Sistemas de Saúde e Economia da Saúde – Impactos Causados pela Covid-19

Autores

  • Alessandro Aveni Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - PROFNIT Mestrado Profissional em Rede Nacional para Núcleos de Inovação Tecnológica Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico - Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro - Edifício CDT Caixa Postal: 04397 | CEP: 70904-970 Telefone: +55 61 3107-4170 http://www.profnit.org.br/pt/sample-page/

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v13i2%20COVID-19.36091

Palavras-chave:

Covid-19, economia da saúde, falhas de mercado, planejamento e gestão de riscos

Resumo

A pandemia declarada no dia 11 de março de 2020 mostrou as fraquezas dos sistemas de saúde em caso de crise. Este trabalho relata como raízes do problema estes: a falta de respostas rápidas, as falhas de mercado na economia da saúde, a falta de planejamento, as previsões e a análise de risco. Observando-se os acontecimentos em todos os países, percebe-se que não houve medidas planejadas e de contingência, já que não estão sendo utilizadas todas as soluções disponíveis. Na discussão, aponta-se que, com as novas tecnologias, é possível mitigar os impactos para mudar o foco da assistência atual não somente na cura, mas na prevenção e com menores custos. As perspectivas futuras mostram que é possível mudar o foco da economia da saúde atual para uma economia de prevenção e de saúde pessoal, reduzindo riscos de pandemias futuras e seus impactos e, sobretudo, usando todas as novas tecnologias disponíveis para se voltar a viver.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandro Aveni, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - PROFNIT Mestrado Profissional em Rede Nacional para Núcleos de Inovação Tecnológica Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico - Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro - Edifício CDT Caixa Postal: 04397 | CEP: 70904-970 Telefone: +55 61 3107-4170 http://www.profnit.org.br/pt/sample-page/

Bacharel em Administração e Mestre em Geografia pela Universidade de Brasília-UnB, Doutor em Ciências Políticas pela Universidade Statale de Milano e em Administração pela Universidade Cormerciale Luigi Bocconi di Milano ambas na Itália. Possui também Especialização em Estratégia Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Foi Gerente de Desenvolvimento da Rede Comercial e de Planejamento e Controle na Royal Dutch Shell/Itália. Exerceu função como gerente de desenvolvimento da rede comercial, gerente de planejamento e controle na Royal Dutch Shell ,Responsável de Tecnologia da Informação em diversos projetos, sociedades de consultoria e bancos italianos. No Brasil, entre 2005 e 2017, atuou como Professor na UnB, nas modalidades presencial e a distânca, em Administração, com ênfase em: Análise de Sistemas, Orçamento, Finanças e Matemática Financeira) e por 5 anos no ensino a distância na UNB. Entre 2009 e 2010 lecionou na Universidade Estadual de Goiás – UEG, como Professor de Administração, com ênfase em: Administração Estratégica, Empreendedorismo e Responsabilidade Social, Gestão de Custos. Entre 2012 e 2014 foi estagiário e docente no departamento de Geografia UnB abordando os temas de política e geografia urbana, geografia econômica, geografia de transportes. Está em processo de conclusão do doutorado. Entre 2016 e 2018 Atuou como Professor de Gestão de projetos e Gestão do Terceiro setor no curso de Administração Pública da Faculdade Processus Campus II (nota 5 MEC) Foi pesquisador no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA em 2015 (Projeto: Rede Urbana do Brasil) Atualmente é Professor de Gestão do Terceiro setor da facultade Processus, de Empreendedorismo no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico – CDT/UnB, onde atua também no ensino de Graduação e Pós-Graduação no Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação – PPGPRONIT/UnB. Professor voluntário na Multincubadora do CDT onde participa de dois projetos de pesquisa. Ingressou em 2018 no Pód-Doc do Profnit com a pesquisa sobre Indicações Geográficas. È pesquisador do grupo Inovação e pesquisa em transportes - GIPT no CNPQ. http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=0240310NX9IPZB.

Referências

AKERLOF, G. A. The Market for Lemons: Quality Uncertainty and the Market Mechanism. Quarterly Journal of Economics, [S.l.], v. 84, n. 3, p. 488-500, 1970.

ARROW, K. J. The Organization of Economic Activity: Issues Pertinent to the Choice of Market versus Non-market Allocations. In: ARROW K. J. Analysis and Evaluation of Public Expenditures: The PPP System. Washington, D.C., Joint Economic Committee of Congress. 1969. PDF reprint as p. 1-16 (press +).

BARON, David P.; MYERSON, Roger B. Regulating a Monopolist with Unknown Costs. Econometrica. [S.l.], v. 50, n. 4, p. 911-930, 1982.

BUCHANAN, J. M.; STUBBLEBINE Wm. Craig Externality. Economica, [S.l.], v. 29, n. 116, p. 371-384, 1962.

BUCHANAN, J. M. The Achievement and the Limits of Public Choice in Diagnosing Government Failure and in Offering Bases for Constructive Reform. In: HANUSCH, Horst. (ed.). Anatomy of Government Deficiencies. Berlin: Springer-Verlag, 1983. p. 15-25.

COASE, Ronald. The Problem of Social Cost. Journal of Law and Economics, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 1-44, 1960.

COASE, Ronald. The Regulated Industries: Discussion. American Economic Review, [S.l.], v. 54, n. 2, p. 195, 1964.

GPMB – GLOBAL PREPAREDNESS MONITORING BOARD; WHO – WORLD HEALTH ORGANIZATION. A world at risk. Annual report on global preparedness for health emergencies. World Health Organization and World Bank Group. 2019.

HANSON, W. Smart medicine. How the changing role of doctors will revolutionize Health Care. Palgrave Macmillian. 2011.

