Inovações Tecnológicas para Torrefação de Café: descobertas realizadas por meio de análise patentária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v14i4.37223

Palavras-chave:

Café, Torrefação, Patentes

Resumo

O presente estudo tem como objetivo caracterizar os 1.180 pedidos de patente para torrefação de café no mundo. Destacou-se numericamente as tecnologias que poderiam ser introduzidas na indústria brasileira. Os resultados demonstraram que o mundo possivelmente está num ciclo de crescimento das tecnologias para torrefação de café. Elas são predominantemente inovações de produtos, são depositadas prioritariamente em poucos países e majoritariamente por multinacionais. Como conclusão, o artigo demonstra que a prospecção patentária pode ser uma alternativa no avanço tecnológico da indústria brasileira e pode garantir a identificação das tecnologias de fronteira de diversos setores econômicos. Os resultados obtidos ainda apontaram a necessidade de a indústria brasileira de Torrefação e Moagem analisar as 173 patentes da fronteira do conhecimento que não foram depositadas no Brasil, o que pode demonstrar tecnologias competitivas e de grande valor de mercado. Além disso, sugere-se um acompanhamento dos líderes do mercado para reconhecer a trajetória tecnológica do setor.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Regina Lopes, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil

Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Claudia Raissa Tavares Romano, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil

Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Fernanda Salvador Alves, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil

Programa de Pós-Graduação em Administração e Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Victor Manoel Pelaez Alvarez, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil

Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Andrea Torres Barros Batinga de Mendonça, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil

Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Douglas Alves Santos, Instituto Nacional da Propriedade Industrial, Curitiba, PR, Brasil

Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação

Referências

ELIZABETH, M.; SOARES, S.; GOMES DE ARAÚJO, G. Bases de Dados de Patentes: uma análise a partir do portal de periódicos da CAPES Patent Databases: an analysis from CAPES journal portal. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 12, n. 5, Edição Especial, p. 1.500-1.515, 2019.

FRANÇA, R. Patente como fonte de informação tecnológica. Revista Perspectiva em Ciência da Informação, [s.l.], v. 2, n. 2, p. 235-64, 1997.

FREDERICO, S. Lógica das commodities, finanças e cafeicultura. Boletim Campineiro de Geografia, [s.l.], v. 3, n. 1, p. 97-116, 2013.

GALLOTTI, M. E. R.; PEREIRA, E.; PINHEIRO, V. Cápsula de Café: uma análise com base em teoria da inovação buscando agregar valor à balança comercial brasileira. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 10, n. 2, p. 137, 2017.

ICO – INTERNATIONAL COFFEE ORGANIZATION. Total production by all exporting countries. 2018a. Disponível em: http://www.ico.org/prices/po-production.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019.

ICO – INTERNATIONAL COFFEE ORGANIZATION. World coffee consumption. 2018b. Disponível em: http://www.ico.org/prices/new-consumption-table.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019

ICO – INTERNATIONAL COFFEE ORGANIZATION. Re-exports by selected importing countries. 2018c. Disponível em: http://www.ico.org/historical/1990%20onwards/PDF/2c- re-exports.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019

ICO – INTERNATIONAL COFFEE ORGANIZATION. Imports by selected importing countries. 2018d. Disponível em: http://www.ico.org/historical/1990%20onwards/PDF/2b- imports.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019

ICO – INTERNATIONAL COFFEE ORGANIZATION. Exports of all forms of coffee by all exporting countries. 2018e. Disponível em: http://www.ico.org/historical/1990%20onwards/PDF/2a-exports.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019

MAPA – MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Secretaria de Política Agrícola. Sumário Executivo Café. 2018. Disponível em: http:// www.agricultura.gov.br/assuntos/politica-agricola/todas-publicacoes-de-politicaagricola/sumarios-executivos-de-produtos-agricolas. Acesso em: 10 jan. 2019

PONCIANO, N. J.; SOUZA, P. M. D.; NEY, M. G. Ajustamentos na cadeia agroindustrial do café brasileiro após a desregulamentação. Revista IDeAS – Interface em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, [s.l.], v. 3, n. 2, p. 256-287, 2009.

TIDD, J.; BESSANT, J.; PAVITT, K. Gestão da inovação. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

VEGRO, C. et al. Restrições à Exportação de Café torrado e Moído. Organizações Rurais & Agroindustriais, [s.l.], v. 7, n. 2, p. 214-26, 2005.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Como Citar

Lopes, A. R., Romano, C. R. T., Alves, F. S., Alvarez, V. M. P., de Mendonça, A. T. B. B., & Santos, D. A. (2021). Inovações Tecnológicas para Torrefação de Café: descobertas realizadas por meio de análise patentária. Cadernos De Prospecção, 14(2), 589. https://doi.org/10.9771/cp.v14i4.37223

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos