Classificação dos Instrumentos de Captação de Recursos para Apoio à Inovação do Governo Federal na Escala de Prontidão Tecnológica (TRL)

Autores

  • Adriana Regina Martin Programa de Pós Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação - ponto focal UnB -PROFNIT
  • Sônia Marise Salles Carvalho Programa de Pós Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação - ponto focal UnB -PROFNIT
  • Julieta Costa Cunha
  • Afonso Carvalho Costa Lopes Programa de Pós Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação - ponto focal UnB -PROFNIT

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v13i1.32726

Palavras-chave:

Financiamento à Inovação. Benefícios à inovação. Nível de prontidão tecnológica. Inovação.

Resumo

A inovação é imprescindível para o desenvolvimento econômico e para o aumento da competitividade das nações. Inovar, porém, apresenta riscos. Como em diversos países que se destacam na inovação, o Brasil oferece benefícios variados para apoiar direta ou indiretamente as empresas, mas esses instrumentos atendem à demanda de todos os níveis de prontidão tecnológica? Dessa forma, o presente artigo tem como objetivo classificar os benefícios de apoio à inovação do governo federal na escala de prontidão tecnológica. Para isso, foram identificados os tipos e as categorias dos benefícios de apoio à inovação existentes e foi descrita a escala de prontidão tecnológica. Como resultado, observou-se que, entre as ferramentas de apoio à inovação escolhidas para a classificação, há apoio em todos os nove níveis da escala de prontidão tecnológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, B. Políticas de apoio à inovação no Brasil: uma análise de sua evolução recente. Brasília: Ipea, 2012.

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISSO 16290Sistemas espaciais: definição dos níveis de maturidade da tecnologia (TRL) e de seus critérios de avaliação. Rio de Janeiro: ABNT, 2015.

CNI – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. Desempenho do Brasil no Índice Global de Inovação 2011-2018. Brasília: CNI, 2018.

CNI – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA.MEI Tools: Ferramentas para Promover a Inovação nas Empresas. Brasília: CNI, 2019.

CORNELL UNIVERSITY; INSEAD; WIPO. The Global Innovation Index 2018: Energizing the World with Innovation. Genebra: [s.n.], 2018.

EARTO. EARTO Recommendations: the TRL Scale as a Research & Innovation Policy Tool. Bruxelas: EARTO, 2014.¬¬¬¬¬

EMBRAPII. Manual de operação das unidades Embrapii. Brasília: Embrapii, 2016.Disponível em: https://embrapii.org.br/wp-content/images/2019/02/Manual_EMBRAPII_UE_Versao_5.0.pdf. Acesso em: 25 maio 2019.

EUROPEAN COMMISSION. Horizon 2020: Work Programme 2018-2020. Bruxelas: European Commission, 2019. Disponível em:https://ec.europa.eu/research/participants/data/ref/h2020/wp/2018-2020/main/h2020-wp1820-intro_en.pdf.Acesso em: 29 ago. 2019.

GULBRANDSEN, K. E. Bridging the valley of death: the rhetoric of technology transfer. Iowa: Iowa State University, 2009.

HÉDER, M. From NASA to EU: the evolution of the TRL scale in Public Sector Innovation. In: HUNGRIA – HUNGARIAN ACADEMY OF SCIENCES INSTITUTE FOR COMPUTER SCIENCE AND CONTROL. The Innovation Journal: the Public Sector Innovation Journal, Volume 22. Budapeste: Hungarian Academy of Sciences Institute for Computer Science and Control, 2017.

OECD. Science Technology and Industry Outlook. Paris: OCDE, 2014.

OECD; EUROSTAT. Oslo Manual: Guidelines for collecting, Reporting and Using Data on Innovation. 4. ed. Paris: OECD, 2018.

PACHECO, C. A.; ALMEIDA, J. G.A Política de Inovação. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2013.

PROFNIT. Prospecção tecnológica. Organizadora Núbia Moura Ribeiro. Salvador: IFBA, 2019.

VELHO, S. R. K. et al. Nível de Maturidade Tecnológica: uma sistemática para ordenar tecnologias. Parc. Estrat., Brasília: CGEE, v. 22, n. 45, p. 119-140, p. 21, 2017.

Downloads

Publicado

2020-03-27

Como Citar

Martin, A. R., Carvalho, S. M. S., Cunha, J. C., & Lopes, A. C. C. (2020). Classificação dos Instrumentos de Captação de Recursos para Apoio à Inovação do Governo Federal na Escala de Prontidão Tecnológica (TRL). Cadernos De Prospecção, 13(1), 78. https://doi.org/10.9771/cp.v13i1.32726

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento