“É POUCO ['pok], MAS É MEU”: ANÁLISE COMPARATIVA DO APAGAMENTO DAS VOGAIS ALTAS FINAIS EM LOCALIDADES DA BAHIA E DE MINAS GERAIS

Autores

  • Maria do Carmo Sá Tele de Araújo Rolo Universidade Federal da Bahia
  • Jacyra Andrade Mota Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i68.39168

Palavras-chave:

Apagamento de vogais, Diatopia, Variação fônica, Vogais átonas finais.

Resumo

Este trabalho visa confrontar o apagamento das vogais altas finais [ɪ] e [ʊ], na comunidade rural de Beco (ROLO, 2010), com os resultados de quatro localidades: Bom Jesus da Lapa e Macaúbas, na Bahia; e Almenara e Itaobim, em Minas Gerais (ROLO, 2016). Para esta análise, assumem-se os postulados da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 2008 [1972]), bem como os pressupostos da Dialetologia Pluridimensional. A amostra compõe-se de 40 inquéritos realizados pelo próprio pesquisador. Como variáveis linguísticas, consideram-se a consoante pré-vocálica e contexto fonético seguinte. Como variáveis extralinguísticas, consideram-se sexo, faixa etária, tipo de questionário e localidade. O confronto de dados mostra que, em Beco, realiza-se majoritariamente mais apagamento, tanto para [ʊ] quanto para [ɪ]. Itaobim, em Minas Gerais, apresenta a mesma tendência de apagamento observada em Beco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Carmo Sá Tele de Araújo Rolo, Universidade Federal da Bahia

Doutorado em Língua e Cultura pelo Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura da Universidade Federal da Bahia (2016). Mestre em Letras pelo Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Universidade Federal da Bahia (2010). Licenciada em Letras Vernáculas pela Universidade Católica do Salvador (1989). Atuou como professora substituta na Universidade Federal da Bahia (2010-2011). É pesquisadora do Atlas Linguístico do Brasil (ALiB).

Jacyra Andrade Mota, Universidade Federal da Bahia

Mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia, integrando a primeira turma desse curso, em 1980. Doutorado em Letras Vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Co-autora do Livro das Aves (1965), do Atlas Linguístico de Sergipe (1987) e do Atlas Linguístico do Brasil (2014). Diretora presidente do Comitê Nacional que dirige o Atlas Linguístico do Brasil e Líder desse Grupo de Pesquisa, desde 2018. Professora aposentada, credenciada como Permanente do Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (UFBA), através do PROPAP. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq I-B.

Downloads

Publicado

2021-05-28

Como Citar

Sá Tele de Araújo Rolo, M. do C., & Mota, J. A. (2021). “É POUCO [’pok], MAS É MEU”: ANÁLISE COMPARATIVA DO APAGAMENTO DAS VOGAIS ALTAS FINAIS EM LOCALIDADES DA BAHIA E DE MINAS GERAIS. Estudos Linguísticos E Literários, (68), 325–350. https://doi.org/10.9771/ell.v0i68.39168

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES