UMA PROPOSTA DE ENSINO DAS PRÁTICAS LETRADAS COLONIAIS NA ESCOLA

Autores

  • Ruth dos Santos Silva Universidade Federal do Espírito Santo
  • Leni Ribeiro Leite Universidade Federal do Espírito Santo http://orcid.org/0000-0001-6600-7692

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v1i66.35157

Palavras-chave:

Ensino de literatura, Literatura no Ensino Médio, Literatura Colonial Brasileira, América Portuguesa, Arcadismo.

Resumo

Diante da extensa discussão bibliográfica já existente acerca da formação da Literatura Brasileira e do tratamento, associado a perspectivas romântico-nacionalistas, concedido à literatura produzida nos séculos XVI a XVIII, bem como do destaque historiográfico, em detrimento da leitura literária, que ocorre nas salas de aula de Literatura, propomos, neste trabalho, apresentar uma sequência didática que privilegie uma abordagem artística da literatura do século XVIII no espaço escolar. Para tanto, levamos em consideração que a literatura do período foi produzida sob regras retórico-poéticas diversas das nossas contemporâneas, mas que é possível propor atividades escolares que ao mesmo tempo não apaguem o estranhamento, mas privilegiem o diálogo do jovem estudante de hoje com aquelas obras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruth dos Santos Silva, Universidade Federal do Espírito Santo

É graduanda em Letras Português- Italiano pela Universidade Federal do Espírito Santo. Participa do grupo de pesquisa LIMES- Fronteiras interdisciplinares da Antiguidade e suas representações (LIMES-UFES). Foi bolsista de Iniciação Científica (Cnpq) no projeto "Representações retóricas do poder imperial no Principado Romano", sob a orientação da Profa. Dra. Leni Ribeiro Leite, com o subprojeto "A construção da persona satírica de Pérsio nas sátiras I, II e III. Atualmente desenvolve a pesquisa de iniciação científica Os vícios nas sátiras de Horácio e Pérsio: urbanitas versus rusticitas", sob a orientação da Profa. Dra. Leni Ribeiro Leite. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Pérsio, sátira romana, persona satírica e ethos.

Leni Ribeiro Leite, Universidade Federal do Espírito Santo

Leni Ribeiro Leite nasceu e foi criado no Rio de Janeiro, Brasil. É bacharel e Certificadora de Professores em Língua e Literatura Portuguesa e em Língua e Literatura Latinas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ); ela também tem mestrado e doutorado em Clássicos, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Brasil. Ela pesquisou e publicou na área de Clássicos, com interesse em poesia da Era Flaviana; as relações dentro da poética e da retórica; e em recepções clássicas. Atualmente, é professora associada de língua e literatura latinas na Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-09-26

Como Citar

Silva, R. dos S., & Leite, L. R. (2020). UMA PROPOSTA DE ENSINO DAS PRÁTICAS LETRADAS COLONIAIS NA ESCOLA. Estudos Linguísticos E Literários, 1(66), 116–142. https://doi.org/10.9771/ell.v1i66.35157

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES