ATITUDES LINGUÍSTICAS AOS TRATAMENTOS O SENHOR/ A SENHORA E VOCÊ EM SALVADOR, BAHIA, BRASIL

Autores

  • Sandra Carneiro de Oliveira Universidade Federal da Bahia
  • Jacyra Andrade Mota Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i68.39024

Palavras-chave:

Atitudes linguísticas, Formas de tratamento, O senhor, a senhora, você.

Resumo

Apresenta-se estudo sobre atitudes linguísticas de soteropolitanos em relação às formas o senhor/ a senhora e você em Salvador, Bahia, Brasil, no trato geral, pelo pesquisador e entre pais e filhos. A metodologia empregada é descritivista e segue os pressupostos da Sociolinguística Interacional e da Sociolinguística Variacionista. Foram realizadas entrevistas com 49 soteropolitanos, com idades entre 11 e 88 anos. As atitudes observadas revelam a coexistência de sentidos opostos: Você é percebido como informal, íntimo e não hierárquico, enquanto o senhor/ a senhora demarca respeito, hierarquia, distanciamento. Predomina a preferência pelo você, de modo geral e pelo pesquisador, e de o senhor/a senhora pelos filhos. São fatores que orientam as escolhas das formas, sua manutenção, variação e mudança: os sujeitos da interação, as crenças e atitudes dos falantes, os contextos de interação, as convenções familiares, o (não)convívio entre gerações (pais, filhos, avós), gênero/sexo, gerações e fases da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Carneiro de Oliveira, Universidade Federal da Bahia

Sandra Carneiro de Oliveira. Doutora em Língua e Cultura pela Universidade Federal da Bahia (2014) e professora Adjunto da Faculdade de Educação da UFBA desde 2018, onde atua na área de Estágio Supervisionado em Língua Portuguesa. Foi professora do ensino básico, técnico e tecnológico, de nível superior em outras universidades públicas e da educação básica. A realização do doutorado em Língua e Cultura, sob a orientação da professora Jacyra Andrade Mota, significou a concretização de um projeto pessoal e profissional. Foi uma etapa fundamental de construção de conhecimentos, o que lhe possibilitou, inclusive, retornar para a instituição como docente. 

Jacyra Andrade Mota, Universidade Federal da Bahia

Jacyra Andrade Mota. Possui graduação em Letras pela Universidade Federal da Bahia (1961), mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia (1980) e doutorado em Letras Vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Professora concursada com a tese Vogais antes de acento em Ribeirópolis, Sergipe (UFBA, 1980). Co-autora do Livro das Aves (1965); do Atlas Lingüístico de Sergipe (1987); e do Atlas Linguístico do Brasil (2014). Professora Associada II da Universidade Federal da Bahia. Credenciada como Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLinC) através do Programa Especial de Participação de Professores Aposentados (PROPAP). Pesquisadora e bolsista de Produtividade I-B do CNPq, atua, principalmente, nas subáreas: Sociolinguística e Dialetologia, participando dos seguintes projetos: Atlas Linguístico do Brasil (Presidente do Comitê Nacional que o coordena, desde setembro de 2018) e NURC (integrante do grupo que o implantou em 1970). O processo de concessão do Título de Professor Emérito, proposto pelo Instituto de Letras da UFBA, em junho de 2017, encontra-se em andamento.

Downloads

Publicado

2021-05-28

Como Citar

Carneiro de Oliveira, S., & Andrade Mota, J. (2021). ATITUDES LINGUÍSTICAS AOS TRATAMENTOS O SENHOR/ A SENHORA E VOCÊ EM SALVADOR, BAHIA, BRASIL. Estudos Linguísticos E Literários, (68), 192–218. https://doi.org/10.9771/ell.v0i68.39024

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES