PERSPECTIVA DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL BILÍNGUE PARA SURDOS (PERSPECTIVE OF INTERCULTURAL BILINGUAL EDUCATION FOR THE DEAF)

Autores

  • Ivani Rodrigues Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.9771/2176-4794ell.v0i50.14815

Palavras-chave:

Surdo, Educação Bilíngue, Língua minoritária.

Resumo

A educação de surdos passa, nesse momento, por alguns deslocamentos importantes. Porém, há alguns pontos ainda sensíveis para o fomento efetivo de um ensino bilíngue para surdos, a saber, a (des)valorização de LIBRAS como língua natural, a necessidade de formação adequada do professor para atuar como mediador do processo de ensino/aprendizagem do português como segunda língua, com alunos surdos no espaço escolar, e a construção de materiais de ensino específico para esse público. Neste artigo, pretendo me deter sobre alguns desses pontos, tratando de aspectos que mostram a resistência da sociedade às línguas de sinais e que dificultam um projeto de educação bilíngue intercultural para alunos surdos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-11-08

Como Citar

SILVA, I. R. PERSPECTIVA DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL BILÍNGUE PARA SURDOS (PERSPECTIVE OF INTERCULTURAL BILINGUAL EDUCATION FOR THE DEAF). Estudos Linguísticos e Literários, Salvador, n. 50, 2014. DOI: 10.9771/2176-4794ell.v0i50.14815. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/estudos/article/view/14815. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos