Prospecção Tecnológica do Lúpulo (Humulus lupulus L.) e suas Aplicações com Ênfase no Mercado Cervejeiro Brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v14i2.33059

Palavras-chave:

Lúpulo, Indústria Cervejeira, Prospecção Tecnológica.

Resumo

O lúpulo é o insumo utilizado na fabricação de cerveja responsável por aromas e pelo amargor da bebida. No Brasil, essa matéria-prima é importada quase que em sua totalidade. Essa planta, habituada a regiões de clima específico, está sendo cultivada em solo brasileiro e obtendo resultados promissores. Em função disso, o presente artigo buscou realizar uma prospecção tecnológica, por meio de uma metodologia qualitativa exploratória, sobre o que está sendo estudado e desenvolvido sobre lúpulo e sua utilização no processo cervejeiro nos últimos 20 anos. Sabe-se que, a partir do momento em que houver a comercialização de lúpulo nacional, novas tecnologias e processos serão necessários para sua manufatura. A pesquisa revelou uma tendência de países com maior produção de lúpulo ou cerveja a investirem mais em pesquisa e desenvolvimento no setor. Além do mais, foram identificados entraves para a inserção apropriada do lúpulo cultivado em território nacional para ser utilizado pelas cervejarias.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bernardo Pontes Guimarães, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil

Bacharel em Química Tecnológica (2017) pela Universidade de Brasília, Bacharel em andamento em Biotecnologia e Mestrando em Química (2020) na mesma instituição .

Rafael Benjamin Werneburg Evaristo, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil

Bacharel em Química Tecnológica pela Universidade de Brasília (2017). Mestre em Química pela Universidade de Brasília (2018). Doutorando em Química pela Universidade de Brasília.

Grace Ferreira Ghesti, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil

Bacharel em Química pela Universidade de Brasília (2004). Mestra em Química pela Universidade de Brasília (2006). Mestra pelo Programa de Mestrado Profissionalizante em Certified Brewmaster Course Versuchs- und Lehranstalt für Brauerei in Berlin, VLB, Alemanha (2008). Doutora em Química pela Universidade de Brasília (2009).

Referências

APROLÚPULO – ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DE LÚPULO. (Santa Catarina). Regiões Produtoras. 2020. Disponível em: http://aprolupulo.com.br/#regiões. Acesso em: 20 ago. 2020.

BERBERT, Susana. Conheça a produção de lúpulo brasileiro. Globo Rural, 27 de fevereiro de 2017. Disponível em: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/noticia/2017/02/conheca-producao-de-lupulo-brasileiro.html. Acesso em: 23 jan. 2019.

BOCQUET, L. et al. Humulus lupulus L., a very popular beer ingredient and medicinal plant: overview of its phytochemistry, its bioactivity, and its biotechnology. Phytochemistry Reviews, [s.l.], v. 17, n. 5, p. 1.047-1.090, jul. 2018. Springer Nature America, Inc. http://dx.doi.org/10.1007/s11101-018-9584-y.

BRASIL. Carlos Vitor Müller e Eduardo Fernandes Marcusso. Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal. Mapa Informa: as cervejarias continuam a crescer. Brasília, DF: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 2018. 4 p. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/inspecao/produtos-vegetal/pasta-publicacoes-DIPOV/as-cervejas-continuam-a-crescer-pdf.pdf. Acesso em: 30 jan. 2019.

CARVALHO, Naiara Barbosa et al. Characterization of the consumer market and motivations for the consumption of craft beer. British Food Journal, [s.l.], v. 120, n. 2, p. 378-391, fev. 2018. Emerald. http://dx.doi.org/10.1108/bfj-04-2017-0205.

CATTOOR, Ko et al. Metabolism of Hop-Derived Bitter Acids. Journal of Agricultural and Food Chemistry, [s.l.], v. 61, n. 33, p. 7.916-7.924, ago. 2013. American Chemical Society (ACS). http://dx.doi.org/10.1021/jf300018s.

CLARIVATE ANALYTICS. (EUA). Source publication list for web of science: science citation index expanded. 2017. Disponível em: http://mjl.clarivate.com/publist_sciex.pdf. Acesso em: 31 jan. 2019.

EUA – ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA. USDA – United States Department of Agriculture. National Hop Report. Washington DC: National Agricultural Statistics Service, 2018. 6 p. Disponível em: https://www.usahops.org/img/blog_pdf/158.pdf . Acesso em: 30 jan. 2019.

