UMA PERSPECTIVA DIALÓGICA SOBRE NOTÍCIAS ONLINE: QUANDO INFORMAR É OPINAR

Autores

  • Laura Jorge Nogueira Cavalcanti Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

No presente trabalho pretendemos investigar as notícias geradas nos jornais online Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo, O Povo, e Gazeta do Povo e do portal iG a partir de um determinado evento – a adoção do livro didático Por uma vida melhor pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) para o programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em maio de 2011 – à luz de uma concepção dialógica da linguagem, apoiando-nos nos conceitos trazidos por Bakhtin e Bakhtin/Voloshinov sobre a natureza dialógica da linguagem, sua essência valorativa e apreciativa e o que isso implica no funcionamento dos discursos na sociedade. O debate gerado na mídia jornalística em torno do evento propiciou a emergência de uma profusão de textos acerca do tema da educação e do ensino de línguas, que, veladamente, incitaram um debate político sobre as iniciativas do Governo Federal, através do MEC, na área educacional. Buscamos evidenciar como as notícias, textos que se apresentam como sendo objetivos e informativos, funcionam, na verdade, para estabelecer posicionamentos a respeito do tema debatido. Para tanto, investigaremos as inter-relações estabelecidas entre os diversos discursos que permeiam as notícias, explorando as formas de inserção destes discursos alheios e as escolhas lexicais para a retomada e reacentuação do evento em questão. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-01-08

Edição

Seção

Artigos