Tecnologias na Segurança Pública: prospecção sobre o uso de inteligências artificiais e outros dispositivos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v13i5.33058

Palavras-chave:

Segurança Pública. Internet das Coisas. RFID. Tecnologia.

Resumo

Este artigo realiza uma prospecção tecnológica sobre o uso de inteligências artificiais e Internet das Coisas direcionadas à sua aplicação na Segurança Pública, apresentando tendências que poderão aprimorar as informações e desenvolver os serviços prestados pelos agentes da segurança pública no Brasil. As tendências tecnológicas são demonstradas por meio de uma prospecção tecnológica nas bases patentárias Lens, Questel-Orbit e a Derwent Index Innovation. Foram reunidos os dados sobre patentes com pesquisas bibliográficas na área, podendo ser traçado um breve panorama das tendências sobre o uso de inteligências artificiais aliadas à Internet das Coisas (IoT), resultando em dispositivos de reconhecimento facial, sensores de disparo, identificação por rádio frequência e diversos serviços que podem ser diretamente relacionados à Segurança Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilson Ponciano de Lima, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT.

Mestrando do programa de Pós-Graduação: Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência Tecnológica para a Inovação da FORTEC / UFAL - PROFNIT(2016), Possui pós-graduação "Lato Sensu" ,em nível de especialização, em Automação Industrial e Controle de Processos pelo Centro Universitário CESMAC (2011), graduação em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Faculdade de Alagoas (2008). Coordenador e Representante da Olímpiada Brasileira de Robótica - OBR no estado de Alagoas (2017). Exerce a função de professor assistente I no curso de Engenharia Mecatrônica no Centro Universitário Tiradentes - UNIT-AL - Campus Maria Amélia Uchôa e é técnico em automação senior - SGS do Brasil na Unidade de Processamento de Gás Natural da Petrobras na cidade de Pilar - AL. Tem experiência na área de Eletro-eletrônica,Robótica, Instrumentação e Automação e Controle de Processos Industriais, Propriedade Intelectual, PD&I.

João Paulo Lima Santos, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Resumo da Biografia Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas (2005), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Atuou como Pesquisador no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (2009-2011). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Engenharia de Petróleo, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia de poço, métodos numéricos e propriedade industrial. É membro da Sociedade dos Engenheiros do Petróleo (SPE - Society of Petroleum Engineers).

Vinícius José Ferro Gomes, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT

Minibiografia: Graduado em Administração pela Universidade Estácio de Sá (2008). MBA em Gestão Financeira, Auditoria e Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas (2011). Mestrando em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação - PROFNIT / UFAL. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Financeira e Pública. Docente nos cursos tecnológicos, Engenharia Civil e Administração de Empresas na FAT- Faculdade de Tecnologia de Alagoas. Atua como consultor empresarial na área financeira, gestão pública em licitações e contratos administrativos, empreendedorismo e inovação.

Erivaldo Oliveira de Matos, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT

Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Alagoas (2013) - MBA em Finanças Corporativas, Auditoria e Controladoria (UNIT,2016) - Cursando Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT/UFAL) 

Francisco Medson Lima Maia, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT

Mestrando em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - PROFNIT (UFAL atual), com MBA em Gerenciamento de Projetos (UNIT 2015), Graduado em Sistema de Informação (IFAL 2012) e em Direito (UFC 1999) e Bacharelando em Administração Pública (IFAL atual) e Pós Graduando em Gerenciamento e Desenvolvimento Ágil de Software (IFAL atual).  Colaborou como Tutor de Ensino à Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP-MJ, nos cursos de Espanhol, Inglês e Investigação Criminal. Professor das disciplinas de Gestão Integrada de Segurança Pública, Prática Cartorária e Sistemas Informatizados Policiais no Curso de Formação de 2013 da Academia de Polícia Civil de Alagoas. Com ampla experiência na área de Investigação Policial, Gestão Pública, Direito Administrativo Disciplinar e Desenvolvimento de Softwares.

Luíz André da Silva Lima, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT

Mestrando na Universidade Federal de Alagoas(UFAL) no programa PROFNIT® (Programa de Pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação), Strictu sensu, dedicada ao aprimoramento da formação profissional para atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica(NITs) e nos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmicos, empresarial, governamental, de organizações sociais, entre outros. A UFAL é uma instituição de ensino superior e o curso de mestrado localiza-se no Campus A.C. Simões. Sou especialista em Automação Industrial e controle de processos (Curso realizado no CESMAC em 2011), ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO TECNOLOGIA INDUSTRIAL, SENAI CIMATE, MBA em consultoria empresarial no Senai - SC em 2009, pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho através do Unifal em 2012. MBA em projeto, execução e controle de Engenharia Elétrica pelo instituto de Pós-Graduação - IPOG Graduação em Maceió(2016), licenciatura no curso de especialização em formação de professores em Eletromecânica pelo Centro Federal de Educação Tecnologia(CEFET-AL) atualmente é nomeado como Instituto Federal de Alagoas(IFAL)) e GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA pelo Centro Universitário CESMAC (2010)

José Maurício Alencar Filho, Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL

Cursando 7º período de Engenharia Mecatrônica no Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL, com experiência em desenvolvimento de sistemas embarcados com ênfase em ecossistemas IoT e sistema de identificação com Tag RFID. No momento com interesses em P&D para as seguintes áreas: Sistemas Operacionais de Tempo Real (RTOS), Linux Embarcado, Processamento Digital de Sinais, Sistemas embarcados para indústria 4.0, Dispositivos e Sistemas Eletrônicos.

Wagner Gonçalves e Silva, Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL

Cursando 4º período de Engenharia Mecatrônica no Centro Universitário Tiradentes - UNIT/AL, com experiência na área de robótica móvel com enfâse no uso do ROS e do simulador VREP, domótica, sistemas de identificação utilizando RFID e desenvolvimento web/mobile.

Gesyca Patrícia da Silva Santos, Universidade Federal de Alagoas - UFAL/PROFNIT

Mestranda em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação - PROFNIT (UFAL atual), Bacharela em Geografia (2016) pelo Instituto de Geografia Desenvolvimento e Meio Ambiente (IGDEMA), pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) 

Referências

ABRAMOVAY, Pedro. Um pacto para vencer nossa maior tragédia desde a escravidão. Anuário Brasileiro de Segurança Pública, Fórum Brasileiro de Segurança Pública, São Paulo, ano 9, p. 20-21, 2015. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/produtos/anuario-brasileiro-de-seguranca-publica/9o-anuario-brasileiro-de-seguranca-publica. Acesso em: 22 dez. 2019.

ALINGER. Colaboração tática: desafios de usar IoT e IA na segurança pública. 2018. Disponível em: https://www.aliger.com.br/blog/colaboracao-tatica-desafios-de-usar-iot-e-ia-na-seguranca-publica/. Acesso em: 2 abr. 2019.

ANUÁRIO BRASILEIRO DE SEGURANÇA PÚBLICA. Fórum Brasileiro de Segurança Pública, São Paulo, ano 9, 2015. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/produtos/anuario-brasileiro-de-seguranca-publica/9o-anuario-brasileiro-de-seguranca-publica. Acesso em: 22 jun. 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

CHABERT, Jean Luc. A History of Algorithms: from the Pebble to the Microchip. Springer Verlag, 1999.

GLOVER, Bill; BHATT, Himanshu. Fundamentos de RFID. Rio de Janeiro: Alta Books, 2007.

HIEAUX, E. Big Data e Internet das coisas serão motores de uma nova economia. Junho de 2015. Disponível em: https://computerworld.com.br/2015/06/17/big-data-e-internet-das-coisas-serao-motores-de-uma-nova-economia/. Acesso em: 23 jun. 2018

INTERNATIONAL DATA CORPORATION. Previsão da IDC para o mercado de TIC no Brasil em 2016 aponta crescimento de 2,6%. 2016. Disponível em: http://br.idclatin.com/releases/news.aspx?id=1970. Acesso em: 26 mar. 2019.

KUPFER, D.; TIGRE, P. B. Modelo SENAI de prospecção: documento metodológico. Capítulo 2: prospecção tecnológica. In: ORGANIZACION INTERNACIONAL DEL TRABAJO CINTERFOR. Papeles de La Oficina Técnica. Montevideo: OIT/CINTERFOR, 2004. n. 14.

LEMOS, Ronaldo et al. Internet das Coisas e Segurança Pública. 2018. Disponível em: https://www.jota.info/opiniao-e-analise/artigos/internet-das-coisas-e-seguranca-publica-17042018. Acesso em: 24 maio 2018.

OLIVEIRA, André Henrique et al. Aplicações de Automação em IoT – Internet of Things. Revista Científica da FAEX, [S.l.], 2016.

STROTHER, Neil. Internet of Things. Navigant Research. 2016. Disponível em: https://www.navigantresearch.com/tag/internet-of-things. Acesso em: 22 maio 2018.

TAURION, Cezar. Big Data. São Paulo: Editora Brasport, 2013.

TOBAR, Felipe Salazar. Tendências criminais sul-americanas em perspectiva comparada. Revista Brasileira de Segurança Pública, São Paulo, 17. ed., Fórum Brasileiro de Segurança Pública, v. 9, n.2, p. 88-109, ago.-set. 2015. Disponível em: http://www.forumseguranca.org.br/produtos/revista-brasileira-de-seguranca-publica/17a-edicao. Acesso em: 24 maio 2018.

VELASCO, Rodrigo Guerrero. An Antidote to Murder: city leaders across the Americas are exploiting science to reduce homicide. Outubro de 2015. Disponível em: http://salud.univalle.edu.co/comunicandosalud/wp-content/uploads/2015/09/An-antidote-to-murder-Guerrero-Velasco-2015-1.pdf. Acesso em: 30 jun. 2018.

VERMA, N. et al. National Informatics Centre of India: E-government Tool Kit for Developing Countries. New Delhi: Unesco, Asia Pacific Regional Bureau for Communication and Information: National Informatics Centre, Dept. of Information Technology, Govt. of India, 2005. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/00. Acesso em: 24 maio 2018.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Como Citar

de Lima, E. P., Lima Santos, J. P., Ferro Gomes, V. J., de Matos, E. O., Lima Maia, F. M., da Silva Lima, L. A., Alencar Filho, J. M., e Silva, W. G., & da Silva Santos, G. P. (2020). Tecnologias na Segurança Pública: prospecção sobre o uso de inteligências artificiais e outros dispositivos. Cadernos De Prospecção, 13(5), 1367. https://doi.org/10.9771/cp.v13i5.33058

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos