Políticas Públicas e Desenvolvimento da Tecnologia Nacional: o caso brasileiro em comparação aos países asiáticos

Autores

  • Ricardo Luiz Sichel Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil http://orcid.org/0000-0002-8055-1384
  • Gabriel Ralile Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.9771/cp.v14i2.32502

Palavras-chave:

Desenvolvimento Nacional, Políticas Públicas, Propriedade Intelectual.

Resumo

O presente artigo visa a compreender a relação entre políticas públicas, Propriedade Intelectual e desenvolvimento e sua relevância para o Brasil. Para tanto, foram analisados três casos de sucesso em desenvolvimento tecnológico: da China, da Coreia do Sul e de Taiwan, com fins de comparação ao caso brasileiro. Para a devida análise, utilizou-se material bibliográfico pertinente ao tema. Dessa forma, foram apresentados o histórico de cada país, as estratégias empregadas para o êxito de seus objetivos e os índices alcançados. Depois, fez-se um breve levantamento do caso brasileiro, sinalizando os pontos positivos e negativos presentes e os desafios pertinentes. Por fim, foi possível notar uma íntima relação entre Propriedade Intelectual, políticas públicas e desenvolvimento nacional, fatores que influenciam diretamente no crescimento nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Luiz Sichel, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Departamento de Direito Positivo Direito da Propriedade Intelectual

Gabriel Ralile, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Possui graduação em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Atualmente cursa MBA/E em Comércio Exterior pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e graduação em direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Referências

ARBIX, G. Políticas de inovação em nova chave. Estudos Avançados, São Paulo, v. 31, p. 49-73, 2017.

BARBOSA, D. B. Ensaios e estudos de Propriedade Intelectual 2014-2015: Volume III. Edição do Instituto Brasileiro da Propriedade Intelectual, 2015. 806 p.

BARRERA, Alex. Forget Silicon Valley: Innovation is happening in China now. [2017]. Disponível em: https://becominghuman.ai/forget-silicon-valley-innovation-is-happening-in-china-now-c6cfdbd74bc4. Acesso em: 15 jun. 2019.

BERGQUIST, K.; FINK, C.; RAFFO, J. Identifying and ranking the world’s largest science and technology clusters. [2018]. Disponível em: https://www.wipo.int/edocs/pubdocs/en/wipo_pub_gii_2018-chapter14.pdf. Acesso em: 14 jun. 2019.

BRASIL DEBATE. A aposta chinesa na inovação. [2015]. Disponível em: http://brasildebate.com.br/a-aposta-chinesa-na-inovacao/ Acesso em: 14 jun. 2019.

CHINA POWER. Is China a global leader in research and development? [2016]. Disponível em: https://chinapower.csis.org/china-research-and-development-rnd/ Acesso em: 14 jun. 2019.

CORREA, C. Intellectual Property Rights, the WTO and Developing Countries. 2. ed. Londres: Zed Books, 2000.

EMBASSY OF THE PEOPLES’S REPUBLIC OF CHINA IN THE UNITED KINGDOM OF GREAT BRITAIN AND NORTHERN IRELAND. International Science and Technology Exchange and Coorperation. [2019]. Disponível em: http://www.chinese-embassy.org.uk/eng/zygx/st/t27120.htm. Acesso em: 14 jun. 2019.

ERIKSSON, S. Innovation Policies in South Korea and Taiwan. Suécia: Vinnova, 2005. 72p.

FISHER, T. When Is 5G Coming to South Korea? (Updated for 2019). Disponível em: https://www.lifewire.com/5g-south-korea-4583813. Acesso em: 14 jun. 2019.

GUISE, M. Propriedade intelectual no mundo contemporâneo: fomento ao desenvolvimento? In: XV CONGRESSO NACIONAL DO CONPEDI – CONSELHO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO, 2006. Anais [...]. 2006.

INPI – INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL. Metas e resultados: balanço da gestão 2015-2018. [2019]. Disponível em: http://www.inpi.gov.br/arquivos/INPI_metas_e_resultados_balanco_gestao_20152018.pdf. Acesso em: 14 jun. 2019.

LYRIO, M. C. A ascensão da China como potência: fundamentos políticos internos. 2. Edição. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2010. 250p.

MITRA, R. 5G mobile technology: a survey. ICT Express Volume 1, Issue 3, December 2015, Pages 132-137, Seocho-gu: 2015. (Korea Institute of Communication Sciences)

NATIONAL BUREAU OF STATISTICS OF CHINA. China statistical yearbook 2017. Disponível em: http://www.stats.gov.cn/tjsj/ndsj/2017/indexeh.htm. Acesso em: 14 jun. 2019.

OCDE – ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Chinese innovation. [2019a]. Disponível em: http://oecdobserver.org/news/archivestory.php/aid/2496/Chinese_innovation_.html. Acesso em: 15 jul. 2019

OCDE – ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Main science and technology indicators. [2019b]. Disponível em: https://stats.oecd.org/Index.aspx?DataSetCode=MSTI_PUB. Acesso em: 14 jun. 2019.

O’MEARA, S. Ten institutions that dominated science in 2015. [2016]. Disponível em: https://www.natureindex.com/news-blog/ten-institutions-that-dominated-science-in-twentyfifteen. Acesso em: 14 jun. 2019.

ORSZAG, P. R. China Is Overtaking the U.S. in Scientific Research. [2018]. Disponível em: https://www.bloomberg.com/opinion/articles/2018-09-12/chinese-researchers-are-outperforming-americans-in-science. Acesso em: 14 jun. 2019.

OYENIRA, R.; UWAMAHORO, E. Impacts of Reforms in Chinese Educational System. [2019]. Disponível em: http://www.macrothink.org/journal/index.php/ije/article/viewFile/10495/8733. Acesso em: 14 jun. 2019.

SOARES, R. Regime jurídico de proteção à propriedade industrial no Brasil. Revista Direito e Liberdade, Natal, v. 13, n. 1, p. 157-172, 2011. (Revista Direito e Liberdade da Escola da Magistratura do RN)

STARTSE. Mergulhando no ecossistema empreendedor da China. [2018]. Disponível em: https://lp.startse.com.br/material-rico/e-book-mergulhando-no-ecossistema-empreendedor-da-china/. Acesso em: 2 jul. 2019.

THOMSON REUTERS. Top 100 global tech leaders 2018. [2018]. Disponível em: https://www.thomsonreuters.com/en/products-services/technology/top-100.html. Acesso em: 6 jul. 2019.

WORLD ECONOMIC FORUM. China is an innovation superpower this is why. [2018]. Disponível em: https://www.weforum.org/agenda/2018/02/these-charts-show-how-china-is-becoming-an-innovation-superpower/. Acesso em: 14 jun. 2019.

YUCING, G. G. China o impacto das reformas econômicas chinesas dentro e fora do país. [2013]. Disponível em: https://pucminasconjuntura.wordpress.com/2013/09/07/china-o-impacto-das-reformas-economicas-chinesas-dentro-e-fora-do-pais/. Acesso em: 2 jul. 2019.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Como Citar

Sichel, R. L., & Ralile, G. (2021). Políticas Públicas e Desenvolvimento da Tecnologia Nacional: o caso brasileiro em comparação aos países asiáticos. Cadernos De Prospecção, 14(2), 350. https://doi.org/10.9771/cp.v14i2.32502

Edição

Seção

Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento