A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NA FORMAÇÃO DOCENTE: NOVOS DESAFIOS, VELHAS QUESTÕES

Autores

  • Patricia Argôlo Rosa Universidade Estadual de Santa Cruz

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i68.39018

Palavras-chave:

Perspectiva intercultural, Formação docente, Projeto pedagógico.

Resumo

O presente artigo objetiva problematizar a perspectiva intercultural trazendo para discussão novos desafios e velhas questões para a formação docente. Através das contribuições teóricas de Azibeiro (2003), Freire (1988), Mendes (2019; 2020), Paraquett (2010), Rosa (2017), Tubino (2012), entre outros, alguns resultados dos estudos realizados no doutorado em Língua e Cultura da Universidade Federal da Bahia são apresentados. Para responder as perguntas de pesquisa, foram utilizados três instrumentos de geração de dados (questionário, entrevistas semiestruturadas e registros etnográficos) além da análise dos documentos (projeto pedagógico do curso e os programas dos componentes curriculares). Os resultados trazem à tona questões e implicações que aprofundam a compreensão da perspectiva intercultural como um dos desafios para a formação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Argôlo Rosa, Universidade Estadual de Santa Cruz

Professora de Língua Inglesa do Departamento de Letras e Artes.

Downloads

Publicado

2021-05-28

Como Citar

ROSA, P. A. A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NA FORMAÇÃO DOCENTE: NOVOS DESAFIOS, VELHAS QUESTÕES. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 68, p. 372–393, 2021. DOI: 10.9771/ell.v0i68.39018. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/39018. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES