STORY

Autores

  • Victor Milani UFSM

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.i72.46482

Palavras-chave:

Análise Multimodal, Multimodalidade, Multiletramentos, Pôsteres

Resumo

O presente trabalho, uma análise de gênero multimodal, investiga os componentes verbais e visuais de pôsteres do seriado televisivo American Horror Story (AHS), a fim de compreender como esse gênero funciona e mantém sua finalidade social. O corpus consiste em três pôsteres de American Horror Story. Cada pôster do corpus representa uma das três primeiras temporadas do programa. A Gramática do Design Visual (KRESS; VAN LEEUWEN, 2006) foi utilizada como ferramenta analítica para a identificação de significados na linguagem visual. A linguagem verbal foi analisada por meio do reconhecimento de blocos de informações (SWALES, 1990). Os resultados mostraram que uma atmosfera misteriosa é construída pelos significados representativos e composicionais juntos. Por sua vez, os significados interativos são responsáveis pelos recursos atraentes e convidativos nos pôsteres para assistir ao seriado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, A. R. Vozes de julgamento como pontos de argumentação na produção escrita de alunos do Ensino Médio: abordagem sociodiscursiva e sociossemiótica. 2013. 194f. Dissertação. (Mestrado em Letras/ Estudos da Linguagem). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.

AHS WIKI. American Horror Story Wiki. Homepage. Available at: https://americanhorrorstory.fandom.com/wiki/American_Horror_Story. Accessed on March 1st, 2021.

BATEMAN, J. A. Multimodality and genre: a foundation for the systematic analysis of multimodal documents. London: Palgrave Macmillan, 2008.

CHAN, E. Integratin visual and verbal meaning in multimodal texts comprehension: towards a model of intermodal relations. In: DREYFUS, S.; HOOD, S.; STENGLIN, M. (Orgs). Semiotic margins: meaning in multimodalities. London and New York: Continuum International Publishing Group, 2011.

DALY, A.; UNSWORTH, L. Analysis and comprehension of multimodal texts. Australian journal of language and literacy, v. 34, n. 1, p. 61-80, 2011.

FERNANDES, C. R. P. Pôsteres de filmes infantis: um meio para praticar o letramento multimodal na escola. Entremeios [Revista de Estudos do Discurso, ISSN 2179-3514, on-line, www.entremeios.inf.br], Seção Estudos, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL), Universidade do Vale do Sapucaí (UNIVÁS), Pouso Alegre (MG), vol. 17, p. 145-162, jul. - dez. 2018.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, M. I. M. An introduction to functional grammar. 4. ed. Revised by Christian M.I.M. Matthiessen. London/New York: Routledge, 2014.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, M. I. M. An introduction to functional grammar. 3. ed. Revised by Christian M.I.M. Matthiessen. London: Arnold, 2004.

HARRISON, C. Visual social semiotics: understanding how still images make meaning. Technical Communication. v. 50, n. 1, p. 46-60, 2003.

JEWITT, C. (ed.) Handbook of Multimodal Analysis. London: RoutledgeFalmer, 2009.

KRESS, G. Multimodality: a social semiotic approach to contemporary communication. London: Routledge, 2010.

KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. Reading images: the grammar of visual design. London: Routledge, 2006.

KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. Reading images: the grammar of visual design. London: Routledge, 1996.

LEANDRO, J. I. P. Multimodalidades e leitura de cartazes de filmes. In: GOMES, C. M; REIS, M. S.; MARIANO, M. R. C. P. (Orgs.) Práticas de Ensino de Língua Portuguesa e Leitura Literária. Aracaju: Criação Editora, 2018.

MACEDO, M. M. Semiótica plástica na análise de cartazes de cinema – metaforização de estigmas sociais em cartazes de filmes brasileiros. Trabalho de conclusão de graduação em Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, 2008.

MAGALHAES, C. E. A. Cartazes de filmes: um exercício de letramento visual. Pesquisas em discurso pedagógico (online), Rio de Janeiro, 1, 1-24, 2013. Disponível em http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/21811/21811. Acessado em 20 de fevereiro de 2021.

MARTINEC, R; SALWAY, A. A system for image-text relations in new (and old) media. Visual Communication. v. 4, n. 3, p. 337-371, 2005.

MILANI, V. Relações Intersemióticas em Artigos Audiovisuais de Protocolo de Pesquisa de Biologia. 2018. 154f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2018.

MILANI, V. Relações Intersemióticas em Protocolos de Pesquisa de Biologia. In: PAIVA, F. J. O.; LIMA, A. M. P. (Orgs.) Pesquisas em análise do discurso, multimodalidade & ensino: debates teóricos e metodológicos. Volume 1. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020.

MORAES, A. S. O que está em cartaz? Os elementos visuais no gênero pôster de filme. Em: MORAES, A. et. al. Sintaxe em Foco (e-book). Recife: PPGL/UFPE, 2012. p. 317-342.

MOTTA-ROTH, D. Análise crítica de gêneros: contribuições para o ensino e a pesquisa de linguagem. DELTA, v. 24, p. 341-383, 2008.

MOTTA-ROTH, D.; HENDGES, G. R. Explorando modalidades retóricas sob a perspectiva da multimodalidade. Letras, Santa Maria, v. 20, n. 40, p. 43-66, 2010.

MOTTA-ROTH, D.; HEBERLE, V. M. A short cartography of genre studies in Brazil. Journal of English for Academic Purposes, v. 19, p. 22-31, 2015.

NASCIMENTO, R. G.; BEZERRA, F.; HEBERLE, V. M. Multiletramentos: iniciação à análise de imagens. Linguagem & Ensino, v. 14, n. 2, p. 529-552, jul./dez. 2011.

ROJO, R. Pedagogia dos multiletramentos: diversidade cultural e de linguagens na escola. In: ROJO, R.; MOURA, E. (Orgs.) Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

ROYCE, T. Synergy on the page: exploring intersemiotic complementarity in page-based multimodal text. JASFL Occasional Papers, v. 1, p. 25-49, 1998.

ROYCE, T. Multimodality in the TESOL classroom: exploring visual-verbal synergy. TESOL Quarterly, v. 36, p. 191-205, 2002.

ROYCE, T. Intersemiotic complementarity: a framework for multimodal discourse analysis. In: ROYCE, T. D.; BOWCHER, W. L. New directions in the analysis of multimodal discourse. New Jersey: Lawrence Erlbaun Associates, p. 63-109, 2007.

ROYCE, T. Intersemiotic complementarity in legal cartoons: an ideational multimodal analysis. International journal for the semiotics of law - Revue internationale de sémiotique juridique, v, 28, n. 4, p. 719-744, 2015.

SWALES, J. M. Genre analysis: English in academic and research settings. Cambridge University Press, 1990.

TEIXEIRA, L. Achados e Perdidos: Análise semiótica de cartazes de cinema. In: Lara, G. M. P.; Machado, I. L. & Emediato, W. (Orgs.) Análises do discurso hoje. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.

TERRES, M. L.; TORRES, M. C.; HEBERLE, V. M. The Visual Representation of Mature Women on the Posters of the Netflix Series “Grace and Frankie”. Trab. Linguist. Apl., Campinas, v. 59, n. 3, p. 2309-2329, Sept. 2020.

THE NEW LONDON GROUP. A pedagogy of multiliteracies: designing social futures. The harvard educational review, v. 1, n. 66, p. 60-92, 1996.

UNSWORTH, L.; CHAN, E. Assessing integrative reading of images and text in group reading comprehension tests. Curriculum Perspectives, v. 28, v. 3, p. 71–76, 2008.

UNSWORTH, L.; CLÉIRIGH, C. Multimodality and reading: the construction of meaning through image-text relation. In: JEWITT, C. (Ed.). The Routledge handbook of multimodal analysis, London, UK: Routledge, p. 151-163, 2009.

WEILL, A. Graphics: A century of poster and advertising design. London: Thames & Hudson, 2004.

Downloads

Publicado

2022-05-10

Como Citar

MILANI, V. G. UMA ANÁLISE MULTIMODAL DE PÔSTERES DO SERIADO TELEVISIVO AMERICAN HORROR STORY. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 72, p. 45–75, 2022. DOI: 10.9771/ell.i72.46482. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/46482. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES