ADÃO E EVA, DE TANIA FAILLACE, E A REVISÃO DO PATRIARCADO

Autores

  • Leonardo Lopes Santos Universidade Federal da Grande Dourados
  • Alexandra Santos Pinheiro Universidade Federal da Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.i70.43905

Palavras-chave:

Tania Jamardo Faillace, Patriarcado, Literatura e relações de gênero

Resumo

O presente artigo busca explorar as relações do estabelecimento conceitual do patriarcado e as relações do feminismo e do feminino na obra da escritora Tania Jamardo Faillace, mais especificamente na novela Adão e Eva. No processo de análise, elencamos paralelos entre a tradição cultural e religiosa, seus contrastes e convergências com o texto faillaciano e a antropogonia judaico-cristã. O mote deste trabalho é a amostragem dessas ideias abordadas pela autora em seu segundo livro, bem como propiciar uma abertura para a compreensão de conceitos comuns ao pensamento crítico do patriarcado, ainda oblíquo na sociedade contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandra Santos Pinheiro, Universidade Federal da Grande Dourados

Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999), mestra em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002), doutora em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (2007) e pós doutora pela Univerisdad de Jaén (2012-2013). É professora associada da UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados, onde atua como professora da graduação e do Programa de Pós Graduação em Letras. Suas pesquisas e publicações estão voltadas, principalmente, aos temas: Literatura e gênero; História da Leitura e Ensino da Literatura. Líder do grupo de pesquisa NÚCLEO DE ESTUDOS LITERÁRIOS E CULTURAIS - Da UFGD, e participada do grupo POÉTICAS DO IMAGINÁRIO E MEMÓRIA- UNIOESTE. Quanto aos trabalhos de extensão, atua na Formação Continuada de Professores, com ênfase no Letramento Literário.

Referências

ALMEIDA, Suely; SAFFIOTI, Heleieth. Violência de gênero: Poder e impotência. Rio de Janeiro, RJ – Brasil: Revinter Ltda. 1995.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo. Traducao Sérgio Milliet. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 2012. Rio de Janeiro, RJ – Brasil: Editora Bertrand Brasil Ltda. 1998.

FAILLACE, Tania. Adão e Eva. Porto Alegre, RS – Brasil: Editora Globo S. A. 1965.

LA BOÉTIE, Étienne de. Discurso da servidão voluntária. São Paulo, SP – Brasil: Editora brasiliense, 1982.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia: ou Helenismo e Pessimismo. 2007 São Paulo, SP - Brasil: Editora Schwarcz S.A. 1872.

OLIVEIRA, Gabrielle de. O lugar e a voz de Tania Jamardo Faillace na literatura Sul-Rio-Grandense. Porto Alegre, RS – Brasil, 2018.

PATEMAN, Carole. O contrato sexual. Tradução Marta Avancini. – Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

POUND, Ezra. ABC da literatura. 2013 São Paulo, SP – Brasil: Editora Pensamento-Cultrix LTDA, 1970.

SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, Patriarcado, Violência. São Paulo, SP - Brasil: EDITORA FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO, 2004.

SCOTT, Joan. O Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade. Vol. 20(2), julho/dezembro 1995.

Downloads

Publicado

2021-12-11

Como Citar

SANTOS, L. L.; PINHEIRO, A. S. ADÃO E EVA, DE TANIA FAILLACE, E A REVISÃO DO PATRIARCADO. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 70, p. 359–375, 2021. DOI: 10.9771/ell.i70.43905. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/43905. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES