Estudo Prospectivo e Tecnológico do Trigo Sarraceno (Fagopyrum esculentum) com Ênfase na produção de Cerveja

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v12i5%20Especial.32961

Palavras-chave:

Trigo Sarraceno. Cerveja sem Glúten. Tecnologia de Fabricação de Cerveja.

Resumo

O trigo sarraceno é um pseudocereal amplamente empregado na indústria alimentícia, tendo em vista características que lhe conferem especificidades interessantes: não possui glúten, é rico em polifenóis de interesse farmacológico e tem cultivo facilitado e eficiente. O cultivo do grão é explorado em diversas partes do mundo, tendo grande interesse para o mercado de exportação brasileira. Seu uso para produção de cerveja demonstra a versatilidade de aplicações desse insumo, podendo ainda agregar propriedades especiais ao produto final. Diante disso, o trabalho foi realizado em duas vertentes de investigação, a pesquisa por patentes e por artigos científicos, a fim de explorar a produção de tecnologias e trabalhos acadêmicos relacionados ao trigo sarraceno, em especial para produção de cerveja. Tal busca identificou o alto desenvolvimento tecnológico desse insumo associado às patentes das empresas depositantes, bem como a disparidade com relação à produção de artigos, ainda que ambos tenham crescido nos últimos 20 anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Cristina Buge Brasil, Universidade de Brasília

Bacharel em Química Tecnológica pela Universidade de Brasília (2017). Mestranda em Química pela Universidade de Brasília (2017).

Rafael Benjamin Werneburg Evaristo, Universidade de Brasília

Bacharel em Química Tecnológica pela Universidade de Brasília (2017). Mestre em Química pela Universidade de Brasília (2018). Doutorando em Química pela Universidade de Brasília (2018).

Bernardo Pontes Guimarães, Universidade de Brasília

Bacharel em Química Tecnológica pela Universidade de Brasília (2017). Mestrando em Química pela Universidade de Brasília (2018).

Grace Ferreira Ghesti, Universidade de Brasília

Bacharel em Química pela Universidade de Brasília (2004). Mestra em Química pela Universidade de Brasília (2006). Mestra pelo Programa de Mestrado Profissionalizante em Certified Brewmaster Course Versuchs-und Lehranstalt für Brauerei in Berlin, VLB, Alemanha (2008). Doutora em Química pela Universidade de Brasília (2009).

Referências

APK-INFORM INFORMATION AGENCY. Ukraine: stocks of buckwheat totaled 36.4 thsd tonnes as of February 9. 2011. Disponível em: https://www.apk-inform.com/en/news/104744. Acesso em: 16 jun. 2019.

BOLAND, M. Buckwheat Profile: Agricultural Marketing Resource Center. [2016]. Disponível em: http://www.agmrc.org/commodities-products/specialty-crops/buckwheat-profile/. Acesso em: 20 nov. 2016.

BUIATTI, S.; BERTOLI, S.; PASSAGHE, P. Influence of gluten-free adjuncts on beer colloidal stability. European Food Research and Technology, [S.l.], v. 244, n. 5, p. 903-912, 2018.

CHRISTA, K.; SORAL-ŚMIETANA, M. Buckwheat grains and buckwheat products – Nutritional and prophylactic value of their components – A review. Czech Journal of Food Sciences, [S.l.], v. 26, n. 3, p. 153-162, 2008.

COMEX STAT. [Base de dados do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços – Internet]. Comex Stat. 2019. Disponível em: http://comexstat.mdic.gov.br/pt/geral. Acesso em: 14 abr. 2019.

ELSAYED, M. et al. Energy potential from buckwheat husks through a thermochemical and biochemical approaches. In: EUROPEAN BIOMASS CONFERENCE AND EXHIBITION PROCEEDINGS. 2017.

KNOX, O. G. G. et al. Improved screening of biochar compounds for potential toxic activity with microbial biosensors. Environmental Technology and Innovation, [S.l.], v. 9, p. 254-264, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.eti.2017.12.007. Acesso em: 14 abr. 2019.

KREFT, I.; FABJAN, N.; YASUMOTO, K. Rutin content in buckwheat (Fagopyrum esculentum Moench) food materials and products. Food Chemistry, [S.l.], v. 98, n. 3, p. 508-512, 2006.

KUNZE, W. Technology Brewing and Malting. 3. ed. Berlim: VLB, 2004.

KUZMICHEV, V. Exportação de grãos é interrompida até 2011. Russia Beyond BR, 2010. Disponível em: https://br.rbth.com/articles/2010/09/13/exportacao_de_graos_e_interrompida_ate_2011_12003. Acesso em: 14 jun. 2019.

LAZDOVICA, K. et al. Comparative study on thermal pyrolysis of buckwheat and wheat straws by using TGA-FTIR and Py-GC/MS methods. Journal of Analytical and Applied Pyrolysis, [S.l.], v. 124, p. 1-15, 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.jaap.2017.03.010. Acesso em: 14 jun. 2019.

LIMA, L. A. et al. Sinopse do cenário cervejeiro: o advento da produção e o mercado na região centro oeste. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 10, n. 4, p. 650-664, 2017.

MATTILA, P. H.; PIHLANTO. A. Contents of phytochemicals and antinutritional factors in commercial protein-rich plant products. Food Quality and Safety, [S.l.], v. 2, n. 4, p. 213-219, 2018.

MENAFN. Global Buckwheat Market 2018-2025. Research, Trends, Major Producers and Forecast. [2018]. Disponível em: https://menafn.com/1097547836/Global-Buckwheat-Market-20182025Research-Trends-Major-Producers-and-Forecast. Acesso em: 27 jun. 2019.

OLIVEIRA, L. P. et al. Prospecção Tecnológica da Utilização de Catalisadores Carbonáceos Ácidos na Produção de Biocombustíveis, Caderno de Prospecção, Salvador, v.11, n.4, p. 1.136-1.149, dezembro, 2018.

ORBIT INTELLIGENCE. [plataforma de busca online – Internet]. Orbit Intelligence– Questel; 2019. Disponível em: https://www.orbit.com. Acesso em: 8 abr. 2019.

RIBEIRO, N. J. Desenvolvimento de Cerveja Funcional sem Glúten a partir de Mandioca e Trigo Sarraceno. Florianópolis: EdUFSC, 2016.

SIMOES, A. OEC. Buckwheat (HS92: 1008) Product Trade, Exporters and Importers. [2019]. Disponível em: https://atlas.media.mit.edu/en/profile/hs92/1008/. Acesso em: 27 jun. 2019.

TOMOTAKE, H. et al. Physicochemical and functional properties of buckwheat protein product. Journal of Agricultural and Food Chemistry, [S.l.], v. 50, n. 7, p. 2.125-2.129, 2002.

WEB OF SCIENCE. [Base de dados – Internet]. Web of Science. 2018. Disponível em: http://apps- webofknowledge.ez54.periodicos.capes.gov.br/ Acesso em: 17 abr. 2019.

VEIT, P. Processo de Fabricação de Cerveja sem Glúten. 2014.

Downloads

Publicado

2020-03-02

Como Citar

Brasil, V. C. B., Evaristo, R. B. W., Guimarães, B. P., & Ghesti, G. F. (2020). Estudo Prospectivo e Tecnológico do Trigo Sarraceno (Fagopyrum esculentum) com Ênfase na produção de Cerveja. Cadernos De Prospecção, 12(5 Especial), 1541. https://doi.org/10.9771/cp.v12i5 Especial.32961

Edição

Seção

Prospecções Tecnológicas de Assuntos Específicos