FERNANDES, Thiago Lara et al. Prospecção Tecnológica: uma Visão das Inovações e Perspectiva do Mercado Cervejeiro. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 10, n. 4, p. 580-595, dez. 2017. Universidade Federal da Bahia. https://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i4.23039.

FREITAS, Carlos Felipe. Banco do Brasil abre linha de crédito de R$ 600 milhões para cultivo de lúpulo no estado do Rio. 2019. Disponível em: https://catalisi.com.br/banco-do-brasil-abre-linha-de-credito-de-r-600-milhoes-para-cultivo-de-lupulo-no-estado-do-rio/. Acesso em 25 jul. 2019.

GUIMARÃES, Bernardo Pontes et al. Evaluation of maturation congeners in beer aged with Brazilian woods. Journal of Brewing and Distilling, [s.l.], v. 9, n. 1, p. 1-7, fev. 2020. Academic Journals.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Industrial Anual – Produto. [2020]. Disponível em: sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pia-produtos/quadros/brasil/2018. Acesso em: 20 ago. 2020.

IHGC – INTERNATIONAL HOP GROWERS' CONVENTION. (França). Economic Commission: Summary Reports. Paris: International Hop Growers' Convention, 2018. 55p. Disponível em: http://www.hmelj-giz.si/ihgc/doc/2018%20MAY%20IHGC%20EC%20Reports.pdf. Acesso em: 29 jan. 2019.

LIMA, Larisse Araújo et al. Sinopse do Cenário Cervejeiro: o advento da produção e o mercado na Região Centro-Oeste. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 10, n. 4, p. 650-664, dez. 2017. Universidade Federal da Bahia. http://dx.doi.org/10.9771/cp.v10i4.23041.

MAPA – MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Cultivarweb. [2020]. Disponível em: http://sistemas.agricultura.gov.br/snpc/cultivarweb/cultivares_registradas.php. Acesso em: 20 ago. 2020.

MARCUSSO, Eduardo Fernandes; MÜLLER, Carlos Vitor. A Economia e o Território do Lúpulo: a história, análise mercadológica e o desenvolvimento do lúpulo no Brasil e no mundo. Revista Latino-Americana da Cerveja, Blumenau, v. 2, n. 2, p. 1-20, 2019. Faculdade Épica.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA. Comex Stat – Exportação e Importação Geral. [2020]. Disponível em: http://comexstat.mdic.gov.br/pt/geral. Acesso em: 20 ago. 2020.

OLIVEIRA, Lincoln et al. Prospecção tecnológica da utilização de catalisadores sólidos ácidos carbonáceos produzidos por meio de tratamento termoquímico. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 11, n. 4, p. 1136-1149, dez. 2018. Universidade Federal da Bahia. http://dx.doi.org/10.9771/cp.v11i4.27182

ORBIT [Base de dados – Internet]. Questel Orbit Intelligence. [2020]. Disponível em: https://www.orbit.com. Acesso em 20 ago. 2020.

UDESC – UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Produtores de lúpulo criam associação brasileira com sede na UDESC Lages. 2018. Disponível em: https://www.udesc.br/noticia/produtores_de_lupulo_criam_associacao_brasileira_com_sede_na_udesc_lages. Acesso em: 31 jan. 2019.

VOLLMER, Daniel et al. Aroma extract dilution analysis of beers dry-hopped with Cascade, Chinook, and Centennial. Journal of the American Society of Brewing Chemists, [s.l.], v. 76, p. 190-198, set. 2018. http://dx.doi.org/10.1080/03610470.2018.1487746.

WEB OF SCIENCE. [Base de dados – Internet]. Coleção Principal (Thomson Reuters Scientific). [2020]. Disponível em: http://apps-webofknowledge.ez54.periodicos.capes.gov.br/WOS_GeneralSearch_input.do?product=WOS&search_mode=GeneralSearch&SID=1B5tqQhpLFnGGdto2AI&preferencesSaved=. Acesso em: 20 ago. 2020.

YAN, DanDan et al. Assessment of the phytochemical profiles of novel hop (Humulus lupulus L.) cultivars: A potential route to beer crafting. Food Chemistry, [s.l.], v. 275, p. 15-23, set. 2018. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.foodchem.2018.09.082.

Downloads

Publicado

2021-07-01

Como Citar

Guimarães, B. P., Evaristo, R. B. W., & Ghesti, G. F. (2021). Prospecção Tecnológica do Lúpulo (Humulus lupulus L.) e suas Aplicações com Ênfase no Mercado Cervejeiro Brasileiro. Cadernos De Prospecção, 14(3), 858. https://doi.org/10.9771/cp.v14i2.33059

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos