METÁFORA, COMPARAÇÃO E CONTINGÊNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.i73.47589

Palavras-chave:

Metáfora, Comparação, Política

Resumo

Este ensaio tece brevemente um comentário sobre os avanços da Literatura Comparada e o que eles significam para a percepção contemporânea de Literatura, que é perpassada pelos fatores socioculturais de sua produção. Essa percepção sugere que toda produção é inerentemente política, o que significa dizer que seria possível analisar as complexas teias culturais e políticas de qualquer obra literária, em comparação ou não com outras produções, através da maneira como se constrói a metáfora naquele gesto criativo, ou seja, analisar a carga política que está implícita metaforicamente. Abrir mão de conceitos rígidos é fundamental nesse processo, e por isso abraçar a contingência da contemporaneidade é um gesto natural e coerente com as complexas teias de relações do mundo colonizado, cuja produção é inevitavelmente política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABDALA JUNIOR, B. Estudos Literários e crítica política. Conexão Letras, v. 9, n. 12, 2014.

CARVALHAL, T. F. A estratégia interdisciplinar. Revista Brasileira de Literatura Comparada, v. 1, n. 1, 1991, p. 9-21.

COUTINHO, E. Literatura Comparada Hoje. In: Estudos Comparados: (org.) ABDALA JUNIOR, B. Teoria, Crítica e Metodologia. São Paulo: Ateliê Editorial, 2014.

LAKOFF, G.; JOHNSON, M. Metáforas da vida cotidiana. Campinas: Mercados de Letras; São Paulo: EDUC, 2002.

MATA, I. A mais-valia epistemológica da categoria Literatura-mundo comparada nos Estudos Literários Pós-Coloniais. Estudos de Sociologia, Recife, v. 1, n. 26, 2020, p. 111-134.

MELO NETO, J. C. de. O cão sem plumas. Rio de Janeiro: Objetiva, 2007.

PUCHEU, A. Mais cotidiano que o cotidiano. Rio de Janeiro: Azougue, 2013.

REMAK, H. Comparative Literature, its definition and function. In: STALLKNECHT e FRENZ (ed.). Comparative Literature: Method and Perspective. Illinois: Southem IIIinois University Press, 1971.

Downloads

Publicado

2022-09-27

Como Citar

MELO, A. da C. METÁFORA, COMPARAÇÃO E CONTINGÊNCIA. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 73, p. 33–45, 2022. DOI: 10.9771/ell.i73.47589. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/47589. Acesso em: 7 dez. 2022.