EU – EUROPEAN UNION. State of Health in the EU Companion Report Luxembourg: Publications Office of the European Union, 2019. Disponível em: www.ec.europa.eu/health/state. Acesso em: 3 abr. 2020.

KHEMANI, R. S.; SHAPIRO, D. M. (compiled by) Glossary of Industrial Organisation Economics and Competition Law, commissioned by the Directorate for Financial, Fiscal and Enterprise Affairs. [S.l.]: OECD, 1993.

KRUGMAN, Paul; WELLS; Robin; MYATT, Anthony. Microeconomics. Canadian Edition. Worth Publishers, 2006. p. 160-162.

MANKIW, Nicholas. Principios de Economía (Principles of Economics). Santa Fe: Cengage Learning, 1998. p. 198-119.

OCDE – ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Os gastos com saúde continuam a crescer mais rápido que o crescimento econômico na maioria dos países da OCDE. 30 de junho de 2011. Disponível em: https://www.oecd.org/fr/els/systemessante/santelesdepensescontinuentdeprogresserplusrapidementquelacroissanceeconomiquedanslaplupartdespaysdelocde.htm. Acesso em: 3 abr. 2020.

OCDE – ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Health at a Glance 2019: OECD Indicators, OECD Publishing, Paris, [2019]. Disponível em: https://doi.org/10.1787/4dd50c09-en. Acesso em: 3 abr. 2020.

OLIVER, E. Williamson. The Lens of Contract: Private Ordering. American Economic Review, [S.l.], v. 92n. 2, p. 438-443, 2002.

PIGOU, Arthur C. The Economics of Welfare. London: Macmillan, 1920.

SAMUELSON, Paul A. Diagrammatic Exposition of a Theory of Public Expenditure. The Review of Economics and Statistics, [S.l.], v. 37, n. 4, p. 350-356, 1955.

SCHMITZ, Patrick W. On Monopolistic Licensing Strategies under Asymmetric Information (PDF). Journal of Economic Theory, [S.l.], v 106, n. 1, p. 177-189, 2002.

SLAWOMIRSKI, L.; AURAAEN, A.; KLAZINGA, N. The Economics of Patient safety. Strengthening a value-based approach to reducing patient harm at national level OECD. 2017.

SHERMAN, F. The economics of health and health care. 7th ed. Miron Stano: Sherman Folland, Allen C. Goodman, 2013. 625p.

SILVA, Angélica Baptista; MENDONÇA, Gisele Cruz de. A Indústria de Telessaúde como uma Oportunidade para o Desenvolvimento Econômico na Saúde Pública Brasileira. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 12, n. 5, p. 1.459-1.473, dez. 2019.

SPENCE, Michael. Job Market Signaling. The Quarterly Journal of Economics, [S.l.], v. 87, n. 3, p. 355-374, August, 1973.

STERN, Nicholas. Introduction. The Economics of Climate Change The Stern Review (PDF). Cambridge: Cambridge University Press, 2006.

STIGLER, George J. The Economics of Information. Journal of Political Economy, University of Chicago Press, v. 69, n. 3, p. 213-225, 1961.

STIGLITZ, Joseph E.; WEISS, Andrew. Credit rationing in markets with imperfect information. The American Economic Review, American Economic Association via JSTOR, v. 71, n. 3, p. 393-410, June, 1981.

STIGLITZ Joseph E. Markets, Market Failures, and Development. American Economic Review, [S.l.], v. 79, n. 2, p. 197-720, 1989a.

STIGLITZ, Joseph E. Principal and agent. In: EATWELL, John; MILGATE, Murray; NEWMAN, Peter K. (ed.). The New Palgrave: allocation, information, and markets. New York: Norton. 1989b.

STIGLITZ Joseph E. Regulation and Failure. In: MOSS, David; CISTERNINO, John (ed.), New Perspectives on Regulation. Cambridge: The Tobin Project, 2009. ch. 1, p. 11-23.

STIGLITZ, Joseph; FITOUSSI, Jean-Paul; Durand, Martine (19 November 2019). Measuring What Counts. The Global Movement for Well-Being (Paper ed.). New York: The New Press. [2019]. ISBN 978-1-62097-569-5. Retrieved 10 December 2019.

TIROLE, Jean. Some Economics of Global Warming. Rivista di Politica Economica, [S.l.], v. 98, n. 6, p. 9-42, 2008.

WEN, Chao Lung. Telemedicina e Telessaúde – Um panorama no Brasil. Informática Pública, [S.l.], ano 10, v. 2, p. 7-15, 2008.

WHO – WORLD HEALTH ORGANIZATION. World health statistics 2019: monitoring health for the SDGs, sustainable development goals. [S.l.]: World Health Organization 2019a.

WHO – WORLD HEALTH ORGANIZATION. Can people afford to pay for health care? New evidence on financial protection in Europe. [S.l.]: World Health Organization, 2019b. ISBN 978 92 890 5405 8.

WILLIAMSON, Oliver E. The Politics and Economics of Redistribution and Inefficiency. Greek Economic Review, December, 17, pp. 115-136, reprinted in Williamson (1996), The Mechanisms of Governance, Oxford University Press, ch. 8, pp. 195- 218. 1995.

Downloads

Publicado

2020-04-16

Como Citar

Aveni, A. (2020). Sistemas de Saúde e Economia da Saúde – Impactos Causados pela Covid-19. Cadernos De Prospecção, 13(2 COVID-19), 477. https://doi.org/10.9771/cp.v13i2 COVID-19.36091

Edição

Seção

Coronavirus (SARS-COV-2) e COVID-19