A ELOQUÊNCIA DO VERNÁCULO NA AURORA DO HUMANISMO | THE ELOQUENCE OF THE VERNACULAR IN THE DAWN OF HUMANISM

Autores

  • Alessandro Jocelito Beccari Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

DOI:

https://doi.org/10.9771/2176-4794ell.v0i55.17221

Palavras-chave:

Renascimento, Idade Média, Concepções da Gramática | Keywords, The Renaissance, Middle Ages, Conceptions of Grammar.

Resumo

A oposição entre Renascimento e Idade Média pode ser pensada em termos linguísticos: os humanistas opuseram-se aos estudiosos medievais ao criticar o mau uso que estes haviam feito do latim e as consequentes distorções das ideias dos antigos.  Para perseguir essa questão, este artigo discute diferentes concepções de gramática em escritos de pensadores proto-humanistas e escolásticos.  Adotam-se aqui as perspectivas de Koerner (1989) e Murray (1998), teóricos da Historiografia Linguística. 

Abstract: The opposition between the Renaissance and the Middle Ages can be considered in linguistic terms: humanists opposed medieval scholars by criticizing their misuse of Latin and consequent distortions of the ideas of the ancients. This article pursues this question by discussing different conceptions of grammar in the writings of proto-humanist scholars and medieval thinkers. The perspectives adopted here are based on the works of linguistic-historiographical theorists Koerner (1989) and Murray (1998).

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandro Jocelito Beccari, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Possui Licenciatura em Português e Inglês (2005) e Bacharelado em Latim, com ênfase em Estudos Linguísticos (2007), ambos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). É mestre (2007) e doutor em Letras (2013), também pela UFPR. No mestrado e doutorado, optou pela linha de pesquisa de História e Filosofia da Linguística. Estudou a produção gramatical do final da Idade Média e traduziu uma gramática do latim escrita por volta de 1310. É professor de Língua Latina na UNESP, Câmpus de Assis, lotado no Departamento de Linguística da mesma.  Atualmente, suas pesquisas a respeito da história dos estudos da linguagem direcionam-se para o âmbito da historiografia da gramática na antiga e medieval.  Tem experiência como docente na área de Letras, particularmente em Estudos Linguísticos, Língua Portuguesa, Língua Latina, Estudos Clássicos e Língua Inglesa.

Downloads

Publicado

2016-12-01

Como Citar

BECCARI, A. J. A ELOQUÊNCIA DO VERNÁCULO NA AURORA DO HUMANISMO | THE ELOQUENCE OF THE VERNACULAR IN THE DAWN OF HUMANISM. Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 55, p. 250–269, 2016. DOI: 10.9771/2176-4794ell.v0i55.17221. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/17221. Acesso em: 4 dez. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS / ARTICLES