O CURRÍCULO DO CURSO DE LETRAS/INGLÊS DA UNEB, CAMPUS VI, CONTEMPLA O NOVO ESTATUTO DA LÍNGUA INGLESA NO MUNDO? REFLEXÕES E PROPOSIÇÕES

Autores

  • Polyanna Castro Rocha Alves Universidade do Estado da Bahia - UNEB/ Universidade Federal da Bahia - UFBA

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i64.34095

Palavras-chave:

Ensino de Língua Inglesa, Abordagens contemporâneas, Currículo, Formação de professores.

Resumo

Este artigo objetiva verificar quais são os caminhos que o currículo do curso de Letras/Inglês da UNEB, Campus VI, propõe em direção ao ensino de Língua Inglesa que considere a perspectiva do Inglês como Língua Franca e o desenvolvimento da competência intercultural dos professores em formação. Para tanto, procedemos a uma análise documental que incluiu o currículo do curso investigado e as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Letras. Também foram discutidos os dados obtidos do questionário aplicado aos professores formadores responsáveis pelos componentes de língua. As reflexões encontram respaldo nas contribuições de Kramsch (2004, 2013), Siqueira (2005, 2017), El Kadri (2010a, 2010b), Sifakis (2014), entre outros. Quanto aos resultados, foi possível constatar que há falha nos nexos entre o que consta na proposta curricular e o que é materializado para o trabalho em sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Polyanna Castro Rocha Alves, Universidade do Estado da Bahia - UNEB/ Universidade Federal da Bahia - UFBA

Professora Assistente do Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Campus VI, Caetité/BA. Doutoranda em Língua e Cultura pela Universidade Federal da Bahia – UFBA e Mestre em Língua e Cultura pela UFBA. 

Downloads

Publicado

2019-12-25

Como Citar

ALVES, P. C. R. O CURRÍCULO DO CURSO DE LETRAS/INGLÊS DA UNEB, CAMPUS VI, CONTEMPLA O NOVO ESTATUTO DA LÍNGUA INGLESA NO MUNDO? REFLEXÕES E PROPOSIÇÕES. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 64, p. 110–129, 2019. DOI: 10.9771/ell.v0i64.34095. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/34095. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES