O lugar dos africanos na estatística brasileira do século XIX

Autores

  • Diego Nones Bissigo Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.9771/aa.v0i56.22098

Resumo

Ao longo do século XIX, o “lugar” dos africanos passou por transformações na sociedade brasileira, relacionadas, por exemplo, com as leis de repressão ao tráfico atlântico e com a crescente visão de “civilização” baseada em valores europeus. O objetivo deste texto é explorar como os africanos foram representados nas estatísticas produzidas no período. Entende-se “estatística” em seu sentido etimológico, como uma ciência aplicada pelos Estados nacionais para obter uma leitura sinóptica de seus recursos por meio da linguagem matemática. São analisados censos locais do período colonial, a proposta de recenseamento de 1852, o Censo da Corte de 1870 e, por fim, o Recenseamento Geral do Império, de 1872, observando-se, em cada um deles, como os critérios de classificação (especialmente de cor/raça, condição social e nacionalidade) estabeleceram “lugares” para o registro dos africanos no Brasil oitocentista.

Palavras-chave: africanos - estatística - Estado imperial brasileiro.

Abstract

The 19th century saw transformations in the “place” attributed to Africans within Brazilian society, such as thoserelated to the laws thatrepressed the Atlantic slave trade and the rising view of a “civilization” based on European values. The aim of this paper, therefore, is to explore how Africans were represented in the statistics produced during this period. “Statistics” are here understood by its etymological meaning, as a science applied by nation states to obtain a synoptic reading of its resources through mathematical language. The analysis includes local censuses from the colonial period, the proposed 1852 census, the Census of the Court (Rio de Janeiro, 1870), and the “General Census of 1872”, observing in each of these cases, how classification criteria (especially those of color/race, social condition and nationality) established “places” in which Africans could be registered in  19th century Brazil.

Keywords: Africans - statistics - Brazilian imperial state.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-03

Como Citar

BISSIGO, D. N. O lugar dos africanos na estatística brasileira do século XIX. Afro-Ásia, Salvador, n. 56, 2017. DOI: 10.9771/aa.v0i56.22098. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/afroasia/article/view/22098. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos