POR UM CONCEITO DE “DANÇAS POPULARES”

Autores

  • Rafael Guarato (UFG) Universidade Federal de Goiás

Palavras-chave:

Dança, Popular, Teoria

Resumo

Pensar e pesquisar dança se tornou ofício urgente no presente das universidades brasileiras, visando ofertar investigações dignas aos acadêmicos que crescem em volume. Em observância a esse cenário e a escassez de estudos acerca das danças populares, o presente texto se propõe a analisar a proposta investigativa de Graziela Rodrigues, nomeada como “Método B.P.I”, seus limites e contribuições; e lançar uma busca por um referencial conceitual à luz das ciências humanas, capaz de contemplar a complexidade das danças praticadas pelos populares.

Biografia do Autor

Rafael Guarato (UFG), Universidade Federal de Goiás

Doutorando em História Cultural pela Universidade Federal de Santa Catarina; professor do curso de Dança da Universidade Federal de Goiás (UFG) e pesquisador vinculado ao POPULIS (Núcleo de Pesquisa em Cultura Popular, Imagem e Som) da Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

2015-03-08

Edição

Seção

Artigos