O VERBO LEVAR: UMA PROPOSTA DE GRAMATICALIZAÇÃO NUMA PERSPECTIVA FORMAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.9771/ell.v0i64.33976

Palavras-chave:

Verbo levar, Gramaticalização, Abordagem formal.

Resumo

Este trabalho apresenta uma descrição sintático-semântica do verbo levar com o objetivo de verificar se, em construções de verbo leve, levar é, de fato, um item funcional, resultante de um processo de gramaticalização, tendo em vista abordagens formais (ROBERTS, 2007; MARANTZ, 1997; VIOTTI, 1998; VITRAL; RAMOS, 2006). Para tanto, comparamos construções coletadas em sites da internet com construções coletadas em dois manuscritos do século XIV. Argumentamos que levar, no português arcaico, ocorre apenas em sua versão plena, significando transportar algo/alguém, enquanto que, no português atual, ocorre tanto em sua versão plena, quanto em sua versão leve, porém, nesse último, com um sujeito que sofre uma ação. O comportamento leve de levar acaba interferindo não somente em seu significado, mas também na capacidade de estabelecer relação predicativa com os elementos que o acompanham.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Alves, Universidade Federal da Bahia

Mestra em Língua e Cultura (2016), pelo PPGLinC- UFBA e estudante de doutorado em Língua e Cultura, pelo PPGLinC-UFBA.

Cristina Figueiredo, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Linguística, Professora Adjunta III do ILUFBA e do PPGLinC-UFBA.

Downloads

Publicado

2019-12-25

Como Citar

ALVES, D.; FIGUEIREDO, C. O VERBO LEVAR: UMA PROPOSTA DE GRAMATICALIZAÇÃO NUMA PERSPECTIVA FORMAL. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 64, p. 82–109, 2019. DOI: 10.9771/ell.v0i64.33976. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/33976. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES